/

Benfica sofreu para empatar. Jesus correu para abraçar Rafa (e revela o que lhe disse “a quente”)

1

José Sena Goulão / Lusa

O Benfica empatou esta quinta-feira com o Rangers (3-3), em encontro da terceira jornada do Grupo D da Liga Europa de futebol, em que igualou nos descontos, depois de ter jogado mais de 70 minutos com menos um jogador.

Goldson colocou o Benfica em vantagem, com um autogolo aos dois minutos, mas o Rangers deu a volta ao marcador por Diogo Gonçalves (24), que marcou na própria baliza, Kamara (25) e Morelos (51), quando jogava com mais um, por expulsão de Otamendi (19).

Rafa reduziu, aos 77 minutos, e Darwin Nuñez, aos 90+1, empataram para os ‘encarnados’, que estão no segundo lugar do agrupamento.

A equipa de Jorge Jesus segue na prova europeia com os mesmos sete pontos do Rangers, mais quatro do que o Lech Poznan, que venceu também nesta quinta-feira o Standard Liège (3-1), que ainda não pontuou.

No final da partida, em que o Benfica sofreu para vencer, Jorge Jesus correu para abraçar Rafa, que considerou ser o homem do jogo. “Para mim, o jogador do jogo foi o Rafa e eu dei-lhe os parabéns”, disse, em conferência de imprensa.

E revelou ainda o que lhe disse logo no final da partida, “ainda a quente”: “Ao Rafa… Fui lhe logo dar um [abraço] como eu gosto de fazer. Quando ele está quente e eu estou quente. Quando tenho de dizer, digo. Pela positiva ou negativa. Fui dar-lhe os parabéns”.

“Disse-lhe: ‘É com estes jogadores que o Benfica vai lutar por títulos. É com esta alma que e com esta crença que o Benfica precisa para dar volta aos resultados como o de hoje. Quero dar-te os parabéns. Para mim foste o jogador do jogo'”, contou.

Rafa, recorde-se, este envolvido nos dois primeiros golos do Benfica: cruzou no primeiro autogolo do Ranger e marcou o segundo assistido por Darwin Núñez.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.