Câmara de Lisboa vai sortear casas a preços baixos para a classe média

A Câmara de Lisboa assina, nesta segunda-feira, um protocolo com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que lhe vai permitir sortear vários imóveis desta entidade, para arrendamento a preços baixos, por famílias da classe média.

Estão em causa escritórios que são actualmente usados pela Segurança Social, em edifícios nas freguesias do Areeiro, Avenidas Novas, Alvalade e Santo António, em Lisboa, que vão ser transformados em casas de habitação com rendas a preços baixos.

A TSF nota que as habitações serão arrendadas por valores entre os 200 e os 600 euros a pessoas da classe média. A atribuição das casas será feita por sorteio, como explica o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, à estação.

“As famílias terão de ter uma taxa de esforço com a renda que não ultrapasse os 30%, ou seja, mensalmente o valor da renda não deve ultrapassar os 30% dos seus rendimentos”, para se poderem candidatar ao sorteio, nota a TSF.

Os imóveis ficam situados em onze prédios no centro de Lisboa que são, actualmente, utilizados pela Segurança Social. A mudança de todos os serviços da entidade para um edifício na Avenida 5 de Outubro vai deixar os prédios vazios.

Assim, o protocolo com a autarquia lisboeta visa “rentabilizar os espaços que ficarão livres, mas sem entrar em especulações imobiliárias”, como explica uma fonte da Segurança Social à TSF.

Em causa estão 250 apartamentos em dez prédios, e ainda “mais 226 quartos para estudantes numa residência na Alameda D. Afonso Henriques com 43 quartos simples e 183 duplos”, refere a mesma fonte.

Após a adaptação dos imóveis para habitação, as primeiras casas deverão ser sorteadas em 2019.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Com a sorte que o atual presidente da câmara de lisboa tem com o imobiliário (conseguiu fazer com que simultaneamente o andar que vendia inflacionasse e o que comprou desvalorizasse fortemente) estou certo que ainda lhe vão cair alguns imóveis no sapatinho.

  2. “Câmara de Lisboa vai sortear casas a preços baixos para a classe média”. Pois, porque a classe da miséria vai morar para debaixo da ponte, num vão de escada qualquer, nas arcadas de um ministério ou na entrada de uma loja… A classe média é que tem de ser protegida e abençoada, não a classe miserável… Não foi com o meu voto que estás à frente da C.M.L.

  3. Casas ao preço da uva mijona para a classe média? Não estou a perceber. Ou é para compensar essa classe que tem sido altamente prejudicada e esmifrada com impostos, ao ponto de ter quase desaparecido? Sim porque agora existe quase só a classe dos miseráveis e a classe de gente rica. Coisas do “socialismo” do senhor Medina!!!

  4. Se faz é porque faz, se não faz é porque não faz. Quanto a classe dos miseráveis, essa acaba por ter mais ajudas. Há gente da classe miserável que à conta das ajudas vive bem melhor do que quem é da classe média baixa e não tem direito a ajudas nenhumas. E se não tem dinheiro para viver em Lisboa, vive nos arredores. Como muita gente vive, não?

RESPONDER

O monumento mais alto do cemitério de Nova Orleães conta uma história de vingança e mesquinhez

Com 24 metros de altura, o Monumento Moriarty é o mais alto no cemitério Metairie de Nova Orleães, nos Estados Unidos. A sua construção conta uma história de mesquinhez: o memorial foi uma desculpa para …

FBI detém membro de um dos mais perigosos e lucrativos grupos de hackers

O FBI deteve recentemente um alegado membro de um dos mais temidos grupos de piratas informáticos do mundo, conhecido como Fin7. O grupo é suspeito de ataques informáticos que levaram a uma receita ilícita estimada em …

Artista gráfico faz reconstrução facial de Henrique VII de Inglaterra

Um artista gráfico fez uma reconstrução ultrarrealista de Henrique VII, Rei de Inglaterra entre 1485 e 1509. De acordo com o site Live Science, Matt Loughrey produziu a imagem de Henrique VII a partir da sua …

Marcelo promulga diploma que permite festa do Avante! (mas deixa recados ao Governo)

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma do parlamento sobre proibição de festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro devido à covid-19, mas com reparos sobre "a garantia do princípio …

Governo italiano vai contratar 60 mil pessoas para vigiar distanciamento social

O Governo italiano vai contratar "assistentes cívicos" para garantir que os cidadãos cumprem o distanciamento social. Depois de mais de dois meses confinados nas suas casas para conter a propagação do coronavírus, os italianos começaram a …

Rio volta a admitir que PSD viabilize Orçamento Suplementar do Governo

O presidente do PSD afirmou hoje que viabilizará ao Governo uma proposta de Orçamento Suplementar, "como tudo indica que é", que proceda à adaptação de medidas a tomar até ao final do ano para o …

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …

Teatros e cinemas podem reabrir, mas com um lugar de intervalo

Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre os espetadores, que serão obrigados a usar máscara. Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir, a …