Benfica quer faturar com a saída de três excedentários

SL Benfica / Twitter

Adel Taarabt, jogador do SL Benfica.

Adel Taarabt, jogador do SL Benfica.

 

Adel Taarabt, Ferro e Gedson Fernandes estão na lista de excedentários do SL Benfica, que procura uma solução para os jogadores até ao fecho do mercado de inverno.

Seja por venda em definitivo ou empréstimo, o Benfica quer fazer dinheiro. O Jornal de Notícias escreve que a tarefa do Benfica não tem sido fácil, uma vez que a procura tem sido reduzida e as ofertas bastante inferiores às expectativas.

Taarabt era uma opção regular de Jorge Jesus no onze ‘encarnado’, mas com a saída do treinador, o marroquino tem perdido relevância. Aos 32 anos de idade, o médio está avaliado em 5 milhões de euros, valor que o Benfica espera conseguir pelos seus serviços. O contrato do jogador termina em julho de 2023.

Quanto a Ferro e Gedson, a SAD benfiquista procura o empréstimo de ambos para que os jovens possam valorizar antes de uma venda.

Se Ferro chegou a ser visto como uma grande promessa do Seixal, pronto a aproveitar na equipa principal, a realidade mudou. O central que há dois anos fez 40 jogos de águia ao peito, na época passada esteve cedido ao Valencia, onde apenas participou em quatro partidas. Este ano, Ferro fez apenas dois jogos.

A ideia passa por conseguir um empréstimo com opção de compra, preferencialmente num clube de uma liga competitiva, onde o jogador se possa afirmar.

Por sua vez, Gedson Fernandes esteve cedido ao Tottenham e ao Galatasaray, tendo jogado com regularidade pelo emblema turco. Ainda assim, o internacional português não teve muitas oportunidades esta época, participando apenas em quatro encontros.

O médio teve oportunidade de regressar à Turquia há duas semanas, mas acabou por não haver acordo, escreve o JN. O Benfica espera eventualmente conseguir 8 milhões de euros pelo jogador.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE