Benfica é Campeão

Zipp / Wikimedia

-

O Benfica conquistou hoje o 33.º título de futebol da sua história ao vencer o Olhanense por 2-0, numa partida em que só a 33 minutos do fim conseguiu o golo que lhe abriu as portas do título.

Na Luz, foi preciso quase uma hora, mais precisamente 57 minutos, para o Benfica chegar ao golo frente ao “lanterna vermelha” do campeonato, demora que fez aumentar a atmosfera de ansiedade que se estendia do público aos jogadores.

O momento crucial da partida foi o minuto 57, quando o Benfica numa rápida transição defensiva, após perda de bola no meio-campo algarvio, abriu o marcador por Lima, após remate de Gaitán que o guarda-redes Belec rechaçou para a frente.

O Benfica poderia ter marcado muito antes, em ataque organizado, sobretudo no primeiro quarto de hora, mas por precipitação, ansiedade, alguma infelicidade, não conseguiu e, a partir de certa altura, a ansiedade começou a afetar os seus jogadores.

De resto, não foi por acaso que o segundo golo, três minutos após o primeiro, também surgiu num lance de contra-ataque, numa rápida transição, após uma perda de bola de Obodo, que ficou a reclamar falta, em que Lima finalizou, desta vez com a felicidade que faltara antes, visto que a bola passou entre as pernas de Belec e entrou devagar na baliza.

A vitória do Benfica nunca esteve em causa, era uma questão de tempo, tendo em conta a diferença de capacidade individual e coletiva entre as duas equipas, mas o Olhanense, bem organizado e concentrado, teve o mérito de a tornar mais difícil e, por isso, mais saborosa.

Na primeira parte, o Benfica entrou com tudo, a colocar intensidade e velocidade no jogo, decidido a marcar cedo e resolver logo a questão do título, entrada essa que se traduziu em três oportunidades flagrantes de golo nos primeiros dez minutos.

Ao terceiro minuto, Rodrigo driblou um adversário, foi à linha e ofereceu o golo de bandeja a Gaitán, cujo remate foi salvo quase sob o risco fatal por um defesa de Olhão, e aos seis foi o próprio Rodrigo a falhar incrivelmente à entrada da grande área uma bola aparentemente fácil de finalizar, após assistência de Garay, de cabeça, nas alturas.

O golo encarnado parecia uma mera questão de mais minuto menos minuto. O Olhanense sentiu muitas dificuldades em acompanhar o ritmo forte imposto pelo Benfica desde o apito inicial e à passagem do minuto dez foi a vez de Lima desperdiçar um golo certo feito, na sequência de uma bela combinação entre Rodrigo e Gaitán.

Mas a partir de certa altura os jogadores do Benfica começaram a dar sinais de ansiedade e a cometerem erros por evidente precipitação no momento de definir a última ação, fosse o passe, o cruzamento, a tabela ou o remate.

O Olhanense, que até aí não “desmontara a tenda” em frente à sua área, sentiu algum alívio na pressão encarnada e pôde subir um pouco as linhas e trocar a bola, ainda que sem capacidade para emprestar profundidade às suas ações, e muito menos incomodar a defesa da Luz.

A verdade é que o tempo ia escoando e o Benfica não conseguia chegar ao ansiado golo, umas vezes por precipitação no remate, outras porque aparecia sempre uma perna de um jogador de Olhão “in-extremis” a anular o lance. Era notória a ansiedade dos jogadores encarnados à medida que o intervalo se aproximava.

Na segunda parte, o minuto 57 definiu o destino do jogo e, finalmente, os jogadores do Benfica puderam libertar-se da ansiedade, o que nem por isso se traduziu em maior frieza na hora de finalizar, visto que enjeitaram algumas oportunidades soberanas de fazer o terceiro golo.

MR, Futebol 365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Países do Golfo continuarão dependentes do petróleo por mais uma década

Um estudo da agência de notação financeira Moody's revelou que os países exportadores de petróleo do Golfo vão continuar dependentes da produção de hidrocarbonetos pelo menos na próxima década. Segundo o estudo, citado pela agência Reuters, …

PSP do Porto reforça policiamento no São João e apela ao cumprimento das regras

A PSP do Porto garantiu, esta terça-feira, que vai reforçar o policiamento na noite de São João, de quarta para quinta-feira, e apela ao cumprimento das regras atendendo ao contexto atual da pandemia de covid-19. “Solicita-se …

UE garante compra de mais 150 milhões de doses da vacina da Moderna

A Comissão Europeia aprovou esta terça-feira a alteração ao segundo contrato com a farmacêutica Moderna para a ativação, em nome de todos os Estados-membros da União Europeia (UE), de 150 milhões de doses adicionais em …

Lisboa sobe mais de 20 lugares no ranking. É a 83.ª cidade mais cara do mundo

Lisboa é a 83.ª cidade mais cara do mundo em termos de custo de vida, subindo 23 posições no ranking em relação ao ano passado, num estudo da Mercer divulgado esta terça-feira, que é liderado …

Governo espanhol aprova indultos a nove líderes independentistas catalães na prisão

O governo espanhol aprovou esta terça-feira a concessão de indultos a nove líderes independentistas catalães a cumprir penas de prisão pelo seu envolvimento na tentativa de autodeterminação daquela região espanhola em 2017, anunciou o primeiro-ministro …

Direitos humanos. Confronto entre China e Canadá na ONU

O Canadá denunciou esta terça-feira na ONU, em nome de cerca de 40 países, a situação dos direitos humanos na província chinesa de Xinjiang e em Hong Kong, pedindo a Pequim uma investigação às violações …

Ministra da Saúde afasta limitação de visitas. Mas Associação de lares defende regresso da proibição

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta terça-feira que não há necessidade de voltar a limitar as visitas a lares de idosos, advogando que as pessoas vacinadas contagiadas com o novo coronavírus desenvolvem “uma …

Tripulantes da TAP queixam-se de "extrema violência psicológica" e escrevem carta ao ministro

Um grupo de tripulantes de cabine da TAP escreveu uma carta a Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, na qual dizem temer que o processo de despedimento coletivo avance em julho e que já saíram …

Marcelo considera que legislativas de 2023 devem servir para julgar uso dos fundos europeus

O Presidente da República defendeu esta terça-feira que Portugal tem de dar "o salto" com os fundos europeus e considerou que as eleições legislativas de 2023 devem servir para os portugueses julgarem a sua utilização. "Cabe …

Portugal regista mais 1.020 casos e seis mortes. Internamentos continuam a aumentar

Portugal registou esta terça-feira 1.020 novos casos de infeção por covid-19 e mais seis mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …