BE/Açores afirma estar disponível para viabilizar programa do PS

André Kosters / Lusa

O Bloco de Esquerda/Açores disse, esta terça-feira, que “está disponível, se necessário”, para viabilizar um programa de um Executivo do PS, sem qualquer acordo de governo ou de incidência parlamentar.

Em comunicado hoje divulgado, na sequência da análise realizada no domingo sobre a situação política nos Açores resultante das eleições legislativas regionais de 25 de outubro, a Comissão Coordenadora do BE/Açores afirma que a “complexa situação política exige clareza e responsabilidade”.

“Como o BE/Açores afirmou na noite eleitoral, é o PS que deve formar Governo. No que depender do BE não existirá um Governo regional de direita nos Açores. O Bloco votará contra qualquer programa de Governo da direita e rejeitará qualquer moção de rejeição da direita a um programa de Governo do PS”, refere aquela força política.

O BE/Açores diz que “está disponível, se necessário, para viabilizar um programa de Governo do PS, mas não fará com este qualquer acordo de governo ou de incidência parlamentar, estando ainda disponível para negociar com um Governo do PS os planos e orçamentos da RAA [Região Autónoma dos Açores], assim como outra legislação”.

Para o Bloco, “é incompreensível que o PSD, para chegar ao Governo, pondere sequer um acordo com um partido xenófobo, racista, intolerante e atentatório dos estatutos político-administrativos das regiões autónomas”.

O líder regional da Iniciativa Liberal, Nuno Barata, também afirmou que “o PS é quem deve ser convidado a formar Governo” e que, sem “reformar todo o paradigma de governação nos Açores, não há nenhum partido” com quem faça acordo.

Na segunda-feira, José Manuel Bolieiro, líder do PSD/Açores, juntamente com Artur Lima, do CDS, e Paulo Estêvão, do PPM, anunciou uma “proposta de governação profundamente autonómica”, um “Governo dos Açores para os Açores” e com “total respeito e compreensão pela pluralidade representativa do povo”.

O presidente do Chega/Açores, Carlos Furtado, garantiu apoio parlamentar a esta solução governativa, mas, horas depois, o líder nacional do Chega, André Ventura, insistiu que “até o PSD dar luz verde” às exigências do partido, “não há nem haverá” qualquer apoio a uma solução governativa de direita nos Açores.

Uma dessas exigências é a participação dos sociais-democratas no seu processo de revisão constitucional. Esta terça-feira, o líder parlamentar do PSD, Adão Silva, reiterou que o partido não vai apresentar qualquer projeto de revisão constitucional agora.

O PS venceu as eleições regionais nos Açores, elegendo 25 dos 57 deputados da Assembleia Legislativa Regional, mas um bloco de direita, numa eventual aliança (no executivo ou com acordos parlamentares) entre PSD, CDS-PP, Chega, PPM e Iniciativa Liberal poderá funcionar como alternativa de governação na região, visto que a soma de todos os parlamentares eleitos por estes partidos dá 29 deputados, o necessário para a maioria absoluta.

A lei indica que o representante da República nomeará o novo presidente do Governo Regional “ouvidos os partidos políticos” representados no novo Parlamento açoriano.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …