Benfica vs V.Setúbal | Águia banqueteia-se na Luz

O Benfica goleou o Vitória de Setúbal por 6-0, no Estádio da Luz, numa exibição de qualidade, e ficou a três pontos do líder FC Porto, antes do grande “clássico” do Estádio do Dragão, que se irá disputar na próxima sexta-feira.

Jonas esteve em grande e chegou aos 101 golos com a camisola “encarnada”, num jogo que viu Pizzi regressar às boas exibições. O V. Setúbal jogou meia parte reduzido a dez elementos.

O Jogo explicado em Números

  • Início perfeito para o Benfica, que chegou ao golo logo aos sete minutos. Na sequência de um livre da esquerda, Jardel amorteceu de cabeça e Luisão, na pequena área, empurrou para o 1-0. Foi ao segundo remate da “águia” que, por volta dos dez minutos, registava 77% de posse de bola.
  • Primeiro remate do Vitória de Setúbal somente aos 19 minutos, por Nenê Bonilha, muito por cima. Nesta altura os “encarnados” registavam já quatro disparos, três deles enquadrados, mas a posse já havia caído para 57%, fruto de uma ténue reacção sadina.
  • A pressão benfiquista voltou a instalar-se e, pela meia-hora de jogo, os homens da casa registavam novamente um domínio assinalável de 64% de posse de bola, sete remates, cinco enquadrados e com Cristiano a brilhar na baliza sadina – quatro defesas. Mas os setubalenses também tentavam e somavam quatro disparos, embora sem a melhor direcção.
  • Interessante eficácia de passe do Vitória, com 78% por volta dos 35 minutos de jogo, e também dois pontapés de canto – tantos quanto o Benfica. E também quatro passes para ocasião, embora menos que as “águias” (7).
  • Mas a pressão era benfiquista e, aos 39 minutos, Jonas fez o 2-0, através de um forte cabeceamento na sequência de um canto da direita, apontado por Pizzi. Tudo corria bem à formação de Rui Vitória. Mais ainda quando, em cima do descanso, Nuno Pinto viu segundo amarelo por falta sobre Luisão e foi expulso.
  • O descanso chegou com justa vantagem do Benfica. As “águias” marcaram cedo e tiveram sempre o domínio do encontro. Na primeira metade os homens da casa realizaram 12 remates, nove deles enquadrados, para além de registarem 65% de posse de bola e 86% de eficácia de passe.
  • A superioridade “encarnada” notava-se também pelos cinco cantos contra dois e pelos 11 cruzamentos de bola corrida, para nenhum dos sadinos. O melhor em campo era Luisão, com um GoalPoint Rating de 7.8, graças ao golo que marcou em dois remates, ambos enquadrados.
  • Vida fácil para o Benfica, que fez o 3-0 aos 48 minutos, por Salvio. O argentino acorreu a uma assistência de Pizzi para marcar perante Cristiano. Nos primeiros 15 minutos do segundo tempo o Benfica atingiu os 87% de posse de bola, 90% de eficácia de passe e rematou duas vezes, uma que deu golo.
  • O jogo era do Benfica, que chegou ao 4-0 aos 66 minutos, pelo suspeito do costume, Jonas. Após jogada de insistência, a bola chegou ao brasileiro no coração da área, após passe de André Almeida, e o atacante “fuzilou” Cristiano – foi ao 15º remate benfiquista, 11º enquadrado. E logo a seguir foi o próprio André Almeida a ampliar para 5-0, num remate cruzado dentro da área.
  • Coincidência ou não (acreditamos que não), a boa exibição do Benfica correspondeu a uma boa prestação de Pizzi. O médio benfiquista, que vinha a cair de forma há várias semanas, voltou a registos antigos e, pelos 70 minutos, registava duas assistências em cinco passes para finalização e um GoalPoint Rating de 7.1.
  • Muito bem o Benfica no ataque, com 22 remates quando o encontro atingiu os 80 minutos, 13 deles enquadrados e 16 realizados dentro da grande área sadina, o que demonstra as facilidades benfiquistas – também 21 cruzamentos de bola corrida, contra apenas um dos visitantes.
  • Diz-se que “no melhor pano cai a nódoa”, e Cristiano, que estava a ser o melhor do Vitória, com oito defesas, não segurou um remate de Zivkovic, deixando a bola passar por baixo do corpo, num “frango” que deu origem ao 6-0.

O Homem do Jogo

Quando se fala em golos é inevitável falar-se de Jonas e o brasileiro não desiludiu no festim “encarnado” ante os sadinos.

O ponta-de-lança esteve endiabrado e terminou com um GoalPoint Rating de 8.5, fruto de dois golos e de números dignos de craque. Jonas fez cinco remates e enquadrou-os todos, e registou uma assistência em dois passes para finalização.

