“Bebé sem rosto”. Um ano depois, obstetra expulso está nas mãos de um parecer

O “bebé sem rosto”, o nome por que ficou conhecido o menino que nasceu sem nariz, sem olhos, sem parte do crânio e com lesões cerebrais graves, completa nesta quarta-feira um ano de vida. O Ministério Público (MP) continua a investigar eventuais culpados pela sua condição.

O caso do “bebé sem rosto” continua sem arguidos constituídos. O inquérito aberto pelo Ministério Público (MP) para averiguar eventuais responsabilidades criminais do obstetra Artur Carvalho, que acompanhou a gravidez da mãe da criança, continua a decorrer.

O Correio da Manhã (CM) apurou que o MP espera “concluir o inquérito até ao final deste ano”.

Durante este mês, os investigadores contam receber um parecer do Instituto de Medicina Legal “para avaliar se o obstetra violou ou não os deveres profissionais“, como reporta o referido jornal.

Esse parecer pode ser determinante para levar ou não o obstetra a julgamento.

O CM apurou que as “ecografias realizadas pelo obstetra chegaram imperceptíveis à Justiça”.

Do processo faz parte a decisão da Ordem dos Médicos de expulsar o profissional, tal como testemunhos dos médicos e enfermeiros do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, onde o bebé nasceu.

Já ontem era tarde para acusar e condenar este senhor. Estou confiante de que será feita justiça. Não só pelo Rodrigo, mas por tantos outros que existem”, salienta no CM a mãe da criança, Marlene Simão.

O bebé foi alvo de uma operação de alto risco para resolver a acumulação de líquido no crânio em Agosto passado. “A recuperação está a correr muito bem”, diz a mãe àquele jornal, notando que “ele é um lutador” e que “não desiste de viver”.

Além do obstetra, pode haver outros acusados no processo, já que a clínica onde a mãe da criança fez as ecografias nunca terá sido fiscalizada pela Entidade Reguladora da Saúde.

O bebé nasceu a 7 de outubro de 2019 no Hospital de São Bernardo, do Centro Hospitalar de Setúbal, com várias malformações graves, incluindo falta de olhos, de nariz e de parte do crânio. O obstetra que realizou as ecografias de acompanhamento da gravidez não terá detectado ou sinalizado aos pais qualquer anomalia.

Artur Carvalho realizou as ecografias numa unidade privada, a Ecosado, e foi alvo de 14 queixas na Ordem dos Médicos.

O profissional de Saúde reformou-se em Julho deste ano depois de ter sido expulso da Ordem dos Médicos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …