Buraco negro supermassivo na Via Láctea pode ter arrancado partes de estrelas (e mudado a sua cor)

Inúmeras estrelas residem a 1,6 anos-luz do buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea. Porém, essa vizinhança populosa tem menos gigantes vermelhas – estrelas luminosas grandes e frias – do que o esperado.

De acordo com o ScienceNews, os astrofísicos têm agora uma nova teoria que pode explicar a falta de gigantes vermelhas na vizinhança do buraco negro supermassivo que vive no centro da Via Láctea.

Segundo os cientistas, o buraco negro supermassivo, Sagitário A*, lançou um poderoso jato de gás que arrancou as camadas externas das gigantes vermelhas. Isso transformou as estrelas em gigantes vermelhas mais pequenas ou estrelas que são mais quentes e azuis, sugeriu Michal Zajaček, astrofísico da Academia Polaca de Ciências.

Atualmente, o Sagitário A* está sossegado, mas há duas enormes bolhas de gás emissoras de raios gama enraizadas no centro da Via Láctea, acima e abaixo do plano da galáxia. Essas bolhas de gás indicam que o buraco negro ganhou vida há cerca de quatro milhões de anos, quando algo caiu dentro dele.

Naquela época, um disco de gás ao redor do buraco negro lançou um poderoso jato de material na sua vizinhança repleta de estrelas, propõem Zajaček e os seus colegas. “O jato atua preferencialmente em grandes gigantes vermelhas. Podem ser efetivamente arrebatadas pelo jato“, disse Zajaček.

As gigantes vermelhas são vulneráveis ​​porque são grandes e os seus invólucros de gás ténues. Uma gigante vermelha forma-se a partir de uma estrela mais pequena após o centro da estrela ter ficado tão cheio de hélio que já não pode continuar a queimar o seu combustível de hidrogénio.

Em vez disso, a estrela começa a queimar hidrogénio numa camada ao redor do centro, o que faz com que as camadas externas da estrela se expandam e com que a sua superfície arrefeça e fique vermelha. Como resultado, algumas gigantes vermelhas têm mais de 100 vezes o diâmetro do Sol, sendo mais vulneráveis a ser atingidas por jatos.

Ainda assim, Zajaček disse que as gigantes vermelhas que orbitam o buraco negro devem passar pelo jato centenas ou milhares de vezes antes de se tornarem estrelas azuis e quentes. O jato é mais eficaz na remoção de gigantes vermelhas dentro de 0,13 anos-luz do buraco negro, segundo a equipa.

“A ideia é plausível”, disse Farhad Yusef-Zadeh, astrónomo da Northwestern University, que não esteve envolvido no estudo. Já Tuan Do, astrónomo da UCLA, acrescentou que “pode ser necessária uma combinação de vários desses tipos de mecanismos para explicar totalmente a falta dos gigantes vermelhos”. Segundo Yusef-Zadeh, algo diferente de um jato pode ser responsável pela escassez de gigantes vermelhas mais distantes do buraco.

Um candidato, segundo Zajaček e Do, é um grande disco de gás que circulava em torno do buraco negro há alguns milhões de anos. Este disco gerou estrelas que orbitam o buraco negro num único plano. Essas estrelas jovens existem a uma distância de até 1,6 anos-luz do buraco negro, que também é a extensão da lacuna das gigantes vermelhas.

Conforme as gigantes vermelhas giravam em torno do buraco negro e mergulhavam repetidamente no disco, o seu gás pode ter rasgado as suas camadas externas, explicando outra parte da escassez de estrelas vermelhas no centro da galáxia.

Este estudo foi publicado em novembro na revista científica The Astrophysical Journal.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …