Brasil recomenda adiar gravidez até a pandemia melhorar

O Brasil recomendou as mulheres do país a ponderarem o adiamento da gravidez durante a pandemia de covid-19. Em causa está a estirpe brasileira (P.1), que poderá ser mais agressiva em gestantes.

O Governo brasileiro recomendou, esta sexta-feira, que as mulheres do país adiem a gravidez durante a pandemia de covid-19, nomeadamente devido à estirpe brasileira (P.1), que afirma ser mais agressiva em mulheres grávidas.

“Estudo nacional ou internacional não temos, mas a visão clínica de especialistas mostra que a variante [estirpe brasileira] nova tem uma ação mais agressiva nas grávidas“, disse Raphael Câmara, secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, numa conferência de imprensa.

“Antes, [a gravidade da covid-19] estava ligada ao final da gravidez, mas, agora, vê uma evolução mais grave no segundo trimestre e até no primeiro trimestre”, acrescentou o secretário brasileiro que também é médico ginecologista e obstetra.

O representante do Governo brasileiro recomendou que “caso possível, postergar um pouco a gravidez para um melhor momento para que você possa ter a gravidez mais tranquila”.

“É lógico que a gente não pode falar isso para quem tem 42, 43 anos, mas para uma mulher jovem que pode esperar um pouco, o mais indicado é esperar”, completou.

O Ministério da Saúde brasileiro publicou esta sexta-feira uma recomendação favorável a vacinação de mulheres grávidas em grupo de risco, embora os imunizantes aplicados no país, do laboratório Sinovac e da farmacêutica AstraZeneca, não tenham estudos finais sobre imunização de gestantes.

“Gestantes, puérperas e lactantes podem se vacinar contra a covid-19 no Brasil, desde que pertençam a um dos grupos prioritários, especialmente se tiverem alguma comorbidade. Essa é a orientação do Ministério da Saúde, que tem como base estudos nacionais e internacionais que avaliaram os riscos e os benefícios de imunizar mulheres nessas condições”, diz uma publicação no site do Ministério da Saúde.

No caso de brasileiras grávidas sem doenças preexistentes, a recomendação é que seja realizada uma avaliação cautelosa junto ao seu médico, principalmente se a mulher exercer alguma atividade que a deixe mais exposta à doença.

“A gestante também deve ser informada sobre os dados de eficácia e segurança conhecidos dos imunizantes (…). O Ministério da Saúde orienta que as gestantes, lactantes e puérperas procurem os serviços de saúde somente quando chegar a fase de vacinação do grupo prioritário no qual elas estão inseridas”, concluiu.

O Brasil registou 365.444 mortes e mais de 13,7 milhões de casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estado de Malta responsabilizado pela morte da jornalista Daphne Caruana Galizia

O Estado de Malta "deve assumir a responsabilidade" pelo assassínio da jornalista, devido à cultura de impunidade promovida pelas mais altas esferas do Governo.  Um inquérito independente sobre a morte da jornalista Daphne Caruana Galizia, que …

Licença para estudar. Governo negoceia e bazuca europeia vai saldar promessa eleitoral

As negociações já estão em curso. Com o dinheiro que vai chegar da União Europeia (UE), o Governo vai poder apoiar empresas, reforçar os rendimentos das famílias e alargar políticas sociais O Expresso avança, esta sexta-feira, …

O fim de uma lenda: Teddy Riner perdeu

Campeão olímpico em 2012 e em 2016, falhou o registo histórico de se tornar tricampeão nos Jogos Olímpicos. Lukáš Krpálek foi campeão e também foi histórico. Teddy Riner foi campeão nas duas edições anteriores dos Jogos …

Governo de Biden quer que estados ofereçam 100 dólares a quem for vacinado

O Governo dos Estados Unidos quer que os vários estados norte-americanos ofereçam um cheque de 100 dólares aos cidadãos que se vacinem contra a covid-19. De acordo com a imprensa norte-americana, o Governo de Joe Biden …

"Estou com vergonha, fui uma deceção": a chorar, Rochele pediu desculpa a Portugal

Judoca nascida no Brasil, que se naturalizou por Portugal a pensar nos Jogos Olímpicos, só venceu um combate em Tóquio. Rochele Nunes chegou aos Jogos Olímpicos com o objetivo de subir ao pódio mas só venceu …

Governo acelera no desconfinamento, mas ainda há questões para os peritos resolverem

Plano apresentado pelo Governo esta quinta-feira diverge do proposto pelos peritos, sobretudo na data prevista para a imunidade de grupo e, consequentemente, para o levantamento de medidas restritivas. Apesar das medidas anunciadas que sugerem um …

Se António Costa sair, "o PS parte-se todo"

Rui Rio não esconde a ambição de tirar o lugar a António Costa. Em entrevista ao Expresso, o líder social-democrata assumiu estar convicto de que o PS "se parte todo" se o atual secretário-geral do …

Vladimiro Feliz concorre ao Porto com o apoio de cinco independentes

Vladimiro Feliz concorre à Câmara do Porto pelo PSD, contando com o apoio de cinco independentes numa lista de 13 pessoas. "Rui Moreira tornou-se um autarca vulgar", disse Vladimiro Feliz numa recente entrevista ao jornal Público. …

Rui Costa "jamais aceitaria ser príncipe herdeiro" (e deixa candidatura em aberto)

O presidente do Benfica, Rui Costa, disse que seria uma cobardia a si próprio e aos benfiquistas se não assumisse o cargo e que ignorou Luís Filipe Vieira porque ninguém está acima do clube. “Não podia …

Emprego recupera para níveis históricos, mas jovens não acompanham tendência

Números provisórios do INE correspondentes a junho indicam uma retoma do emprego, com 17 mil novos postos de trabalho criados — numa sequência de cinco meses consecutivos de melhoria. Trata-se do mês mais forte desde …