BE insiste no fim dos “Vistos Gold” para que o país deixe de “vender a sua cidadania”

Tiago Petinga / Lusa

José Manuel Pureza, Bloco de Esquerda

O projeto de lei do BE para eliminar os “Vistos Gold” é debatido esta quinta-feira no parlamento, considerando o partido que o PS tem a responsabilidade de decidir se Portugal vai continuar a “vender a sua cidadania a troco de dinheiro”.

No Orçamento do Estado para 2019 o BE já tinha apresentado uma proposta de alteração para acabar com os “Vistos Gold”, mas a mesma foi chumbada, tendo tido apenas os votos a favor de bloquistas e comunistas e os votos contra de PSD, PSD e CDS-PP.

Em antecipação à agência Lusa sobre a discussão do projeto de lei do BE que está agendada para a sessão plenária desta tarde, o deputado bloquista José Manuel Pureza considerou que “não há nenhuma razão” para que Portugal seja “um país que não se leva a sério e que vende a sua cidadania a troco de dinheiro“.

“Nós estamos num país que vende a sua cidadania a troco de dinheiro, não cuidando sequer de saber de onde é que vem esse dinheiro. Tudo isto é inaceitável do nosso ponto de vista e merece ser eliminado da nossa existência”, insistiu.

Os partidos, segundo o deputado do BE, “já manifestaram no passado alguma orientação” sobre esta matéria, recordando que “a direita quer que isto se mantenha”, uma vez que foi quem “criou este regime em Portugal pela mão do ministro Paulo Portas”.

“E o PS tem a responsabilidade de decidir se quer que esta situação se mantenha, que o país continue a passar este vexame coletivo de vender a sua cidadania a troco de dinheiro ou se quer que sejamos um país mais digno. Essa é a responsabilidade do PS”, desafiou.

Questionado sobre o porquê da insistência nesta revogação depois do chumbo, em novembro, da proposta de alteração ao OE2019, José Manuel Pureza explicou que “nada se alterou relativamente aquilo que motivou esta iniciativa” e “Portugal continua a ser um país referido internacionalmente como sendo um dos países europeus que facilita a aquisição de residência e de direitos de cidadania a troco de quantias em dinheiro”.

“Portugal é um Estado com dois regimes deste ponto de vista. A quem tem uma determinada quantia em dinheiro, nós, enquanto Estado, estendemos uma passadeira para que essas pessoas adquiram autorizações de residência no nosso país. Relativamente àqueles que trazem consigo apenas a sua força de trabalho, continuamos a ter uma prática de grande restrição”, comparou.

No debate quinzenal de 10 de outubro, depois de a coordenadora do BE, Catarina Martins, ter pedido a revogação dos “Vistos Gold”, o primeiro-ministro, António Costa, mostrou disponibilidade para o Governo analisar este regime em Portugal, recordando o processo de avaliação em curso.

“Era de esperar, que depois de uma reação como essa, que foi muito importante, que o Governo tivesse feito uma avaliação daquilo que são os resultados e que são as práticas envolvidas no regime dos “Vistos Gold” e que tivesse cumprido aquilo que anunciou publicamente”, respondeu, quando questionado sobre estas declarações de António Costa.

José Manuel Pureza afirmou que o atual Governo “já tinha feito alterações” a este regime, mas essas mudanças “ou não produziram resultados ou são negativas”, não existindo “aquelas que foram anunciadas”.

“Portanto, nós estamos exatamente na mesma condição em que estávamos há uns meses e há todas as razões para insistirmos neste ponto“, justificou.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. qual o mal em atrair capital e investimento para o pais ?! acho muito mais preocupante os brasileiros das favelas que vem para ca ,e trazem habitos de toxidependencia e violencia,curiose nesses o BE nao fala ?

RESPONDER

Madjer diz adeus ao futebol de praia

O internacional português, eleito cinco vezes melhor jogador mundial de futebol de praia, anunciou, esta quinta-feira, o fim de carreira e prepara-se para assumir o cargo de coordenador para a modalidade da Federação Portuguesa de …

Parlamento aprova despenalização da eutanásia

Os cinco projetos de lei que despenalizam a eutanásia do BE, PAN, PS, PEV e IL foram aprovados, esta quinta-feira, na generalidade, na Assembleia da República. O projeto de lei do Partido Socialista recebeu 127 votos …

Tribunal da Relação mantém penas de prisão para ex-seguranças do Urban Beach

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) decidiu manter as penas efetivas aplicadas pelo tribunal de 1.º instância aos ex-seguranças da discoteca Urban Beach acusados por tentativa de homicídio de dois homens. Segundo o acórdão, a …

Mafioso português Joe Barbosa retratado em livro sobre a Cosa Nostra, o FBI e a justiça nos EUA

Ser português travou a ascensão de Joseph Barbosa na máfia italiana nos Estados Unidos (EUA), mas foi em língua portuguesa o seu elogio fúnebre, após ser assassinado por denunciar mafiosos culpados e inocentes e expor …

Testes deram negativo em mais uma criança internada por suspeita de Covid-19

Uma criança regressada da China foi encaminhada, esta quinta-feira, para o Hospital D. Estefânia, por suspeita de infeção pelo novo coronavírus, mas as análises deram negativo, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS). Num comunicado publicado no …

A China até já está "a queimar" dinheiro para combater o coronavírus

A luta entre a China e o novo coronavírus, o Covid-19, tem colocado os órgãos governamentais em alerta. O governo parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença - nem que seja preciso, …

Barcelona contrata Braithwaite para substituir Dembélé

O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do futebolista dinamarquês, do Leganés, para substituir o lesionado Dembélé, depois de pagar a cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. Com a contratação de Martin Braithwaite, …

Senador do Ceará baleado ao tentar invadir com uma retroescavadora um quartel tomado por polícias amotinados

Esta quarta-feira, Cid Gomes foi baleado depois de ter invadido com uma retroescavadora um portão de um quartel da Polícia Militar na cidade de Sobral, no estado do Ceará. O senador Cid Gomes foi baleado, na noite …

PS acusa Bloco de "má fé" na escolha de juízes para o Constitucional

O Bloco não gostou de ter ficado de fora da escolha dos dois novos juízes para o Tribunal Constitucional. PS acusa agora o partido de esquerda de "má fé". Numa conferência de imprensa no Parlamento, esta …

Justiça suíça acusa presidente do PSG e ex-responsável da FIFA de gestão danosa

O presidente do Paris Saint-Germain e um antigo secretário-geral da FIFA foram acusados de gestão danosa pela justiça suíça, numa investigação sobre os direitos televisivos do Mundial de futebol. O Ministério Público da Suíça acusa Nasser …