Boris responsabiliza Irão por ataque a petrolífera saudita

Neil Hall / EPA

Boris Johnson diz que o país atribui ao Irão, “com muito alto grau de probabilidade, os ataques à gigante petrolífera saudita”.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, acusou esta segunda-feira o Irão de ser, muito provavelmente, responsável pelos ataques às duas instalações petrolíferas na Arábia Saudita.

“Posso dizer que o Reino Unido atribui ao Irão, com muito alto grau de probabilidade, os ataques à Aramco (a gigante petrolífera saudita)”, disse o líder conservador a bordo de um avião a caminho de Nova Iorque para participar na Assembleia Geral das Nações Unidas. Durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, Boris Johnson deverá encontrar-se com o Presidente iraniano, Hassan Rohani.

No dia 13 de setembro, rebeldes huthis reivindicaram ataques de drones na Arábia Saudita, que resultaram na redução da produção de petróleo no reino em 5,7 milhões de barris por dia, ou seja, 6% da produção mundial. A Arábia Saudita acusa o Irão de ser responsável pelos ataques.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, que visitou a Arábia Saudita na quarta-feira, falou em “ato de guerra” por parte do Irão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …