Bebé “Ariano Ideal” em revista de propaganda nazi afinal era judeu

Ohad Zwigenberg, Yedioth Ahoronot

Hessy Taft, a "Bebé Ariano Ideal" que afinal era judia

Hessy Taft, a “Bebé Ariano Ideal” que afinal era judia

O bebé “Ariano Ideal” que aparece na capa de uma revista da propaganda nazi, em 1935, era, na verdade, um bebé judeu.

A revelação foi feita pelo próprio bebé da foto, uma menina de nome Hessy Taft, hoje com 80 anos.

Hessy Taft doou uma cópia da revista ao Museu do Holocausto, em Jerusalém, como parte da campanha Recolhendo Fragmentos, lançada em 2011 para convencer pessoas a doar materiais ligados ao Holocausto de modo a que fossem conservados para a posteridade.

Hessy, cujo nome de solteira é Levinson, nasceu em Berlim em 1934, filha de pais judeus originários da Letónia. Ambos músicos, os pais de Hessy chegaram à Alemanha em 1928 para trabalhar como cantores de ópera.

Taft contou aos funcionários do museu que o contrato do seu pai foi imediatamente cancelado, assim que as suas origens judias foram descobertas.

Concurso

Em 1935, a mãe de Hessy e a tia levaram-na a ser fotografada por Hans Ballin, um fotógrafo de renome em Berlim.

7 meses mais tarde, para surpresa da família, a empregada dos Levinson afirmou ter visto a foto da pequena Hessy na capa da revista nazi Sonnie ins Hous.

A fotografia tinha sido escolhida num concurso promovido pelo Departamento de Propaganda Nazi, chefiado por Joseph Goebbels.

A melhor fotografia, entre as 100 imagens capturadas pelos melhores fotógrafos alemães, representaria o “bebé alemão ariano ideal” e seria capa da revista.

Sem que a família Levinson soubesse, Ballin enviou a foto de Hessy e de outros 10 bebés. A ironia de a fotografia ser de uma bebé judia foi motivo de piada durante muito tempo na família.

A foto da menina foi igualmente distribuída em postais – em todo o país, e até na Lituânia.

Quando lhe perguntaram o que diria ao fotógrafo nos dias de hoje, Hessy respondeu: “Ainda bem que teve a coragem de o fazer”.

Fuga

Depois de fugir da Alemanha para Paris em 1938, a família escapou da ocupação nazi no norte da França em 1941, emigrando para Espanha e Portugal até conseguir embarcar num navio para Cuba.

Em 1949, os Levinson estabeleceram-se nos Estados Unidos, onde Hessy se formou em química na Universidade de Columbia e se casou, em 1959, com Earl Taft.

O casal tem actualmente dois filhos e quatro netos. Hessy é professora de química na Universidade de St. John’s.

Apesar de a sua família mais próxima ter sobrevivido ao Holocausto, a maior parte dos seus parentes foram mortos pelos nazis e seus colaboradores.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Perto de sequenciar 1 milhão de genomas, cientistas querem desvendar segredos genéticos

O projeto All of Us está a recolher informações genéticas, registos médicos e hábitos de saúde de mais de um milhão de pessoas. Os dados podem ser usados para desvendar segredos genéticos. O primeiro esboço do …

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …