Benfica vs Galatasaray | Águia de gestão garante passagem

Mário Cruz / Lusa

O Benfica carimbou a passagem aos oitavos-de-final da Liga Europa ao empatar a zero na recepção ao Galatasaray, aproveitando a vantagem de 2-1 trazida do encontro da primeira mão, em Istambul.

Os homens de Bruno Lage limitaram-se a controlar o ritmo da partida, nunca cometendo mais riscos do que os necessários, frente a um adversário que pouco ou nada fez para dar a volta à eliminatória.

O Jogo explicado em Números

  • Bom arranque das “águias”, que fizeram os únicos dois remates do primeiro quarto-de-hora, ambos desenquadrados com a baliza. A equipa “encarnada” acertou ainda 89% dos passes que fez durante este período, ficando, contudo, bastante atrás do adversário em termos de posse de bola (39%-61%).
  • Início de partida muito apagado por parte de João Félix, que nos primeiros 20 minutos somou apenas três acções com bola, um passe, duas faltas e zero duelos ganhos em dois disputados. Seferovic, por sua vez, também não vencera nenhum dos seis duelos em que estivera envolvido.
  • Volvidos 30 minutos desde o apito inicial, ainda não se registara nenhum disparo enquadrado e o Galatasaray continuava sem fazer qualquer remate. A posse de bola, essa, já se encontrava mais equilibrada (55%-45% ainda a favor dos turcos), mas o principal factor que diferenciava as duas equipas envolvia o aspecto físico. O Benfica vencera apenas 32% dos duelos disputados até então, com João Félix e Seferovic ainda a zero após 11 disputas.
  • O primeiro remate enquadrado do desafio surgiu só aos 42 minutos, por Pizzi, após passe de João Félix. O camisola 21 “encarnado” era um dos elementos em evidência na sua equipa, juntando aos seus três remates dois passes para finalização – o máximo de um só jogador no primeiro tempo.
  • Primeiro tempo com um ligeiro ascendente do Benfica, a equipa com mais remates e pontapés de canto e a única a conseguir alvejar a baliza contrária.
  • Ainda assim, destaque para a enorme presença imposta pelos turcos, que, para além de terem tido mais posse de bola durante toda esta parte, foram superiores em termos de disputas e só raramente necessitaram de recorrer a faltas.
  • Badou Ndiaye, médio do Galatasaray, liderava os GoalPoint Ratings ao intervalo, com 5.8, com quatro acções defensivas, uma falta sofrida e apenas um passe falhado em 18.
  • Logo atrás surgia Gedson Fernandes 5.7, com números muito idênticos: um passe falhado em 18, cinco acções defensivas e um drible eficaz.
  • Excelente início de segunda parte do Benfica, que dominou por completo a posse de bola (72%-28%) e demonstrou muito maior acerto no passe (81%-59% em termos de eficácia) nos primeiros 15 minutos. Para além disso, fez quatro remates, um deles à baliza, e teve três pontapés de canto. Aumentava a pressão junto da baliza de Muslera.
  • Pizzi chegou aos 65 minutos do desafio com quatro passes para finalização, tantos quanto a equipa inteira do Galatasaray. O internacional português também liderava a sua equipa em remates, três, e levava dois duelos ganhos em outros tantos disputados.
  • A dez minutos do fim, havia um jogador do Benfica em clara evidência. Tratava-se de Ferro, que levava cinco alívios, dois desarmes, apenas dois duelos aéreos perdidos em 11 e ainda um passe para finalização. O jovem central deixava, no entanto, muito a desejar no capítulo do passe, com apenas 43% de eficácia no meio-campo contrário.
  • Um enorme calafrio percorreu as bancadas da Luz aos 85 minutos, quando o Galatasaray colocou a bola no fundo da baliza – um lance que acabou por ser anulado por fora-de-jogo de Diagne. A formação turca acabaria a partida com apenas um remate à baliza de Vlachodimos – um registo muito curto para uma equipa que tinha a obrigação de vencer para passar à próxima fase.

O Homem do Jogo

Numa partida em que atacar nunca foi palavra de ordem, acabou por ser um médio de características mais defensivas a brilhar no relvado da Luz. Gedson Fernandes terminou o desafio com sete acções defensivas, a que somou oito recuperações de posse e 19 duelos disputados (dos quais venceu apenas sete).

Teve ainda um papel importante no ataque, com dois passes para finalização, outros tantos dribles eficazes e ainda uma falta sofrida em zona de perigo. Tudo somado, terminou o desafio com o título de homem do jogo nos GoalPoint Ratings, com nota 6.3.

Jogadores em foco

  • Pizzi 6.0 – Foi líder em número de remates, três (um deles à baliza), e de passes para finalização, quatro, criando uma ocasião flagrante. Sofreu três faltas e tentou por três vezes o cruzamento, todas elas sem sucesso.
  • Ferro 6.0 – Fez dois remates, desenquadrados, e um passe para finalização. Mas foi a defender que deu cartas, perdendo apenas um duelo aéreo defensivo em dez e somando dez acções defensivas, metade delas alívios.
  • João Félix 4.7 – Noite para esquecer do jovem atacante, que desperdiçou uma ocasião flagrante, fez 14 passes, nove deles com sucesso, consentiu dois dribles e não venceu nenhum dos oito duelos que disputou.
  • André Almeida 4.6 – Errou 13 passes, oito deles no seu próprio meio-campo, perdeu 25 vezes a posse, sofreu dois desarmes e controlou mal a bola em três situações. Pela positiva, venceu os cinco duelos aéreos defensivos em que esteve envolvido.
  • Feghouli 4.4 – O argelino teve a nota mais baixa da noite. Rematou apenas uma vez, de forma desenquadrada, não criou nenhuma ocasião de perigo, venceu apenas quatro duelos em 12 e consentiu dois dribles.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Jesus orientou primeiro treino no Flamengo, pediu compromisso e deu lição

O treinador português Jorge Jesus iniciou hoje a ‘aventura’ na equipa de futebol do Flamengo, pedindo aos jogadores “compromisso” em prol do conjunto do Rio de Janeiro, antes de orientar o primeiro treino dos ‘rubro-negros’. “O …

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …

Num só dia, derreteu 40% da área superficial da Gronelândia (e há fotografias)

Uma fotografia divulgada no Twitter do climatologista dinamarquês Rasmus Tonboe ilustra o degelo que ocorre na Gronelândia, evidenciando algumas das consequências que podem ser desencadeadas pelo fenómeno.   A imagem, que mostra um trenó a ser …