Bombeiro de 34 anos morre em Leiria. Costa e Cabrita manifestam pesar

Paulo Novais / Lusa

Um bombeiro de Leiria morreu, este sábado, no hospital da cidade após ter entrado em paragem cardiorrespiratória quando participava nas operações de rescaldo de um incêndio na freguesia de Arrabal, disse fonte da Proteção Civil.

A informação foi dada à agência Lusa pelo comandante Pedro Araújo, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

O responsável explicou que o bombeiro, dos voluntários de Leiria, da secção de Monte Redondo, estava nas operações de rescaldo do incêndio que na sexta-feira deflagrou na freguesia de Arrabal, concelho de Leiria, que foi dado como dominado durante a noite e que teve hoje uma reativação, mas que ao início da tarde entrou em resolução.

Pedro Araújo disse que o bombeiro estava nas operações de rescaldo, na “linha da frente” e que se “sentiu mal” e ficou inconsciente, tendo entrado em paragem cardiorrespiratória.

Foi levado para o hospital já em “manobras de reanimação”. O hospital confirmou o óbito na noite de sábado. O bombeiro tinha 34 anos.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e o primeiro-ministro, António Costa, manifestaram pesar pela morte do bombeiro Filipe Pedrosa.

O primeiro-ministro manifestou hoje a sua “profunda consternação” e enviou condolências em nome do Governo pela morte do bombeiro.

“Foi com profunda consternação que tomei conhecimento do falecimento de Filipe Pedrosa, bombeiro voluntário da corporação de Leiria, vítima de doença súbita, que cumpria a sua missão nas operações de rescaldo e vigilância de um incêndio em Arrabal, Leiria”, refere António Costa, numa nota de pesar do gabinete do primeiro-ministro e divulgada também na sua conta oficial na rede social Twitter.

“Uma fatalidade que nos entristece”, acrescenta o chefe do Governo, enviando à família e amigos, bem como à corporação dos bombeiros voluntários de Leiria, os seus sentimentos e de todo o Governo.

“Foi com um sentimento de profunda consternação que recebi a notícia do falecimento do bombeiro Filipe Pedrosa, do Corpo de Bombeiros Voluntários de Leiria, vítima de doença súbita, durante as operações de vigilância ao incêndio que esta tarde deflagrou em Leiria”, escreveu Eduardo Cabrita numa nota enviada à Comunicação Social.

O governante endereça os seus “sentidos pêsames à família, amigos e ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Leiria”.

“Neste momento de pesar para todos os portugueses relembro, com gratidão, a forma sempre generosa e abnegada com que os bombeiros do nosso país integram este esforço nacional da defesa da floresta contra incêndios”, sublinha Eduardo Cabrita.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo recusa relançar o programa Apoiar Restauração

Apesar do apelo da AHRESP, o Governo recusa relançar o programa Apoiar Restauração. Os restaurantes continuam com limitações de horário aos fins de semana e feriados. Nesta terceira fase do desconfinamento, que avançou esta segunda-feira, deu-se …

Lidl vai oferecer pensos e tampões na Irlanda para combater pobreza menstrual

O Lidl vai tornar-se a primeira grande cadeia de supermercados a oferecer produtos menstruais em todas as lojas de um país. A iniciativa, que ocorre na República da Irlanda, tem como objetivo o combate à …

Parlamento altera lei para permitir candidatos independentes nas autárquicas

A comissão de Assuntos Constitucionais iniciou, esta quarta-feira, a alteração à lei eleitoral autárquica em que reduz o número de assinaturas dos grupos de cidadãos independentes e admite uma candidatura simultânea a uma câmara e …

Neutralidade carbónica até 2050. Lei Europeia do Clima é "mais um compromisso concretizado", diz Costa

O primeiro-ministro António Costa saudou, nesta quarta-feira, o acordo político provisório sobre as emissões de gases com efeito de estufa, dizendo que se trata de "um sinal inequívoco da determinação da [União Europeia] UE no …

Pai de Valentina condenado a 25 anos de prisão. Madrasta condenada a 18 anos e 9 meses

O pai da criança que foi encontrada morta, em maio do ano passado, em Peniche, foi condenado a 25 anos de prisão. A madrasta foi condenada a 18 anos e nove meses. De acordo com o …

Luís Correia deixa PS. Vai recandidatar-se a Castelo Branco como independente

O ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, deixou o PS e vai recandidatar-se como independente à presidência da autarquia este ano. De acordo com o jornal Público, o ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, …

DGS atualiza regras para partos. Hospitais têm de assegurar condições para acompanhantes

A Direção-Geral da Saúde fez uma revisão nas orientações de modo a facilitar o acesso dos acompanhantes e para deixar exclusivamente ao critério da mãe o contacto pele a pele com o bebé e a …

Portugal com mais uma morte por covid-19 e 610 novos casos de infeção

Portugal registou, esta quarta-feira, mais uma morte e 610 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 610 …

Quartos para arrendar estão mais baratos em Lisboa. A culpa é da pandemia

A pandemia provocou uma quebra de preços mas a capital ainda é a cidade onde fica mais caro arrendar um quarto. Ao longo do último ano foi na cidade de Lisboa que se registou a …

MP acusa ativista que interrompeu António Costa de desobediência qualificada. Arrisca 2 anos de prisão

Em 2019, um ativista do movimento Extinction Rebellion Portugal interrompeu e tirou o microfone ao primeiro-ministro António Costa no jantar de aniversário do Partido Socialista. Agora, está a ser acusado de desobediência qualificada. De acordo com …