Cães “ensinam” crianças a ler

UCI UC Irvine / Flickr

-

Um grupo de alunos do terceiro ano da Escola Básica do 1.º Ciclo de Silves está a participar num projecto piloto da autarquia que visa ajudá-los a superar problemas de leitura através de sessões assistidas por cães.

O projeto L.E.R Cãofiante, lançado há três meses, inclui sessões colectivas mensais de Actividades Assistidas por Animais, em que os alunos partilham momentos de leitura, mas também sessões semanais de Terapias Assistidas por Animais, em que a equipa trabalha individualmente com quatro crianças com trissomia 21, dislexia e outros problemas.

“O cão, essencialmente, é um motivador. Motiva a criança para estar presente num contexto em que lhe é pedido um enormíssimo esforço para trabalhar numa área que é o seu ponto fraco”, explicou à Lusa a bibliotecária Maria José Mackaaij, sublinhando que a professora dos alunos já viu resultados ao nível da construção do pensamento e de aumento do vocabulário.

A bibliotecária e as psicólogas Ana Paiva e Rute Travassos são quem dinamiza as sessões, cuja metodologia é inspirada no programa R.E.A.D, que já funciona nos Estados Unidos e em Espanha e ao qual foram feitas adaptações para a criação do projecto L.E.R (Livros em Roda), em que os livros vão rodando pelas crianças durante um mês.

Até ao final do ano lectivo, o Benny (de raça labrador) e a Pipa (schnauzer), animais de estimação de Rute e Maria José, serão ouvintes atentos nas sessões realizadas na Escola Secundária de Silves, em que participam as crianças com maiores dificuldades na leitura, que se sentem mais tranquilas e confiantes com a presença dos cães.

“O cão brinca com a criança e pode até mesmo intervir nalguns dos exercícios que possamos fazer”, observou Maria José, sublinhando que se podem utilizar as capacidades do cão “para o trazer também para o terreno da leitura, ajudando a criança e, sobretudo, motivando-a e recompensando-a pelo enorme esforço e até pela frustração que muitas vezes enfrenta”.

No projecto intervém ainda a psicóloga clínica Ana Paiva, que trabalha na vertente da educação parental porque, segundo a própria, “faz todo o sentido trazer os pais para esta actividade”, já que “é muito importante para os filhos perceberem que os pais estão a par de tudo o que eles fazem”.

Eduardo Martins, um dos pais de uma criança com dislexia abrangida pelo projecto, reconheceu, após estes três meses de sessões, que tem notado melhorias no filho, que está mais concentrado na leitura, mas também noutras tarefas.

Além das sessões assistidas por animais, o projecto engloba ainda uma Escola de Pais, com sessões destinadas aos progenitores das crianças da turma, para a partilha de dificuldades, estilos parentais e estratégias.

Este projecto do município de Silves resulta de uma parceria entre o sector de Psicologia e a Biblioteca Municipal de Silves.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Já são conhecidos os nomeados aos Globos de Ouro. Netflix lidera com "O Irlandês" e "Marriage Story"

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se a 5 de janeiro de 2020 no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e será apresentada por Ricky Gervais. Já são conhecidos os nomeados à 77ª edição dos Globos …

Falhas na formação de médicos levam ministra a criar grupo de trabalho

A ministra da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para criar um manual de regras e procedimentos para a avaliação das capacidades de formação de médicos no SNS, depois de falhas apontadas …

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …

Regionalização sem referendo é “golpe de estado palaciano”

Luís Marques Mendes falou este domingo, no habitual espaço de comentário político na SIC, sobre a regionalização, os "tempos difíceis para a direita", Greta Thunberg e Joe Berardo. Houve ainda tempo para falar sobre o …

China diz que detidos em Xinjiang estão "formados" e "vivem felizes"

Um alto quadro do regime chinês afirmou, esta segunda-feira, que os membros de minorias étnicas chinesas de origem muçulmana mantidos em "centros de treino vocacional" no extremo oeste do país já se "formaram" e levam …