Beber sem ficar de ressaca. A fórmula mágica de álcool sintético está a chegar

Passar uma noite com os amigos, beber álcool sem restrições e acordar sem qualquer vestígio de ressaca parece uma utopia. No entanto, um grupo de cientistas está a desenvolver um princípio ativo que poderá vir a ser utilizado em vários tipos de bebidas.

Há quase uma década, o cientista David Nutt afirmou que o álcool é mais perigoso do que drogas, como o crack ou a heroína. A constatação foi feita com base nos danos causados nos consumidores e nos que os rodeiam. Agora, o investigador tem uma missão ambiciosa pela frente: encontrar uma alternativa sintética e saudável para o álcool.

O objetivo é que esse substituto simule os efeitos positivos das bebidas alcoólicas, mas sem dar ressaca nem prejudicar o fígado. O plano do investigador do Imperial College of London, no Reino Unido, é arranjar um substituto seguro para o álcool que, no mercado, será chamado de Alcarelle.

A fórmula mágica está na mira de Nutt há já vários anos. O alcosynth fornece as propriedades relaxantes e de sociabilidade do álcool, mas não provoca ressaca nem problemas de saúde, explica o Diário de Notícias.

Mas, para fazer a Alcarelle chegar ao mercado, David Nutt e o seu colega, David Orren, procuram reunir cerca de 23.4 milhões de euros. Ao The Guardian, o investigador explicou que “a indústria sabe que o álcool é uma substância tóxica”. Se fosse descoberto hoje, o cientista diz que “seria ilegal como alimento“.

Um projeto para cinco anos

O caminho até chegar à fórmula mágica começou a ser traçado em 1983, quando Nutt era ainda um estudante de doutoramento. Nessa altura, descobriu uma espécie de antídoto para o álcool, que revertia o estado de embriaguez. No entanto, depois de testada em cobaias, chegou-se à conclusão de que a substância era prejudicial para os humanos.

A equipa traçou um projeto para cinco anos. Contudo, admitem que a chegada da Alcarelle pode demorar mais tempo até chegar ao mercado. Além dos testes para provar que a molécula é segura, os investigadores precisam de garantir que é bem diferente do álcool, ou seja, que não tem os seus efeitos tóxicos.

Nutt explica que o objetivo não é transformar a Alcarelle numa empresa de venda de bebidas, mas sim desenvolver um princípio ativo que possa ser aplicado em vários produtos.

O investigador não adianta pormenores, mas esclarece que os efeitos benéficos e nefastos que as bebidas alcoólicas têm nas diferentes zonas do cérebro são conhecidos, pelo que o segredo de todo o processo será direcionar as partes do cérebro que se deseja atingir.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …