Bolsonaro usa vídeo de caça a baleias na Dinamarca para criticar Noruega

Agência Brasil

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, usou um vídeo de caça à baleia para atacar a Noruega, país que suspendeu os apoios à preservação da Amazónia, mas as imagens utilizadas são das Ilhas Faroé, da Dinamarca.

“Vejam o assassinato de baleias patrocinado pela Noruega”, escreveu o presidente brasileiro nas redes sociais, colocando um link de um vídeo que mostra pessoas a matarem baleias. O vídeo tem uma música de fundo melancólica e mostra animais que nascem num riacho a serem mortos na praia, dando as águas um tom vermelho de sangue.

Essas imagens ilustram uma cena de grindadráp (ou grind), uma tradicional caçada que ocorre nas Ilhas Faroé, posse dinamarquesa do Atlântico Norte.

Na Noruega, um país raro no mundo que permite a caça comercial de baleias, as baleias são caçadas – individualmente e com menos publicidade – no mar a partir de um barco usando um arpão com uma granada.

A publicação provocou indignação e críticas nas redes sociais. “O Presidente do Brasil é estúpido! Não é a Noruega! Não matamos baleias assim. Mais notícias falsas, como Trump diria” reagiu um utilizador da rede Twitter. “A desinformação é um crime, senhor Presidente”, escreveu outro.

Bolsonaro tem vindo a criticar a Noruega desde que o país escandinavo, seguindo o exemplo da Alemanha e anunciou na semana passada que estava a suspender a ajuda para combater a desflorestação da Amazónia no Brasil.

Como o maior financiador de um fundo em prol da Amazónia, a Noruega, através do seu ministro do Meio Ambiente e Clima, Ola Elvestuen, que acusou o Brasil de Bolsonaro de “não querer mais parar o desmatamento” e unilateralmente quebrou o acordo sobre a governança do Fundo de Conservação da Floresta Amazónica.

Bolsonaro reagiu imediatamente e com violência, recordando que a Noruega é “o país que mata baleias lá em cima, no Pólo Norte, que também explora petróleo”.

Este não é um exemplo para nós. Deixe-os enviar seu dinheiro para ajudar Angela Merkel a reflorestar a Alemanha”, escreveu o Presidente brasileiro na rede social Twitter.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Independentemente do erro do Bolsonaro, a Noruega caça baleias e dinamarqueses matam-nas num ritual bárbaro e primitivo. Simultaneamente dizem-se civilizados…

    • E todos os anos, centenas de milhões de vacas e porcos, e dezenas de milhares de milhões de galinhas, são transportados e mortos de forma brutal. Milhões de pintos macho são mortos todos os dias, no dia em que nascem, sendo atirados vivos para uma espécie de triturador de papel de grandes dimensões, pela simples razão de serem machos e não colocarem ovos. Se acha que o bife ou pernas de frango ou costeleta de porco que comeu ontem vem de animais que foram tratados de forma civilizada em vida, tenho más notícias para si.

      • Porque razão, numa notícia sobre baleias vem escrever sobre vacas, porcos, galinhas, frangos e pintos? É com esse argumento que pretende defender o ritual de matança de baleias das Ilhas Faroé? Acha que é defensável?
        Por outro lado, porque pensa que as outras pessoas não têm conhecimento da forma como os animais são tratados e mortos para chegarem aos supermercados embaladinhos e “apetitosos”? Quando se dirige a um desconhecido, como eu sou para si, o que o leva a pensar que não está perante um vegetariano?

          • Agora sem link.
            Quanto à nossa casa, assim é que é: “Portugal acatou as diretivas no ano em que entrou para a CEE, Comunidade Económica Europeia, sendo um dos primeiros países a por fim à barbárie que era a matança das baleias. Nesse mesmo ano, em 1986, foi fechada a última fábrica de transformação de baleias naquela região.” (Fonte: RTP Ensina)

        • Para além de que estas baleias são caçadas e mortas para consumo. Não vejo porque razão isto é mais chocante do que a forma como outros animais são abatidos para consumo.

        • Quanto ao último comentário, tem toda a razão, parti do princípio que não era vegetariano. Mas tendo em conta que Portugal tem uma das taxas mais baixas de população vegetariana na Europa (1-2%), suspeito que acertei 🙂

RESPONDER

Boris responsabiliza Irão por ataque a petrolífera saudita

Boris Johnson diz que o país atribui ao Irão, "com muito alto grau de probabilidade, os ataques à gigante petrolífera saudita". O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, acusou esta segunda-feira o Irão de ser, muito provavelmente, responsável …

41 países comprometem-se com iniciativa "Clima e Qualidade do Ar"

A iniciativa "Clima e Qualidade do Ar", apresentada na véspera da Cimeira da Ação Climática, propõe alcançar até 2030 uma qualidade do ar saudável e a harmonização das políticas de luta contra as alterações …

Reino Unido. Trabalhistas querem abolir ensino privado se forem Governo

O Partido Trabalhista britânico compromete-se a abolir o ensino privado no Reino Unido caso venha a formar Governo. O plano do partido liderado por Jeremy Corbyn implica nacionalizar e integrar no sistema educativo público todas …

Rio acusa PS de se comportar como "dono disto tudo" (e diz que também tem um "Centeno")

No último debate a dois antes das legislativas de 6 outubro, os líderes do PSD e PS trocaram esta segunda-feira críticas - em tom leve e cordial -, recordando telhados de vidro de cada força …

Em decisão histórica, partidos árabes recomendam Gantz como primeiro-ministro de Israel

O Presidente de Israel, Reuven Rivlin, iniciou este domingo as suas consultas para a formação de um novo Governo. A Lista Conjunta, uma coligação que reúne os principais partidos árabes do país (Balad, Hadash, Ta’al …

Tancos. Azeredo Lopes teve "exercício perverso" de funções públicas, diz Ministério Público

O Ministério Público (MP) já terá terminado a acusação do caso de Tancos, na qual sustenta que o antigo ministro da Defesa Azeredo Lopes soube de toda a encenação, tendo ainda tentado tirar louros políticos …

Salário de 273 mil euros brutos anuais para Varandas revolta accionistas do Sporting

Um grupo de acionistas do Sporting fez chegar ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) da Sporting SAD, Bernardo Ayala, um pedido em que exige a retirada da proposta de aumento salarial para o …

Eleições na Madeira. A noite em que quem perdeu ganhou e quem ganhou perdeu

Depois de 43 anos de poder absoluto, o PSD perdeu este domingo pela primeira vez a maioria do parlamento da Madeira. O PS, que atingiu um valor histórico na região, também reclamou louros de vitória. …

Jesus "nunca treinou um grande clube da Europa" e "nunca conquistou nada"

O treinador do Grémio, Renato Gaúcho, voltou a criticar Jorge Jesus, dizendo que o técnico português, aos 65 anos, nunca treinou um grande clube na Europa. "O Jorge Jesus ganhou 2/3 títulos portugueses. Saiu de Portugal …

Governo promove 5.000 militares antes das eleições

Quase 5.000 militares dos três ramos das Forças Armadas, Exército, Marinha e Força Aérea vão ser promovidos este ano. De acordo com o Correio da Manhã, o Ministério da Defesa enviou a lista dos 4.945 nomes …