Brasil investiga mais quatro navios gregos por suspeitas de derrame de petróleo

As autoridades brasileiras investigam mais quatro navios de bandeira grega suspeitos de derrame de petróleo no litoral nordeste do país, além do Bouboulina, da empresa Delta Tankers, que já se encontrava em investigação, avançou na quarta-feira a imprensa local.

Apesar de a Marinha brasileira não ter revelado os nomes das embarcações investigadas, a companhia Delta Tankers informou, na sua página oficial, tratar-se dos navios-tanques Maran Apolo e Maran Libra, da empresa Maran Tankers, Minerva Alexandra, da Minerva Marine, e do Cap Pembroke, da companhia Euronav, além do Bouboulina.

A Delta Tankers afirmou ainda no comunicado que apenas recebeu na terça-feira um aviso oficial do Ministério de Assuntos Marítimos da Grécia, no qual foi pedido, pela Marinha do Brasil, o fornecimento de documentação sobre a sua embarcação.

A empresa reiterou que não está envolvida no derrame de petróleo que desde 02 de setembro polui centenas de praias dos nove estados da região nordeste do Brasil.

“A Delta Tankers realizou uma pesquisa completa do material a partir de câmaras, dados e registos, e não há provas de que a embarcação tenha parado, realizado operações navio-a-navio, carga perdida ou derramada, desacelerou ou desviou-se do rumo, na sua viagem da Venezuela para Melaka, na Malásia”, argumentou a companhia grega, acrescentando que cumpre “rigorosas políticas ambientais e regulamentos internacionais”.

A Marinha brasileira disse que identificou 30 navios-tanque de várias nacionalidades que navegaram próximo à costa brasileira onde ocorreu o derrame, mas notou que o Bouboulina é o principal suspeito.

O Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS) da Universidade Federal de Alagoas, no Brasil, encontrou uma fotografia que revela uma mancha escura no litoral nordeste, numa trajetória similar à do petroleiro Bouboulina. Contudo, a data da mancha de 85 quilómetros é anterior à passagem do navio grego pela rota, segundo o Globo.

A mancha apareceu parcialmente numa imagem de 24 de julho, mas o Bouboulina só passou naquela área dois dias depois.

A imagem de satélite exibe um ponto branco, que “claramente se trata de um navio”, segundo disse ao Globo o cientista Humberto Barbosa, referindo ser impossível identificar a embarcação devido à baixa resolução do sensor que fez a captação.

Em declarações aos jornalistas, o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, disse na quarta-feira que tentou evitar alarmismos ao divulgar informações relativas ao avanço da mancha de petróleo, de forma a não prejudicar o turismo na região nordeste.

“A nossa preocupação, desde o começo, foi não criar informações que encorajassem um impacto ainda maior no turismo da região, que precisa dos turistas”, declarou o ministro, citado pela agência Brasil, indicando que foram tomadas todas as medidas de identificação e monitorização do petróleo quando o Governo teve noção da dimensão do problema.

“Tivemos cuidado para não criar uma falsa sensação de que todo o nordeste está a ser atingido pelas manchas, ao mesmo tempo. (…) Fizemos o esforço de deixar claro que, uma vez retirado o petróleo das praias, pode restabelecer-se o trânsito de turistas. Porque esta é, justamente, a região que depende do turismo”, concluiu o governante.

Desde 02 de setembro, cerca de quatro mil toneladas de petróleo chegaram a 314 praias dos nove estados do nordeste brasileiro. Investigações indicaram que o derrame de petróleo bruto ocorreu a cerca de 700 quilómetros da costa brasileira entre os dias 28 e 29 de julho.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …