Brasil investiga mais quatro navios gregos por suspeitas de derrame de petróleo

As autoridades brasileiras investigam mais quatro navios de bandeira grega suspeitos de derrame de petróleo no litoral nordeste do país, além do Bouboulina, da empresa Delta Tankers, que já se encontrava em investigação, avançou na quarta-feira a imprensa local.

Apesar de a Marinha brasileira não ter revelado os nomes das embarcações investigadas, a companhia Delta Tankers informou, na sua página oficial, tratar-se dos navios-tanques Maran Apolo e Maran Libra, da empresa Maran Tankers, Minerva Alexandra, da Minerva Marine, e do Cap Pembroke, da companhia Euronav, além do Bouboulina.

A Delta Tankers afirmou ainda no comunicado que apenas recebeu na terça-feira um aviso oficial do Ministério de Assuntos Marítimos da Grécia, no qual foi pedido, pela Marinha do Brasil, o fornecimento de documentação sobre a sua embarcação.

A empresa reiterou que não está envolvida no derrame de petróleo que desde 02 de setembro polui centenas de praias dos nove estados da região nordeste do Brasil.

“A Delta Tankers realizou uma pesquisa completa do material a partir de câmaras, dados e registos, e não há provas de que a embarcação tenha parado, realizado operações navio-a-navio, carga perdida ou derramada, desacelerou ou desviou-se do rumo, na sua viagem da Venezuela para Melaka, na Malásia”, argumentou a companhia grega, acrescentando que cumpre “rigorosas políticas ambientais e regulamentos internacionais”.

A Marinha brasileira disse que identificou 30 navios-tanque de várias nacionalidades que navegaram próximo à costa brasileira onde ocorreu o derrame, mas notou que o Bouboulina é o principal suspeito.

O Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS) da Universidade Federal de Alagoas, no Brasil, encontrou uma fotografia que revela uma mancha escura no litoral nordeste, numa trajetória similar à do petroleiro Bouboulina. Contudo, a data da mancha de 85 quilómetros é anterior à passagem do navio grego pela rota, segundo o Globo.

A mancha apareceu parcialmente numa imagem de 24 de julho, mas o Bouboulina só passou naquela área dois dias depois.

A imagem de satélite exibe um ponto branco, que “claramente se trata de um navio”, segundo disse ao Globo o cientista Humberto Barbosa, referindo ser impossível identificar a embarcação devido à baixa resolução do sensor que fez a captação.

Em declarações aos jornalistas, o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, disse na quarta-feira que tentou evitar alarmismos ao divulgar informações relativas ao avanço da mancha de petróleo, de forma a não prejudicar o turismo na região nordeste.

“A nossa preocupação, desde o começo, foi não criar informações que encorajassem um impacto ainda maior no turismo da região, que precisa dos turistas”, declarou o ministro, citado pela agência Brasil, indicando que foram tomadas todas as medidas de identificação e monitorização do petróleo quando o Governo teve noção da dimensão do problema.

“Tivemos cuidado para não criar uma falsa sensação de que todo o nordeste está a ser atingido pelas manchas, ao mesmo tempo. (…) Fizemos o esforço de deixar claro que, uma vez retirado o petróleo das praias, pode restabelecer-se o trânsito de turistas. Porque esta é, justamente, a região que depende do turismo”, concluiu o governante.

Desde 02 de setembro, cerca de quatro mil toneladas de petróleo chegaram a 314 praias dos nove estados do nordeste brasileiro. Investigações indicaram que o derrame de petróleo bruto ocorreu a cerca de 700 quilómetros da costa brasileira entre os dias 28 e 29 de julho.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hotel japonês oferece estadia por 1 dólar (mas é preciso transmitir tudo no YouTube)

O hotel japonês Business Ryokan Asahi, na cidade costeira de Fukuoka, oferece dormida por um dólar (130 ienes) desde que os hóspedes concordem transmitir toda a sua estadia através do YouTube. De acordo com os …

Peter 2.0. Cientista com doença terminal quer transformar-se no ciborgue mais avançado de sempre

Peter Scott-Morgan, cientista britânico do ramo da robótica, está em fase terminal da doença do neurónio motor, uma doença degenerativa. Mas ele não quer visto como o homem que morreu daquela doença, mas sim tornar-se …

Estados Unidos vão transformar aeronaves obsoletas em "aviões arsenal"

Os Estados Unidos preparam-se para transformar algumas das suas maiores e mais obsoletas aeronaves em "aviões arsenal", que funcionarão como plataformas repletas de armas, revelaram fontes do Governo norte-americano. Foi em 2016 que esta ideia veio …

Imperador japonês paga 25 milhões de dólares por ritual secreto para dormir com deusa

Este ritual de sucessão do Imperador Naruhito aconteceu na quinta-feira e envolve dormir com uma deusa do Sol. O templo é construído para o efeito e é destruído depois. O ritual japonês altamente secreto conhecido como …

Para entrar nesta praia italiana, vai ser preciso pagar (e nem todos podem entrar)

Aos pés de uma antiga aldeia de pescadores, La Pelosa é uma atração turística muito célebre. Por isso, a autarquia decidiu tomar medidas para a proteger. A famosa praia tem sido uma vítima da erosão natural …

Laurent Simons será o mais novo licenciado do mundo. Tem 9 anos

O belga Laurent Simons tem apenas 9 anos e estás prestes a bater um recorde: em dezembro, deverá tornar-se o mais novo licenciado do mundo. O "menino prodígio", tal como é apontado pelos média internacionais, ingressou …

Preços dos passes Navegante ficam iguais em 2020

Os preços dos passes Navegante vão manter-se iguais em 2020, no âmbito da estratégia de “promoção da utilização dos transportes públicos coletivos”, anunciou esta sexta-feira a Área Metropolitana de Lisboa (AML). “A Área Metropolitana de Lisboa …

Os burros-táxi de Espanha vão ter horários de trabalho, estábulos novos e deixar de carregar turistas de 80 quilos

Os burros táxis são uma atração turística de Mijas, província de Málaga, no sul de Espanha. Agora foram definidas novas regras que têm em conta os direitos e o bem-estar dos animais. O serviço funciona como …

Vai ser preciso "ser-se rico" para visitar a famosa Ilha de Komodo

Em breve, os turistas que queiram visitar a Ilha de Komodo, o famoso lar de mais de 5.000 dragões de Komodo, terão de ser ricos. O aviso é do Governo local indonésio, que chegou mesmo …

Sócrates saúda saída da prisão de Lula. "Sei que estás em festa, pá"

O antigo primeiro-ministro José Sócrates, acusado de corrupção, considerou que a saída da prisão de Lula da Silva representou uma "reentrada no mundo" do ex-chefe de Estado brasileiro, acontecimento em relação ao qual o PS, …