Bolsonaro usa vídeo de caça a baleias na Dinamarca para criticar Noruega

Agência Brasil

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, usou um vídeo de caça à baleia para atacar a Noruega, país que suspendeu os apoios à preservação da Amazónia, mas as imagens utilizadas são das Ilhas Faroé, da Dinamarca.

“Vejam o assassinato de baleias patrocinado pela Noruega”, escreveu o presidente brasileiro nas redes sociais, colocando um link de um vídeo que mostra pessoas a matarem baleias. O vídeo tem uma música de fundo melancólica e mostra animais que nascem num riacho a serem mortos na praia, dando as águas um tom vermelho de sangue.

Essas imagens ilustram uma cena de grindadráp (ou grind), uma tradicional caçada que ocorre nas Ilhas Faroé, posse dinamarquesa do Atlântico Norte.

Na Noruega, um país raro no mundo que permite a caça comercial de baleias, as baleias são caçadas – individualmente e com menos publicidade – no mar a partir de um barco usando um arpão com uma granada.

A publicação provocou indignação e críticas nas redes sociais. “O Presidente do Brasil é estúpido! Não é a Noruega! Não matamos baleias assim. Mais notícias falsas, como Trump diria” reagiu um utilizador da rede Twitter. “A desinformação é um crime, senhor Presidente”, escreveu outro.

Bolsonaro tem vindo a criticar a Noruega desde que o país escandinavo, seguindo o exemplo da Alemanha e anunciou na semana passada que estava a suspender a ajuda para combater a desflorestação da Amazónia no Brasil.

Como o maior financiador de um fundo em prol da Amazónia, a Noruega, através do seu ministro do Meio Ambiente e Clima, Ola Elvestuen, que acusou o Brasil de Bolsonaro de “não querer mais parar o desmatamento” e unilateralmente quebrou o acordo sobre a governança do Fundo de Conservação da Floresta Amazónica.

Bolsonaro reagiu imediatamente e com violência, recordando que a Noruega é “o país que mata baleias lá em cima, no Pólo Norte, que também explora petróleo”.

Este não é um exemplo para nós. Deixe-os enviar seu dinheiro para ajudar Angela Merkel a reflorestar a Alemanha”, escreveu o Presidente brasileiro na rede social Twitter.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Independentemente do erro do Bolsonaro, a Noruega caça baleias e dinamarqueses matam-nas num ritual bárbaro e primitivo. Simultaneamente dizem-se civilizados…

    • E todos os anos, centenas de milhões de vacas e porcos, e dezenas de milhares de milhões de galinhas, são transportados e mortos de forma brutal. Milhões de pintos macho são mortos todos os dias, no dia em que nascem, sendo atirados vivos para uma espécie de triturador de papel de grandes dimensões, pela simples razão de serem machos e não colocarem ovos. Se acha que o bife ou pernas de frango ou costeleta de porco que comeu ontem vem de animais que foram tratados de forma civilizada em vida, tenho más notícias para si.

      • Porque razão, numa notícia sobre baleias vem escrever sobre vacas, porcos, galinhas, frangos e pintos? É com esse argumento que pretende defender o ritual de matança de baleias das Ilhas Faroé? Acha que é defensável?
        Por outro lado, porque pensa que as outras pessoas não têm conhecimento da forma como os animais são tratados e mortos para chegarem aos supermercados embaladinhos e “apetitosos”? Quando se dirige a um desconhecido, como eu sou para si, o que o leva a pensar que não está perante um vegetariano?

          • Agora sem link.
            Quanto à nossa casa, assim é que é: “Portugal acatou as diretivas no ano em que entrou para a CEE, Comunidade Económica Europeia, sendo um dos primeiros países a por fim à barbárie que era a matança das baleias. Nesse mesmo ano, em 1986, foi fechada a última fábrica de transformação de baleias naquela região.” (Fonte: RTP Ensina)

        • Para além de que estas baleias são caçadas e mortas para consumo. Não vejo porque razão isto é mais chocante do que a forma como outros animais são abatidos para consumo.

        • Quanto ao último comentário, tem toda a razão, parti do princípio que não era vegetariano. Mas tendo em conta que Portugal tem uma das taxas mais baixas de população vegetariana na Europa (1-2%), suspeito que acertei 🙂

RESPONDER

O tempo pode parecer mais lento do que realmente é. A culpa é dos neurónios cansados

Quando os neurónios do nosso cérebro começam a ficar muito cansados, diminuem a atividade e, como consequência, percebemos o tempo de forma distorcida. O cansaço de um grupo de neurónios especialmente sensíveis à noção de tempo …

Investigação do New York Times revela que Trump não pagou impostos em 10 dos últimos 15 anos

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pagou apenas 750 dólares (645 euros) em impostos federais em 2016, ano em que foi eleito, e outro tanto em 2017, segundo uma investigação divulgada este domingo pelo …

Arménia e Azerbaijão "à beira de uma guerra". Confrontos fazem pelo menos 39 mortos

Os combates deste domingo entre o Azerbaijão e as forças separatistas apoiadas pela Arménia, em Nagorno-Karabakh, fizeram pelo menos 39 mortos, incluindo sete civis, de acordo com informações de ambas as partes. Pelo menos mais 15 …

Paulo Bento substitui Santana Lopes à frente da Aliança

O antigo vereador da câmara de Torres Vedras Paulo Bento substitui este domingo Pedro Santana Lopes como presidente do partido Aliança após a eleição no congresso que terminou naquela cidade do distrito de Lisboa. Paulo Bento, …

Modelo matemático de Alan Turing explica os misteriosos "círculos de fada" da Namíbia

Os impressionantes padrões de vegetação dos "círculos de fada" australianos surgem de acordo com a teoria de 1952 enunciada pelo célebre matemático britânico Alan Turing. Em 1952, quando o matemático britânico Alan Turing publicou o seu …

Cientistas descobrem novo tipo de supercondutor

Uma equipa de cientistas identificou, pela primeira vez, um supercondutor de onda G. A investigação marca um grande desenvolvimento nesta área da Física. Investigadores da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, encontraram um novo tipo de …

Astrónomos provam que há água "presa" na poeira interestelar

As partículas de poeira no Espaço estão cobertas de gelo. Esta descoberta facilita as tentativas futuras de identificar a estrutura e composição da poeira em diferentes ambientes astrofísicos. O meio interestelar é composto por gás e …

Rochas antigas de Vénus apontam para origem vulcânica

Uma equipa internacional de investigadores descobriu que alguns dos terrenos mais antigos de Vénus, conhecidos como "tesserae", têm camadas que parecem consistentes com atividade vulcânica. A descoberta pode fornecer informações sobre a enigmática história geológica …

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …