Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Nuno André Ferreira / Lusa

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de dez anos.

Num comunicado hoje divulgado, a Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP) e o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais (SNBP) adiantam que o protesto foi decidido durante um encontro de bombeiros profissionais das associações humanitárias e das Equipas de Intervenção Permanente (EIP), que decorreu este sábado.

O presidente da ANBP, Fernando Curto, disse à agência Lusa que a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), enquanto entidade patronal, tem há dez anos “na gaveta o acordo coletivo de trabalho destinado aos bombeiros profissionais das associações humanitárias”, considerando que esta situação “não é admissível”.

Há dez anos que esperamos pela conclusão das negociações para a celebração desse acordo. Como tal, estamos disponíveis para repensar a situação do voluntariado se a Liga não o assumir”, sublinhou Fernando Curto.

Segundo o presidente da ANBP, são cerca de 12 mil os bombeiros profissionais existentes nas associações humanitárias e que também são voluntários.

De acordo com a ANBP/SNBP, na grande parte das associações humanitárias, o trabalho voluntário é assegurado maioritariamente pelos próprios bombeiros profissionais. Também nas EIP, o trabalho efetuado para além do horário legal de trabalho, é efetuado pelos mesmos profissionais em regime de voluntariado.

Fernando Curto referiu que muitos dos elementos das EIP, equipas de profissionais existentes nos bombeiros voluntários e com um horário entre 09:00 e as 17:30, desempenham funções de voluntariado após esse horário.

O presidente da ANBP considerou ser “muito importante” a clarificação da situação profissional destes bombeiros e sublinhou que não se justifica que os membros das EIP trabalhem das 09:00 às 17:30, devendo existir uma escala de 24 horas.

Nesse sentido, a ANBP/SNBP realça a necessidade de reforço do número de profissionais nas EIP, “de modo a assegurar a operacionalidade durante 24 horas por dia (e não apenas durante o horário normal de trabalho) e a compensar as licenças, faltas e ausências para formação” dos seus elementos.

No comunicado, a ANBP/SNBP defende ainda um estatuto e uma carreira única para os bombeiros profissionais e a regulamentação da carreira para os bombeiros que prestam serviço nas EIP.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Aí está… a Liga que só serve para manter bons os tachos do Marta Soares e companhia, pouco ou nada representa os bombeiros!…

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …