Booking abandona a criptomoeda do Facebook

 

Booking junta-se ao Mastercard, eBay, Visa, PayPal, Stripe e Mercado Pago e desiste do projeto da Associação Libra, promovida por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, para a desenvolver a infraestrutura financeira que está na base da nova criptomoeda, a Libra.

O jornal espanhol El Mundo avança agora que há uma sétima baixa nos apoios a Mark Zuckerberg. A plataforma de reservas turísticas Booking abandonou o projeto, deixando a equipa de fundadores da libra com apenas 21 empresas representadas.

Mark Zuckerberg quer, de acordo com o semanário Expresso, cumprir a data de lançamento da Libra apontada para 2020, mas o projeto vive dias difíceis.

O projeto do fundador do Facebook enfrenta uma resistência cada vez maior por parte dos reguladores e políticos mundiais que consideram que o projeto apresenta riscos de estabilidade financeira e de lavagem de dinheiro e nas últimas semanas tem somado desistências entre o seu número de membros.

Dante Disparte, vice-presidente da Libra, disse, em declarações ao Financial Times, que “mesmo que estejamos prontos para a tecnologia, a parte reguladora é a que mais gera incerteza”.

Face à sucessão de desistências entre os membros fundadores, Dante Disparte já admitiu que o Facebook pode falhar o lançamento da criptomoeda até ao final do próximo ano.

“Precisamos de ter certeza de que conseguimos reunir todas as aprovações em matéria de licenciamento, e essa é a parte que pode não estar pronta a tempo”, explicou acrescentando que “o Facebook pretendia lançar o Libra até o final do próximo ano, mas foi tem sido controntado com a retirada de várias empresas que integravam a lista de 28 membros fundadores”.

A Associação Libra reuniu pela primeira vez esta segunda-feira, em Genebra, e, de uma lista inicial de 28 membros fundadores, saiu com apenas 21. Embora a sua meta fosse chegar a 2020 com 100 empresas associadas, o número tem diminuído. O conselho da Libra terá cinco membros pertencentes à Kiva Microfunds, Andreessen Horowitz, Xapo Holdings Limited, PayU e a Calibra, controlada pelo Facebook.

A criptomoeda foi apresentada em junho deste ano, tendo como público-alvo os 1,7 mil milhões de pessoas que vivem sem vínculos bancários.

“A ideia é simplificar o mais possível as transações financeiras para todas as pessoas do mundo, onde quer que vivam, tenham ou não uma conta bancária”, segundo fontes da empresa Facebook a principal impulsionadora da Libra e que tem como base de funcionamento uma tecnologia própria: blockchain.

O primeiro produto da Calibra será uma carteira digital para criptomoedas Libra acessível inicialmente através das plataformas digitais WhatsApp e Messenger e que são propriedade da Facebook.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O Ártico pode ficar sem gelo no verão de 2044

As mudanças climáticas provocadas pelo Homem estão muito perto de tornar o Ártico livre de gelo, já a partir do verão de 2044. Um artigo científico, publicado recentemente na Nature Climate Change por investigadores da Universidade …

Estamos sozinhos no Universo? Cientistas detalham que exoplanetas poderiam albergar vida

Através da modelagem climática, uma equipa de cientistas da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, apontou que tipo de planetas têm maior probabilidade de serem habitáveis. A descoberta pode ajudar os astrónomos a selecionar áreas …

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …