Historiador defende que Bussaco era marcador de navegação para os fenícios

A serra do Bussaco funcionou como “marcador de cabotagem” para os navegadores fenícios que fundaram colónias na foz do Mondego (Ereira) e na ria de Aveiro (Ílhavo), defende o historiador Nuno Alegre, no seu novo livro.

Intitulado “Bussaco versus Buçaco”, o novo livro do historiador e hoteleiro do Luso será lançado em 15 de junho, numa sessão ‘online’ através da plataforma Zoom.

Na obra, Nuno Alegre procura responder à dúvida sobre a grafia correta da serra que alberga a Mata Nacional e depois dá um salto no tempo, documentando a construção e evolução do Palace Hotel e do Alegre Hotel, recorrendo a fotografias e textos originais da época de construção, reunidos ao longo de anos.

Bussaco ou Buçaco? O historiador conclui que podem ser usadas as duas designações, remontando à presença de fenícios e romanos nos campos férteis do Vouga e Mondego, em 100 a.C.

No livro, terminado durante o período de confinamento, Alegre manifesta a sua inclinação para a origem fenícia da palavra, argumentando que a serra era um marco para os navegadores, por ser visível a partir da costa.

“Ainda hoje é possível ver o topo da serra a partir da costa”, argumenta o historiador e hoteleiro, que apresenta no livro cálculos matemáticos feitos com recurso a instrumentos de navegação, que supostamente demonstram que Ereira, Ílhavo e Bussaco formam um arco geográfico perfeito.

Neste contexto, o historiador avança a hipótese de a palavra fenícia Baqqac (Busca) ser a origem da designação Bussaco. Reconhece também que existem vestígios romanos em que Bussaco aparece grafado com uma cedilha.

No seu primeiro livro, “De Luso”, Nuno Alegre avançou a hipótese de na povoação vizinha da Vacariça ter existido uma enorme fundição de ferro, da fase final do domínio romano, em transição para o período visigótico.

Essa hipótese acabaria por ser reconhecida como sustentada pelo Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR), que declarou a zona da fundição como lugar de interesse arqueológico, o que levou à alteração do PDM da Mealhada.

Alegre defendia também que os romanos foram os precursores da tradição termalista do Luso, cujas águas acabaram por trazer notoriedade à vila.

Entre todos os hotéis que se instalaram no eixo Bussaco-Luso, destaca-se o Palace, que ocupa o antigo pavilhão de caça do último rei português, em plena mata de 105 hectares, candidata a Património Mundial da UNESCO.

Na vila do Luso, para além do Grande Hotel, o historiador traça a história do Alegre Hotel, propriedade da sua família, um dos mais antigos hotéis portugueses em funcionamento permanente.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ZAP:

    Sobre Bussaco-Buçaco pronunciaram-se já as autoridades linguísticas há muito tempo (1946 e 1966) e nem o infeliz último acordo ortográfico alterou as coisas.
    Penso, portanto, que além de publicitar gratuitamente o livro com o respectivo título – de que o autor tem toda a liberdade de interrogar-se sobre a grafia correcta – o artigo deveria respeitar as regras, como frequentemente argumenta quando os leitores levantam dúvidas.

    Veja-se:
    https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/serra-do-bucaco/12216
    https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/novamente-a-grafia-de-bucaco/33903

    Infelizmente a “bíblia” do Zap – o Priberam – não tem a palavra nas definições, embora escreva com “ç” na definição de ‘dazilírio’.

    • Caro leitor,
      Obrigado pelo seu reparo.
      Tal como consta na segunda das referências que indicou, “em síntese, a forma correta atual é Buçaco, mas, para fins comerciais, turísticos ou no âmbito da cultura local, é possível usar a forma usada do século XVII em diante, Bussaco”.
      Além disso, o próprio historiador acerca do qual versa esta notícia “conclui que podem ser usadas as duas designações”.
      Assim, não vemos que seja óbvia a necessidade de “corrigir” o termo usado no nosso título, nem que o mesmo esteja a ferir as regras com que nos guiamos.

Responder a ZAP Cancelar resposta

Grupo avisa Bruxelas que Portugal pode tornar-se ilha ferroviária na Europa

Um grupo de portugueses ligados ao setor ferroviário alertou a comissária europeia dos Transportes para a possibilidade de Portugal se tornar uma ilha ferroviária na Europa devido ao atraso em adotar "a bitola europeia" nas …

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …

Rio pede "coerência" na lotação do Avante e faz comparação com estádios

O líder do PSD pronunciou-se sobre a lotação da festa do Avante, lembrando que, se for reduzida para metade, isso é o mesmo que os estádios do FC Porto ou do Sporting estarem cheios. Na sua …

Juiz Carlos Alexandre desiste de queixa contra Rui Pinto

A proposta do Ministério Público (MP) para que o pirata informático não continuasse a ser investigado dependia da autorização do "super-juiz", avança o Correio da Manhã. De acordo com o Correio da Manhã, o juiz Carlos …

Surto na Nova Zelândia faz 17 novas infeções (e não se sabe de onde veio)

Após 102 dias sem casos de covid-19, a Nova Zelândia registou um novo surto na sua maior cidade, Auckland. O número de infeções subiu para 17, mas não se sabe de onde veio. De acordo com …

Ameaças de morte a deputadas. Bloco vai fazer queixa ao Ministério Público

O Bloco de Esquerda vai apresentar duas queixas ao Ministério Público, uma por cada deputada ameaçada no e-mail enviado à SOS Racismo. A Polícia Judiciária está a investigar um e-mail enviado a um grupo de dez …