Bolsonaro imita apelo de Chávez na Venezuela e pede aos brasileiros para não demorarem no banho

O Presidente do Brasil pediu na quinta-feira aos brasileiros para não demorarem a tomar banho para economizar energia, tal como fez em 2009 o falecido chefe de Estado Hugo Chávez ao dirigir-se aos venezuelanos.

“Se você puder apagar uma luz, o Brasil agradece”, disse , Jair Bolsonaro numa transmissão em direto nas suas redes sociais, na qual recomendou aos brasileiros que “tomem banho um pouco mais rápido” para ajudar a economizar energia e evitar pagar mais por um serviço cujos preços estão a disparar.

Acompanhado pelo ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o chefe de Estado atribuiu o aumento do preço da eletricidade a uma grande seca que afetou o nível dos reservatórios que abastecem as centrais hidroelétricas, as quais produzem 65% da energia que o país consome.

Bolsonaro explicou que foi necessário acionar as termoelétricas do país, que geram energia “mais cara”, o que se reflete na tarifa paga pelos utilizadores.

O Presidente desvinculou a situação de um apagão recente no estado do Amapá, no norte do país, região que sofreu um racionamento de energia por 20 dias, devido a um incêndio numa subestação, cujas causas ainda estão a ser investigadas.

Apesar disso, Bolsonaro pediu que se economize energia para evitar uma nova subida de preços.

Por volta das dez horas da noite apago todas as luzes. Vocês, que estão em casa, podem apagar uma luz agora. Evite desperdícios e tome banho um pouco mais rápido, porque também ajuda”, recomendou Bolsonaro, cuja retórica populista, ainda que de extrema-direita, muitas vezes é comparada ao estilo do falecido Hugo Chávez.

Embora a situação nos dois países seja completamente diferente, muitos brasileiros recordaram na quinta-feira que o líder da revolução bolivariana, que morreu de cancro em março de 2013, chegou a pedir aos venezuelanos, no início de uma grave crise energética que ainda não foi superada até hoje, que não demorassem no banho.

Tem gente que começa a cantar no chuveiro e fica meia hora no banho. Não, três minutos é mais do que suficiente. Eu contei, três minutos, e não cheiro mal, garanto. Um minuto para o sabonete, um minuto para o champô e mais um minuto para enxaguar”, disse Chávez em outubro de 2009, numa transmissão do seu programa “Aló Presidente”.

Na habitual transmissão semanal nas redes sociais de Bolsonaro, o ministro Ricardo Salles pediu ainda recursos económicos aos países críticos da sua política ambiental face à Amazónia, onde as taxas de desflorestação dispararam no último ano, e defendeu levar “prosperidade” aos habitantes daquela região.

“Muitos dos que nos criticam podem meter a mão no bolso e colocar recursos para ajudar. Opinar gratuitamente é fácil, mas colocar dinheiro na mesa, em valores compatíveis com a magnitude do problema, é outra história”, disse Salles, cuja gestão ambiental é duramente criticada dentro e fora do Brasil.

Desde que o atual executivo brasileiro assumiu o poder, em janeiro de 2019, a desflorestação e os incêndios na Amazónia brasileira aumentaram drasticamente.

Entre agosto de 2019 e julho de 2020, o desflorestação naquela que é a maior floresta tropical do mundo aumentou 9,5% em relação ao período anterior e atingiu o seu maior nível desde 2008, segundo dados oficiais.

Contudo, Salles recusa-se a assumir responsabilidades pelo números, declarando que a desflorestação em 2004 – que chegou a cerca de 28 mil quilómetros quadrados, quando o progressista Luiz Inácio Lula da Silva estava no poder – foi “três vezes maior” do que no último ano.

Salles mostrou-se ainda aberto “à cooperação com todos os países que respeitem a soberania brasileira” para preservar aquele bioma.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …