BE, PAN e PCP concordam que propinas criam desigualdades. O assunto dividiu o parlamento

Marcos Santos / USP

O tema foi levado à Assembleia da República através de três projetos de lei que propõem diferentes limitações ao valor das propinas nas instituições de ensino superior: o BE sugere a fixação de um teto máximo para os mestrados e doutoramentos, o PAN que se limitem as alterações e o PCP volta a pedir o fim das propinas.

Durante a discussão, os três (BE, PAN e PCP) partidos partilharam argumentos para justificar as diferentes propostas, concordando que as propinas criam desigualdades no acesso ao ensino superior.

“As propinas são um muro que foi sendo erguido ao longo de décadas. Em vez de progressivamente gratuito, o ensino superior veio-se tornando progressivamente mais caro”, criticou a deputada do PCP Alma Rivera.

Do lado do BE, o projeto de lei apresentado não vai tão longe e, em vez de propor a suspensão das propinas, atualmente fixadas em 697 euros para licenciaturas e mestrados integrados, o partido olha em particular para os valores praticados nos 2.º e 3.º ciclos.

A atual Lei de Financiamento do Ensino Superior estabelece limites para as propinas relativas às licenciaturas e mestrados integrados, mas permite às instituições decidir sobre os valores a aplicar nos restantes ciclos de estudo.

“Analisando o panorama nacional e internacional do emprego, é cada vez mais essencial a obtenção de um mestrado ou de um doutoramento. Essa pressão é hoje utilizada por algumas universidades não como argumento para democratizar o acesso a estes ciclos de estudo, mas sim para os tornar inacessíveis financeiramente à maioria da população”, sublinhou Luís Monteiro.

O deputado do BE citou até alguns exemplos: o Instituo Superior de Economia e Gestão, onde um mestrado em “Accounting” tem um custo de cerca de 6.850, ou a Nova School of Business and Economics, onde um mestrado em Gestão custa quase 12 mil euros.

Segundo Luís Monteiro, ao problema dos valores praticados por algumas instituições acresce ainda a alteração do custo das propinas que, em alguns casos, tem implicações a meio do ciclo de estudos e é sobre esta questão que se debruça a proposta do PAN.

“Não é transparente nem eticamente defensável criarem-se condições de partida que depois colocam em causa as opções, as expectativas e os investimentos dos estudantes e das famílias. Não se podem mudar as regras a meio do jogo”, sublinhou a deputada Bebiana Cunha.

À direita, porém, os partidos não acompanham nenhum dos projetos de lei e a deputada do CDS-PP Ana Rita Bessa aproveitou o debate para lançar críticas ao BE, PCP e PAN.

“Não é possível e não é sério apresentar esta discussão olhando apenas para um lado da equação que é o lado da procura. Há que também olhar para o lado da oferta e do seu financiamento”, referiu, afirmando que todos os partidos conhecem os problemas de subfinanciamento que têm vindo a ser relatados pelas instituições.

A deputada centrista acrescentou, por outro lado, que as propostas parecem ignorar que o instrumento que garante a igualdade no acesso ao ensino superior é a ação social escolar, um argumento rejeitado por Luís Monteiro, do BE, que lembrou que as bolsas de estudo são manifestamente insuficientes para suportar os custos dos mestrados e doutoramentos.

Mais do que comentar os projetos em discussão, o PS recordou as medidas do atual Governo, em particular a redução do valor das propinas, que em 2015 estava fixado em 1063 euros, e do reforço do ação social escolar.

“O grupo parlamentar do PS defende o acesso e a frequência do ensino superior de forma democratizada, mas lembramos que há um grande número de propostas que têm de ser consolidadas e que garantirão um valor inestimável a este setor da sociedade”, referiu a deputada socialista Alexandra Tavares de Moura.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …

Oposição critica Governo de El Salvador por usar a covid-19 para limitar manifestações

Na quarta-feira, a Assembleia Legislativa de El Salvador aprovou um decreto que proíbe reuniões públicas e privadas que não estejam relacionadas com as artes, cultura ou desporto até 8 de dezembro. Segundo a Vice, apesar de …

Portugal com mais 883 casos confirmados e quatro mortes

Portugal regista hoje mais 883 casos confirmados de covid-19 e quatro óbitos pela doença, assim como 729 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, de acordo com o boletim diário. Segundo …

Um boneco do Super-Homem a voar

Indianos declaram "guerra" ao Super-Homem e à Mulher-Maravilha

Injustice, o último filme de animação da DC Comics, deixou alguns indianos muito perto de um ataque de fúria. Cenas em que o Super-Homem e a Mulher-Maravilha surgem a lutar contra militares indianos e a …

Alec Baldwin

Hollywood em choque. Alec Baldwin recebeu arma carregada, mas disseram-lhe que estava "fria"

A morte da directora de fotografia Halyna Hutchins, depois de ter sido atingida pelo actor Alec Baldwin durante as filmagens de "Rust", deixou o mundo de cinema de Hollywood abalado. E ninguém percebe como é …

Provedor da Santa Casa sob suspeita. Renda com desconto, gastos e bolsa investigados

A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu documentos e computadores ao provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), Edmundo Martinho, e à professora Maria da Luz Cabral. Em causa estarão suspeitas relacionadas com despesas, uma …