Caçador furtivo de rinocerontes morto por elefantes e comido por leões

Um suposto caçador furtivo de rinocerontes foi morto por um elefante e os seus restos mortais foram provavelmente devorados por um grupo de leões, revelaram as autoridades do Parque Nacional Kruger, na África do Sul.

Segundo avançou no domingo a NPR, os guardas florestais receberam, na semana passada, um telefonema da família do suspeito caçador, informando que os cúmplices do seu parente disseram que o mesmo foi morto por um elefante na terça-feira passada, enquanto caçavam rinocerontes no parque nacional.

De acordo com o agente da polícia Leonard Hlathi, o elefante atacou o suposto caçador “de repente” e os seus cúmplices alegaram ter levado o seu corpo para uma estrada, antes de deixarem o parque.

As autoridades começaram as buscas para encontrar os restos mortais do homem, mas ainda não conseguiram localizar o corpo. “Indicações encontradas na cena sugerem que um grupo de leões devorou os restos mortais, deixando apenas um crânio humano e um par de calças”, indica um comunicado emitido pelos responsáveis do parque nacional.

Desde que a notícia foi divulgada, os comentários não tardaram. “É o Círculo da Vida”, comentou um utilizador no Twitter.

https://twitter.com/natezemanphoto/status/1114869720270897153

Glenn Phillips, diretor do parque, emitiu condolências à família do falecido. “Entrar no Kruger National Park ilegalmente e a pé não é sábio, tem muitos perigos e este incidente é prova disso”, disse num comunicado.

A polícia está a investigar o incidente. Os outros quatro supostos caçadores furtivos foram presos e comparecerão ao tribunal.

Esta não é a primeira vez que animais matam um caçador na África do Sul. No ano passado, outro foi atacado e devorado por leões, na província de Limpopo.

O número de rinocerontes explorados na África do Sul tem diminuído desde 2014, mas a demanda pelo chifre do animal, no entanto, permanece forte, de acordo com a Reuters. Mais de 500 rinocerontes foram caçados devido aos seus chifres nos primeiros oito meses do ano passado.

O Parque Nacional Kruger, a maior reserva de caça da África do Sul, cobre milhares de quilómetros quadrados ao longo da fronteira nordeste do país. Até o final do ano passado, o parque tinha cerca de cinco mil rinocerontes, menos quatro mil que em 2014, segundo estimativas do governo. A caça furtiva e a seca contribuíram para essa diminuição.

Em 2018, a ministra de Assuntos Ambientais da África do Sul, Edna Molewa, classificou a caça de rinocerontes como “um crime nacional prioritário”. Em comunicado, disse que mais de 500 caçadores furtivos e traficantes foram presos em 2017, com a maioria das detenções a ocorrer dentro ou ao redor do Parque Nacional Kruger.

TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uma excelente notícia para variar um pouco!Menos um inútil numa sociedade cheia de inúteis é sempre uma boa notícia!

RESPONDER

Viúva de Kobe Bryant avança para tribunal contra empresa que operava helicóptero

Vanessa Bryant avançou com uma ação por homicídio involuntário contra a empresa que operava o helicóptero que caiu, causando a morte do seu marido, Kobe Bryant, da filha Gianna e de outras sete pessoas. A queixa …

Covid-19: Confirmado primeiro caso de infeção na Catalunha

A Espanha anunciou hoje o primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus na Catalunha, subindo assim para quatro o número de infetados em território espanhol. Os pormenores sobre este novo caso agora na comunidade catalã serão …

Traficante perde códigos de contas com 53,6 milhões de euros em bitcoins

Um traficante irlandês, que acumulou uma fortuna de 55 milhões de euros em bitcoins, perdeu os códigos para aceder às contas depois de os esconder no estojo onde estava guardada a sua vara de pescar, …

Morreu Katherine Johnson, a matemática que ajudou a levar o Homem à Lua

A matemática norte-americana Katherine Johnson, que trabalhou para a agência espacial norte-americana (NASA), morreu esta segunda-feira aos 101 anos. A informação foi avançada no fim da tarde desta segunda-feira pelo administrador da NASA, Jim Bridenstine, …

Asia Bibi quer obter asilo político em França

A cristã paquistanesa Asia Bibi, condenada à morte por blasfémia em 2010 e absolvida oito anos depois, antes de se refugiar no Canadá, referiu esta segunda-feira pretender obter asilo político em França. Asia Bibi disse à …

Covid-19. Itália com 50 novos casos e Portugal com novo suspeito

Em Portugal, a DGS confirmou um novo caso suspeito de infeção. Por sua vez, as autoridades italianas anunciaram a existência de 50 novos casos de infetados com Covid-19. A Direção-Geral de Saúde confirmou, esta terça-feira, …

Benfica também está interessado em Rúben Amorim

O Benfica junta-se ao Sporting na corrida pela contratação do treinador do Sporting de Braga, Rúben Amorim. O jovem técnico tem impressionado ao serviço dos bracarenses. Depois de se falar do interesse do Sporting CP em …

15 anos após gravação sem autorização, Estado condenado a indemnizar Sá Fernandes

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 3 mil euros ao advogado Ricardo Sá Fernandes. Em causa está um acórdão assinado pelo juiz Rui Rangel em …

Contribuintes têm até esta terça-feira para validar faturas (e podem valer até 2.500 euros no IRS)

Os contribuintes que, no ano passado, colocaram o seu NIF em faturas devem verificar se todas estão corretamente associadas à tipologia de despesas a que correspondem para efeitos de IRS, terminando esta terça-feira o prazo …

Plácido Domingo diz "assumir toda a responsabilidade dos seus erros"

O tenor também desistiu de se apresentar na Ópera Metropolitana de Nova Iorque, enquanto outras óperas americanas cancelaram as suas atuações, que no entanto continuam na Europa. O tenor espanhol Plácido Domingo, acusado nos Estados Unidos …