Bloco está a negociar aumento de 10 euros nas pensões até 600 euros

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, disse este domingo que o partido está a negociar com o Governo do PS um aumento de 10 euros para as pensões mais baixas.

“Nós não tratamos pensões altas da mesma forma como tratamos pensões mais baixas. É uma questão de justiça e achamos do ponto de vista das pensões até aos 600 e poucos euros que precisam de ter um aumento real e 10 euros parece-nos um valor adequado”, afirmou Catarina Martins.

Referindo que o BE tem uma posição diferente da do Partido Socialista sobre as pensões, em que os bloquistas defendem “um processo de convergência das pensões mais baixas mais acelerado”, Catarina Martins não deixou de classificar a proposta de 10 euros de aumento como “tímida”.

“A proposta de 10 euros é uma proposta tímida face às necessidades, é uma proposta com que estamos a trabalhar, mas sendo uma proposta tímida poderá ter impacto na vida das pessoas”, considerou.

A dirigente do BE falava aos jornalistas na Madalena, ilha do Pico, onde se encontra para assinalar o arranque da campanha para as eleições legislativas regionais dos Açores de 16 de outubro.

A proposta de Orçamento do Estado deverá dar entrada na Assembleia a 14 de outubro e Catarina Martins reconheceu que o tema das pensões ocupa uma “boa parte” das negociações que estão a decorrer com o Governo do PS no âmbito do Orçamento.

O primeiro-ministro, António Costa, já prometeu que será um Orçamento de continuação da “viragem e nunca de retrocesso face à trajetória que tem vindo a ser seguida”.

Apesar de ter recusado discutir “avulsamente” propostas antes de ser conhecido o documento, ao longo das últimas semanas o próprio primeiro-ministro foi falando sobre algumas medidas, admitindo, por exemplo, um aumento das pensões, sobretudo das mais baixas.

A atualização das pensões mínimas além da inflação, alterações aos escalões do IRS e a progressividade nesse imposto, são duas das medidas que o BE já revelou estarem a ser estudadas com o Governo no âmbito das negociações do OE para 2017.

Alem destas, também matérias tão diferentes como o ensino superior, a energia, a habitação e o combate à precariedade encontram-se em cima da mesa das negociações.

Também o PCP já tornou pública a reivindicação de um aumento “não inferior a 10 euros” de pensões.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois, a media tem lógica, devia era ser menos “tímida”, para ver se pelo menos cobria o aumento do imposto regressivo nos combustíveis.

RESPONDER

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …

Ruben foi libertado depois de passar 11 anos na prisão por crimes que não cometeu

Ruben Martinez Jr. saiu em liberdade do Supremo Tribunal de Los Angeles após ter passado 11 anos na prisão por uma série de assaltos à mão armada que não cometeu. Um homem que passou 11 anos …