Em busca de ouro, prata e cobre. Árabes querem investir no Alentejo

Uma empresa de investimentos dos Emirados Árabes Unidos está interessada em fazer a prospecção de ouro, prata, cobre, chumbo, zinco e ferro no Alentejo. O requerimento para o efeito já foi apresentado à Direcção-Geral de Energia e Geologia.

A Matsa A Mubadala & Trafigura apresentou dois requerimentos à Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) com vista à obtenção de licenças para a prospecção de minérios em duas regiões do Alentejo, conforme os dados publicados em Diário da República nesta segunda-feira, 4 de Março.

Num dos despachos, está em causa uma área denominada como “Portel” que está localizada nos concelhos de Portel, Vidigueira, Serpa, beja, Cuba, Alvito e Viana do Alentejo.

O outro requerimento abrange a área intitulada “Santiago“, localizando-se nos concelhos de Santiago do Cacém e de Grândola.

“Os interessados dispõem de 30 dias para apresentar quer reclamações fundamentadas quer propostas contratuais”, como explica o Jornal de Negócios.

A Matsa A Mubadala & Trafigura Company junta a empresa mineira espanhola Minas de Aguas Teñidas, S.A.U., (MATSA), a Mubadala Investment Company dos Emirados Árabes Unidos e a gigante mundial das matérias-primas Trafigura, especializada em petróleo, minerais e metais.

A empresa de investimentos é controlada por fundos públicos árabes e os seus tentáculos estendem-se a mais de 30 países, com intervenções em 13 sectores de actividade, como se destaca no site da Mubadala.

ZAP //

 

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

        • Tudo provoca “danos”; a questão é saber se são aceitáveis e como os minimizar!!
          Aposto que muitos dos que já estão a reclamar, tem aparelhos/equipamentos com esses materiais e nunca se preocuparam em saber de onde vieram e os danos ambientais que causaram!

        • Mais um brilhante comentário, certamente “ao serviço” da ignorância e da estupidez!…
          Sabes sequer, que os equipamentos que usas para fazer esses comentários apalermados, contém todos os minérios citados na notícia?!
          De onde terão vindo?
          Terá sido de Marte?
          Pois…

            • Teoricamente, todos podemos viver sem esses equipamentos!…
              Mas, será quase impossível viver sem esses minérios pois eles estão presentes em todos os equipamentos necessários à vida moderna, desde uma lanterna, a uma máquina de diagnostico de um hospital, ao automóvel ou até ao semáforo de controlo de velocidade!!
              Só escapam as tribos isoladas…

  1. Isso no alentejo e onde estao as herdades dos ganzados do Bloco de Esquerda, por isso nao ha reclamacoes nem manifestacoes!!!

  2. Só me pergunto, por que carga de água são os estrangeiros a vir em pleno século XXI a explorar as poucas riquezas que este país tem? Não capacidade em Portugal para as explorar ou preservar para gerações futuras? Não somos nós um dos países que apesar de ser malvisto o mérito tem gente que é capaz do excelente? Ou formamos pessoas apenas para ir dar o seu contributo lá “fora”? Francamente gostava muito de ver Portugal no lugar de Israel, talvez assim o melhor de nós fosse devidamente aproveitado e não dar a outros aquilo que nós tanto precisamos. Andaram os nossos gloriosos antepassados em descobertas e à espadeirada por esse mundo afora para hoje sermos um país de indigentes e sempre de mão estendida. Que vergonha.

    • Ah?!
      Em que mundo vives?!
      Estas empresas “exploram riquezas” em mais de 60 países incluindo a Austrália, Espanha, EUA, Reino Unido, Noruega, etc, etc…
      Tudo países “indigentes e de mão estendida”…
      “no lugar de Israel”?!

RESPONDER

Benfica 2-0 Vitória SC | "Águia" vence e adia festa do Porto

Não foi esta terça-feira que o FC Porto festejou o 29º título de campeão nacional. Na recepção ao Vitória Sport Clube, o Benfica venceu por 2-0, num embate relativo à 32ª jornada da Liga NOS, …

Elon Musk lança concurso para ver quem consegue bater um caracol

O multimilionário, através da sua empresa especializada em construção de túneis, lançou um concurso mundial para ver quem é capaz de bater um caracol. De acordo com o jornal Daily Mail, Elon Musk lançou um concurso …

Covid-19. Tóquio quer pagar até quatro mil euros a bares que fiquem fechados

As autoridades de Tóquio, no Japão, estão a ponderar pagar um subsídio, que pode chegar aos quatro mil euros, aos bares que se mantenham fechados para conter a propagação da covid-19 na cidade. De acordo com …

Médicos franceses detetaram primeiro caso de bebé infetado no útero

Médicos em França pensam ter identificado aquele que será o primeiro caso confirmado de um bebé infetado com covid-19 no útero materno. De acordo com o site Business Insider, a equipa médica conta que a …

17 anos depois, Estados Unidos voltam a aplicar a pena capital a nível federal

Os Estados Unidos procederam, esta terça-feira, à primeira execução federal de um prisioneiro no "corredor da morte" em 17 anos, através de uma injeção letal. Daniel Lewis Lee, 47 anos, natural de Yukon (Oklahoma), foi executado …

Com o pretexto de paz, "senhor da guerra" vai ganhando poder na República Centro-Africana

O "senhor da guerra" Ali Darassa foi pago pelo presidente da República Centro-Africana e já influenciou a demissão de um ministro numa tentativa de manter a paz no país. A República Centro-Africana é um país atormentado …

Ministério Público acusa 25 arguidos pela queda do BES

O Ministério Público deduziu acusação, esta terça-feira, contra 25 arguidos, 18 pessoas singulares e sete pessoas coletivas, no âmbito do processo sobre a queda do Universo Espírito Santo. "O Ministério Público do Departamento Central de Investigação …

Agora, até o Toyota Corolla é um crossover

O Toyota Corolla Cross é o mais recente SUV da marca japonesa. Apesar de a marca estar a reforçar a sua gama de SUV, Portugal terá de esperar mais um pouco. Na semana passada, a Toyota …

Da Escócia à Grécia, Kleon pedalou durante 48 dias para regressar a casa

Um jovem grego, "preso" na Escócia devido ao cancelamento dos voos por causa da pandemia de covid-19, decidiu pedalar durante 48 dias consecutivos para conseguir regressar a casa. De acordo com a CNN, Kleon Papadimitriou, de …

Após fugirem da Venezuela, milhares foram obrigados a regressar por causa da pandemia (mas não é assim tão fácil)

Desde 2016, quase cinco milhões de venezuelanos deixaram o país, fugindo da pobreza e dos serviços sociais e de saúde em colapso. Agora, a pandemia de covid-19 forçou-os a regressar à Venezuela - se o …