Um desempenho de grande qualidade a nível ofensivo, com o qual atingiu os 101 golos com a camisola benfiquista.

Jogadores em foco

  • Pizzi 7.8 – Belo jogo do médio, que pelo menos nesta partida regressou aos bons registos com a camisola benfiquista. Mais solto e disponível fisicamente, Pizzi integrou-se muito mais nos processos ofensivos e terminou com duas assistências em seis passes para finalização (máximo do jogo), 92% de eficácia de passe e 15 vezes a bola colocada na área contrária.
  • Zivkovic 7.5 – Jogou apenas 31 minutos mas deixou a sua marca, com velocidade, intensidade e talento. O sérvio marcou um golo, fez três passes para finalização e criou uma ocasião flagrante, desperdiçada por Seferovic.
  • Luisão 7.3 – O veterano foi a voz de comando do Benfica. O capitão abriu o activo, numa primeira parte de grande querer e atitude, e foi o melhor dos primeiros 45 minutos. Rematou duas vezes, ambas enquadradas.
  • Krovinovic 6.8 – O futebol do Benfica ganha outra amplitude técnica com o jovem croata, mas também mobilidade, ocupação inteligente dos espaços nos momentos ofensivos e inteligência. O médio fez dois passes para finalização, teve sucesso em duas de três tentativas de drible e errou apenas um de 57 passes (98% de eficácia).
  • Cristiano 5.5 – O guarda-redes sofreu seis golos, um deles um “frango” (o 6-0). Mas ainda assim terminou com nota positiva, fundamentalmente porque realizou oito defesas, cinco delas a remates de dentro da área, e evitou que o resultado assumisse proporções históricas.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Irão anuncia reunião extraordinária para salvar acordo de Viena

Uma nova reunião extraordinária para tentar salvar o acordo sobre o programa nuclear iraniano vai realizar-se em Viena no domingo, anunciou esta terça-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão. De acordo com o comunicado do …

PS aprova listas de candidatos a deputados. Braga ainda em aberto

A Comissão Política Nacional do PS aprova nesta terça-feira as listas de candidatos a deputados às próximas eleições legislativas, num processo em termos globais pacífico internamente. Em Braga, há nomes em aberto. O processo para a …

Morreu Li Peng, o antigo primeiro-ministro chinês que pôs fim aos protestos de Tiananmen

O antigo primeiro-ministro chinês, Li Peng, morreu esta segunda-feira, avançou a agência estatal Xinhua. Aos 91 anos, o político que liderou a "ala dura" do Governo durante os protestos de Tiananmen, em 1989, faleceu de …

Kim Jong-un inspeciona novo submarino em contexto de impasse com EUA

O submarino vai ser lançado no mar do Leste, confirmou a agência de notícias norte-coreana. Não há informações sobre o sistema de armas que o submarino continha ou onde e quando a inspeção ocorreu. O líder …

Parlamento espanhol chumba investidura de Pedro Sánchez como primeiro-ministro

Pedro Sánchez precisava do voto de 176 dos 350 deputados, mas só teve o sim da própria bancada parlamentar. Agora tem até quinta-feira para fechar um acordo com o Podemos. O Congresso dos Deputados espanhol (parlamento) …

China não deu ouvidos aos EUA e recebeu milhões de barris de petróleo do Irão

Apesar de os EUA terem imposto sanções a todos os países que comprem petróleo ao Irão, há uma nação que parece não ter dado ouvidos à Casa Branca. Há petroleiros iranianos a descarregar milhões de barris …

"Não se pode brincar com a saúde". Costa em rota de colisão com Ordem dos Médicos

Está o caldo entornado entre o primeiro-ministro e a Ordem dos Médicos (OM). A organização profissional reage com "estranheza" e muitas críticas às palavras de António Costa que acusou a OM de restringir a concorrência e …

O salário médio de um português compra 645 litros de gasolina. O espanhol compra o dobro

Com um salário médio, é possível comprar 645 litros de gasolina em Portugal, bastante menos do que podem comprar os habitantes dos países vizinhos nas mesmas condições, mostra um relatório desenvolvido pelo Picodi. De acordo com …

Helis de combate a incêndios em terra por falta de inspecção. A culpa é da burocracia

Há helicópteros de combate a incêndios impedidos de voar devido à falta de inspecção. Uma situação polémica que surge numa altura em que os fogos regressaram em força a Portugal e que é culpa da …

Trump garante que ganharia a guerra com o Afeganistão numa semana. "O país desaparecia em 10 dias”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, garantiu esta segunda-feira, na Casa Branca, que ganharia a guerra com o Afeganistão, que dura desde 2001, em apenas "uma semana". "Poderia vencer essa guerra numa semana. Só …