Bruno de Carvalho suspenso com efeitos imediatos. “Aqui está a golpada”

Nuno Fox / Lusa

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

A Comissão de Fiscalização designada pela Mesa de Assembleia Geral do Sporting anunciou, esta quarta-feira, ter suspendido preventivamente o Conselho Diretivo do Sporting, uma decisão com efeitos imediatos.

De acordo com os responsáveis da Comissão de Fiscalização – João Duque, António Santos e Rita Garcia Pereira – que estiveram presentes na conferência de imprensa desta manhã, Bruno de Carvalho e o restante Conselho Diretivo estão suspensos.

“Entendeu-se não haver necessidade de instaurar o procedimento prévio de inquérito e partir-se imediatamente para a suspensão preventiva, tal como tinha sido requerido pelos sócios participantes e, simultaneamente, deduzir-se a competente nota de culpa, que seguiu ainda hoje para os membros do CD. Tem efeitos imediatos e a partir de agora para os visados se pronunciarem”, disse Rita Garcia Pereira, citada pelo Observador, acrescentando que o Conselho Diretivo tem agora dez dias úteis para o contraditório.

“Foi envidada documentação que reunia matéria indiciária suficientemente forte que permitia tomar esta decisão por violação dos estatutos do Sporting Clube de Portugal. Qualquer ato que seja tomado pelo CD a partir daqui será nulo e de nenhum efeito“, explicou ainda António Santos, acrescentando que os membros do Conselho Diretivo estão suspensos dos cargos e impedidos de entrar nas instalações.

Neste preciso momento, o clube passa a ser dirigido pelo presidente demissionário da Mesa da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, que deverá, nas próximas horas, nomear uma Comissão de Gestão para dirigir os destinos do clube até à Assembleia Geral agendada para dia 23 de junho, avança o jornal Público.

O dirigente leonino já reagiu ao envio da nota de culpa da Comissão de Fiscalização. “Aqui está a golpada que estou a falar faz duas semanas”, escreveu na sua página do Facebook.

“Este pelotão de fuzilamento que se auto-intitula Comissão de Fiscalização foi criada para isto: Nunca quiseram realizar a AG de dia 23; é uma tomada de poder à força; é completamente ilegal tudo o que se está a passar”, acusa.

“Os sócios têm de se revoltar perante esta tomada de poder! Quem manda no Clube são os sócios todos e não meia dúzia! Esta Comissão de Fiscalização que escreve esta carta não existe por isso os sportinguistas têm de responder à altura!”, conclui.

“Ninguém foi suspenso”

O presidente do Sporting ligou em direto para a SIC Notícias, afirmando que esta Comissão de Fiscalização é ilegítima e que, por isso, vai “continuar a trabalhar como normalmente”.

“É uma tentativa de tomar o poder à força”, disse Bruno de Carvalho, sublinhando que não o surpreendeu e que já estava a contar com esta tomada de posição.

“O único órgão eleito legitimamente em funcionamento é o Conselho Diretivo e tomamos as nossas decisões, perante os estatutos e a lei, e as decisões são as corretas. Existe uma Comissão Transitória e de Fiscalização no Sporting que não é esta”, referiu.

O líder leonino afirmou-se tranquilo e revelou que a Comissão Transitória e de Fiscalização real do Sporting tem nas suas mãos um pedido para a expulsão de Marta Soares e das pessoas que fazem parte das restantes comissões.

O presidente dos leões criticou ainda o ‘timing’ escolhido para o anúncio da suspensão, próximo de duas assembleias gerais que considera decisivas para o futuro do Sporting, a 17 de junho e a 21 de julho, e considerou que tudo voltará à normalidade.

Mário Cruz / Lusa

O presidente da mesa da Assembleia do Sporting, Jaime Marta Soares

“Ninguém foi suspenso. Isto foi apenas para estragar o feriado. As pessoas perceberam perfeitamente que a assembleia geral do dia 17 vai ser de sucesso. São jogadas, golpadas, um ultimato de desespero“, acrescentou.

Entretanto, a Comissão Transitória (CT) da Mesa da Assembleia Geral (MAG) garantiu que Bruno de Carvalho e o Conselho Diretivo vão continuar em funções, apesar da suspensão imposta pela Comissão de Fiscalização.

“Vou garantir que ele vai continuar em funções”, disse Elsa Tiago Judas em conferência de imprensa, acrescentando: “É a lei que lhe dá a garantia de que vai continuar em funções (…) Com certeza que o dr. Bruno de Cravalho e a sua direção estão legitimados por quem têm de estar, pelos sócios”.

Elsa Tiago Judas, que participou na conferência de imprensa juntamente com Bernardo Trindade Barros, explicou a ausência de Bruno de Carvalho: “Não está aqui presente, porque entendeu que nós podemos explicar o que se passa”.

“Clima de animosidade”

Esta decisão surge um dia depois de se saber que no despacho do juiz, que decretou prisão preventiva para os alegados adeptos que invadiram a Academia de Alcochete, surge o nome de Bruno por ter potenciado o “clima de animosidade” que levou às agressões.

O juiz, que decretou a prisão preventiva aos 27 arguidos do processo das agressões de Alcochete, considerar que Bruno de Carvalho incentivou o clima de animosidade, que já era sentido na Juve Leo, contra os jogadores e a equipa técnica do Sporting.

Depois da invasão à Academia do Sporting, a maioria dos membros da Mesa da Assembleia Geral (MAG) e do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) e parte da Direção apresentaram a sua demissão, defendendo que o presidente não tinha condições para continuar no cargo.

Após duas reuniões dos órgãos sociais, o presidente demissionário Jaime Marta Soares marcou uma Assembleia Geral para votar a destituição do Conselho Diretivo, para 23 de junho, sobre a qual foi interposta uma providência cautelar para a sua realização pela MAG que foi indeferida liminarmente pelo Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa – e criou esta Comissão de Fiscalização para evitar o vazio provocado pela demissão em massa do CFD.

O CD do Sporting, afirmando que não reconhece legitimidade à MAG, nomeou uma Comissão Transitória da MAG, que, por sua vez, convocou uma Assembleia Geral Ordinária para 17 de junho, para aprovação do Orçamento da época 2018/19, análise da situação do clube e para esclarecimento aos sócios, e marcou uma AG eleitoral para a MAG e para o CFD para 21 de julho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

22 COMENTÁRIOS

  1. Uma autêntica vergonha !
    E por cima do Sporting, de Bruno de Carvalho e da Comissão de Fiscalização, não há autoridade ?
    O Tribunal e o Secretário de Estado para o Desporto nada têm a dizer ?!?
    Ou estamos à espera da “tourada” de 23 de junho ??

    • Foi a Assembleia Geral. Está corretíssimo. Nada ilegal, totalmente suportado pela lei.
      Agora o que é totalmente ilegal é uma direção querer marcar uma assembleia geral. Isso é de doidos e é desconhecer por completo o que é a lei… pelo menos em Portugal.

      • Mas a mesa da AG não se tinha demitido?!
        Se sim, como é que agora aparece esta Comissão de Fiscalização?!
        Eu ligo pouco às “novelas do futebol”, mas parece-me que a AG meteu as patas (e tendo lá o maior incendiário do país (Marta Sares), não é de admirar)!…

  2. Por favor, que ninguém intervenha.
    Se acabam com isto agora, que vai ser do pais?

    Primeiro o Ricardo Araújo deixou de fazer a sua rubrica diária agora querem acabar com o Bruno!
    Os portugueses ficam sem nenhuma rubrica diária de comedia, que fazemos depois, passamos a dar atenção ás deprimentes rubricas politicas?

  3. Estou com pena pois o reinado de Bruno de Carvalho está perto do fim, apesar de ele se agarrar como uma lapa ao seu vencimento milionário, conforme capa do CM de hoje. Tendo os sportinguistas seguido esta pessoa na sua campanha anti-Benfica, pois BdC antes de ser Sportinguista, o que duvido é sobretudo anti-Benfica, estão a pagar o preço da loucura. Vai passar muito tempo antes que o Sporting recupere de tudo isto. Mas ter um presidente que ofendia tudo e todos e passou muito tempo com a maior impunidade por parte de todos os órgãos do futebol nacional deu-lhe a sensação que podia fazer tudo e este foi o resultado. Isto em Inglaterra nunca teria chegado a este ponto, pois muito antes disso esta pessoa tinha sido erradicada do futebol. Depois de lhe darem todo o poder querem que ele saia, mas ele não respeita os estatutos, os tribunais e o que mais se verá, cria as suas leis, os seus órgãos sociais ao arrepio de tudo e todos …

    • Sempre achei que esta criatura era um tresloucado. Quando no poder (mesmo desportivo) aparece uma personagem sinistra desta envergadura, só cercando-o com todas as forças será possível removê-lo. O ditador está sitiado, já não tem hipóteses, mesmo que se agarre aos seus acólitos da nau naufragada, o CD, o Fernando Correia e o Inácio, que não passam de fantoches de um papelinho miserável.

  4. BDC = próxima Águia de Ouro!!!! Tem que ser, então há alguém que tenha prestado mais serviços ao Benfica que este homem?????

  5. Porque será que este País só pensão em Futebol, Fátima, Fados, Vinho e Mulheres etc.
    A nossa economia vai LINDA, senão vejamos, Novo Banco, BES, CGD, EDP, AT, Combustíveis,, etc
    Relativamente ao Hitler Bruno de Carvalho façam uma Assembleia Geral, dentro da legalidade e os sócios com Quotas em dia, que decidam uma vez por todas se este deve ficar ou continuar.

  6. Este como qualquer ditador sente-se no direito de manter o Poder a qualquer preço e por mais incrível que pareça ainda tem gente a seu lado a dar-lhe apoio, quem vai ser responsabilizado pelos danos causados ao SCP?.

  7. Ontem, ao ver a “conferência de imprensa” -e não sei porquê- lembrei-me de quando ia comprar peixe à Ribeira.
    A mente humana tem cada uma!…

  8. Bendito seja o senhor Bruno de Carvalho, o presidente absolutista e cumpridor da lealdade com o seu pensamento. Bendito seja os que foram corridos e agora foram recuperados. Bendita seja os ganhos adquiridos ao longo deste reinado. Bendita seja a estupidez de quem votou em alma tão caridosa. Bendito seja quem apoia tal jumento que não tem culpa. Senhor perdoa a quem não sabe o que diz nem reconhece ao mal que faz. Amem

RESPONDER

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …

Défice português “desaparece” em 2020, mas é preciso mais

O défice público de Portugal deve cair para 0,2% do PIB em 2019, como prevê o Governo, e em 2020 deve “desaparecer”, transformando-se num excedente de 0,1% do PIB, defende a OCDE. A organização dos países …