Bolsonaro contradiz novo ministro da Saúde (e diz que não vale a pena ficar em casa)

jeso.carneiro / Flickr

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil

Jair Bolsonaro fez as declarações, minutos depois de Marcelo Queiroga, o seu novo ministro da Saúde, ter pedido à população para usar máscara e manter o distanciamento social durante a Páscoa.

Apesar do esforço de auxiliares do governo e de parlamentares, o Presidente do Brasil continua a seguir na direção contrária às recomendações sanitárias.

Bolsonaro voltou a desvalorizar a pandemia e disse que não adianta ficar em casa, declarações que contrastam com as recomendações feitas pelo atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Segundo o Público, o novo governante participou de uma manifestação conjunta após a primeira reunião do comité de combate à crise do novo coronavírus, criado na quarta-feira passada.

No evento, Queiroga apelou ao uso de máscara e ao distanciamento social durante o feriado de Páscoa, apesar de se dizer ser contra medidas “extremas”.

Poucos minutos depois, no salão ao lado, no segundo andar do Palácio do Planalto, Bolsonaro apareceu para anunciar o calendário da nova rodada do auxílio emergencial e proferiu palavras bastante diferentes.

“Tínhamos e temos dois inimigos, o vírus e o desemprego. É uma realidade. Não é ficando em casa que vamos solucionar este problema”, afirmou o Presidente.

Bolsonaro disse que o Governo não pode continuar a pagar apoios porque “custa para toda a população e pode desequilibrar a nossa economia”.

“Queremos voltar à normalidade o mais rápido possível”, disse o Presidente, que também voltou a falar em medo de “problemas sociais gravíssimos no Brasil”. “Se a pobreza continuar avançando, não sei onde poderemos parar”.

Enquanto isso, em audiência na Câmara, Marcelo Queiroga voltava a defender o distanciamento, contudo mantém-se reticente quanto a um confinamento geral, como tem acontecido em vários países da Europa.

  ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Para este Cantinflas o “jogo” ainda não terminou. O Brasil ainda pode ultrapassar os EUA e conquistar o título. Brasil em 1°, um sempre…

    • É uma democracia e não uma ditadura.

      Infelizmente o Bolsonaro não pode passar por cima.. Isso pode te ajudar:

      https://m.youtube.com/watch?v=i9EwmjmAVGE

      Dê uma olhada pra entender um pouco.

      Ele resume no 14:32. (Infelizmente por causa disso o único que bolsonaro pôde fazer foi criar o auxilio-emergencial)

      Ministros? Brasil é uma democracia logicamente tem ministros e outros cargos e toda uma “hierarquia”.

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …