May apresenta os pilares do Brexit: “Menor acesso aos mercados será inevitável”

Tom Evans / Crown Copyright

Theresa May, primeira-ministra britânica

A primeira-ministra britânica advertiu, esta sexta-feira, que o Brexit vai implicar que o Reino Unido e a União Europeia tenham menos acesso aos mercados recíprocos, num discurso em que enunciou os “factos concretos” desta saída.

“Vamos sair do mercado único, a vida vai ser diferente”, disse Theresa May num discurso, esta sexta-feira, em Londres.

A primeira-ministra britânica, que apontou 29 de março de 2019 como data para a saída da União Europeia, afirmou que as negociações se aproximam de um momento decisivo e “não há como escapar à complexidade da tarefa” que ambas as partes têm pela frente.

A governante conservadora afirmou que o seu Governo não quer o “modelo canadiano” ou o “modelo norueguês” de relação com a UE, mas antes “o acordo mais abrangente possível” que permita “abarcar mais setores e com mais cooperação do que qualquer outro acordo de comércio livre existente no mundo”.

May assegurou que nem Londres nem Bruxelas vão “obter tudo o que querem”, mas rejeitou categoricamente que o Reino Unido queira beneficiar das vantagens de pertencer à União sem as desvantagens, um acordo “à la carte”, associado em inglês à expressão “cherry picking” (literalmente apanhar cerejas e, num sentido figurado, escolher seletivamente).

“A verdade é que todos os acordos de comércio têm acesso variável ao mercado dependendo dos interesses dos países envolvidos. Se isso é ‘à la carte’, então todos os acordos de comércio são ‘à la carte'”, disse.

May disse, porém, que o Reino Unido está disposto a manter normas de regulamentação semelhantes às da UE, para que os produtos possam circular sem taxas ou outros obstáculos.

A primeira-ministra disse também que pretende continuar a integrar determinadas agências europeias, como as que regulam os medicamentos ou a segurança aérea, e que o país está disposto a pagar para continuar como membro.

O governo britânico, disse, tem reservas quanto ao projeto de acordo elaborado pela UE, mas está confiante de que pode ser alcançado um acordo mais satisfatório.

Entre essas reservas, referiu novamente a recusa em aceitar a proposta europeia de manter o território britânico da Irlanda do Norte no mercado único por considerar que isso viola “o mercado comum britânico”, mas insistiu que não quer uma fronteira rígida entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam um "relógio" que mede a idade biológica

Dois cientistas do CECAD Cluster of Excellence in Aging Research desenvolveram um método que pode determinar a idade biológica de um organismo com uma precisão sem precedentes. Todos conhecemos a idade cronológica - a nossa idade …

"Das palavras aos atos". Marcelo com mais de 60% de mulheres na sua equipa no segundo mandato

O Presidente da República considerou este domingo que os passos dados para salvaguardar a igualdade de género em Portugal não são ainda suficientes e afirmou que quis passar "das palavras aos atos" com mais mulheres …

Governo dá 19,8 milhões às escolas para testes rápidos. Ensino privado também quer

O Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma resolução que permite às escolas e ao setor solidário efetuar despesa na realização de testes rápidos de antigénio à covid-19, num montante global de 19,8 milhões de …

Afinal, abandonar Montijo não obriga a indemnizar ANA (e há quem defenda opção Beja)

A alteração do local do novo aeroporto na sequência da avaliação ambiental estratégica não obriga ao pagamento de qualquer indemnização à ANA. De acordo com o esclarecimento do Ministério das Infraestruturas, uma eventual alteração do local …

Descoberta nova relação entre a biodiversidade dos animais e das florestas

Uma análise ao registo de imagens de 15 reservas de vida selvagem em florestas tropicais revelou uma relação até então desconhecida entre a biodiversidade de vários mamíferos e as florestas em que vivem. As florestas tropicais …

Pelo menos 17 mortos e 400 feridos em explosões na Guiné Equatorial

Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas após várias explosões registadas, este domingo, num quartel militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, informaram as autoridades. De acordo com dados do Ministério da …

Marques Mendes antecipa desconfinamento a 15 de março. Creches e 1º ciclo são os primeiros a abrir

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes revelou, este domingo, que as creches, pré-escolar e 1º ciclo deverão abrir já a 15 de março. Segundo o comentador, o plano que vai ser …

Olivier Dassault, deputado bilionário francês, morre em acidente de helicóptero

O deputado francês Olivier Dassault, neto do fundador da Dassault Aviation, morreu este domingo, aos 69 anos, num acidente de helicóptero, no nordeste de França, avança a Agência France-Press (AFP). O acidente aconteceu este domingo perto …

Teoria ensinada na escola pode estar errada. Há um "núcleo mais interno" no centro da Terra

Uma equipa de investigadores da Universidade Nacional da Austrália confirmou, rastreando milhares de modelos numéricos, a existência do "núcleo mais interno" nas profundezas da Terra.  Na escola, os estudantes costumam aprender que o planeta Terra é …

Sonda passa ao lado de Vénus, tira-lhe uma fotografia e surpreende cientistas da NASA

A imagem obtida pelo Wide-field Imager (WISPR) da Parker Solar Probe foi capturada a 12.380 quilómetros de Vénus. A Parker Solar Probe, da NASA, capturou vistas deslumbrantes de Vénus em julho de 2020. O alvo da …