Verbas pós-incêndios. Câmara de Mação vence processo contra o Estado

Paulo Cunha / Lusa

O Estado foi, esta segunda-feira, condenado pelo Tribunal de Leiria por discriminação da Câmara de Mação na atribuição de fundos para os concelhos atingidos pelos incêndios de 2017.

O Tribunal de Leiria deu razão à Câmara de Mação no processo que a autarquia moveu contra o Estado, em outubro de 2018, sobre a utilização dos quase 51 milhões de euros do Fundo Europeu de Solidariedade pelo Estado, para indemnizações relativas aos incêndios de 2017. A decisão implica, para já, a anulação dos concursos que tinham sido abertos no decorrer do processo.

Segundo a RTP, o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas e a Agência para o Desenvolvimento e Coesão são condenados a “adotar as condutas necessárias para a reabertura do concurso” ao Fundo de Solidariedade da União Europeia, o que terá de passar pela “republicação do aviso anulado, com observância do dever de fundamentação e das exigências decorrentes do princípio da igualdade”.

Dos 50,6 milhões de euros atribuídos a Portugal, foi decidido que 26,5 milhões de euros seriam para a GNR, Proteção Civil, ICN e Fundo Florestal Permanente. A restante verba caberia às autarquias, mas apenas as que foram afetadas pelos incêndios de outubro.

De acordo com o canal televisivo, os municípios atingidos pelos fogos de junho, entre os quais Pedrógão Grande, foram igualmente excluídos, mas receberam apoios em 100% a fundo perdido. Mação e outros concelhos que tiveram incêndios em agosto foram incluídos nos apoios do Fundo de Emergência Municipal, que são em 60% a fundo perdido.

A TSF recorda que, apesar de ter tido a maior área ardida em 2017 (28 mil hectares) e prejuízos de quase três milhões de euros, o município foi excluído pelo Governo na atribuição dessas verbas do Fundo de Solidariedade da UE.

Em declarações à RTP, o presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, sublinhou que, na sentença, “é reconhecido que o Estado, por via do Governo, violou o princípio da igualdade e não fundamentou devidamente os avisos de abertura de acesso ao Fundo de Solidariedade da União Europeia”.

“Relembrar aqui que os prejuízos do município de Mação foram contabilizados para que Portugal pudesse receber os fundos da União Europeia e, aquando da sua distribuição, o Governo entendeu excluir o município de Mação, bem como um conjunto de outros municípios”, recordou o autarca.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Composição dos planetas gasosos não é igual à das suas estrelas (e os cientistas não percebem porquê)

Os planetas e as estrelas formam-se a partir da mesma nuvem de gás e poeira.  Uma análise da composição dos exoplanetas gigantes gasosos e das suas estrelas hospedeiras mostra que não há uma forte correlação …

Nova espécie de titanossauro descoberta no Equador

Uma universidade equatoriana anunciou na sexta-feira a descoberta de uma espécie de dinossauro, que, segundo a instituição, não tinha sido ainda descrito, denominando-o de 'Yamanasaurus lojaensis'. O nome foi escolhido em referência a duas localidades: Yamana, …

As alterações climáticas estão a "asfixiar" os oceanos

Os efeitos da diminuição de oxigénio serão "dramáticos" para os habitats e as economias costeiras que dependem dos oceanos. O oxigénio dos oceanos diminuiu 2% entre 1960 e 2010, prevendo-se que no ano de 2100 essa …

Associação suspende adoções para evitar que animais sejam tratados como presentes de Natal

"Um animal quer-se no dia 24 de março, abril ou junho e não só a 24 de dezembro", disse uma responsável da Sociedade Protetora dos Animais do Porto. A Sociedade Protetora dos Animais do Porto anunciou, …

Já podemos ver o mundo pelos olhos dos animais

https://vimeo.com/378301135 Os humanos estão um passo mais próximos de ver o mundo como o veem os animais, graças a uma nova tecnologia desenvolvida por investigadores da Universidade de Queensland, na Austrália, e da Universidade de Exeter, …

Embaixador mexicano na Argentina apanhado a roubar um livro numa livraria

O diplomata será investigado por um comité de ética e, se ficar provado o roubo do livro, será demitido. "Haverá tolerância zero para a desonestidade." O embaixador mexicano na Argentina, Óscar Ricaro Valerio, recebeu ordem …

Presépio nos Estados Unidos colocou Jesus separado dos pais e preso numa jaula

Uma igreja da Califórnia, nos Estados Unidos, colocou em exibição um presépio de protesto no qual retrata a Família Sagrada como refugiados. Uma igreja na Califórnia, nos Estados Unidos, está a exibir um presépio com Jesus, …

Sul-africana de 26 anos é a Miss Universo 2019

Zozibini Tunzi, da África do Sul, venceu, este domingo, a competição Miss Universo 2019, tornando-se a primeira mulher negra a vencer desde 2011, quando Leila Lopes, de Angola, arrecadou o título. Zozibini Tunzi, de 26 anos, …

No Japão, há um café onde os empregados de mesa são robôs

Os robôs da Softbank, chamados de Pepper, estão agora a chegar a um novo mercado: os cafés. No Japão, hotéis, lojas de aeroporto, entre outros comércios, já contam com funcionários robóticos, que foram criados em …

João Oliveira "tem a certeza quase absoluta" de que não se coloca a questão de liderar o PCP

Há menos de dois meses, em entrevista ao Público e à Rádio Renascença, João Oliveira foi questionado sobre se se via no futuro como líder do PCP e respondeu que não. Esta segunda-feira, voltou a …