A BBC corre o risco de extinção (e a culpa é da Netflix e do YouTube)

A BBC corre o risco de extinção se não recuperar rapidamente os espetadores mais jovens que escapam sobretudo para a Netflix e para o YouTube.

A BBC enfrenta a perspetiva de “não ser mais sustentável no modelo atual” se não recuperar os públicos jovens e jovens adultos, em migração acelerada para as concorrentes plataformas de streaming.

A OfCom, regulador britânico da comunicação social, aponta, de acordo com o semanário Expresso, para o perigo de “uma geração perdida” por parte do operador público britânico de rádio e televisão, perante a descida das audiências dos públicos com idades entre os 16 e os 24 anos, abaixo dos 50% registados pela primeira vez no histórico dos seus relatórios anuais.

O estudo mediu a audiência média semanal dos canais de televisão da BBC e assinalou 49% no target 16-24 anos, que desce aos 46% quando considerado apenas o género masculino. A redução da adesão dos jovens e jovens adultos verifica-se igualmente quando se analisa o indicador do tempo médio dedicado a assistir à oferta da BBC, que se fixa atualmente em uma hora e 12 minutos por dia, tendo decrescido cinco minutos face ao ano passado.

O relatório não se fica por medir e analisar os consumos da oferta dos canais lineares tradicionais da BBC. Considera e soma também o consumo da audiência através da distribuição levada a cabo pela plataforma digital desenvolvida pelo broacaster público: o iPlayer. Aqui também decresce. O acesso dos jovens entre os 15 e 24 anos, neste caso, perde dois pontos percentuais ao longo do último ano – dos 28% para os 26%.

Já a Netflix faz saber que as audiências entre os públicos jovens do Reino Unido treparam dos 56% para os 66%. A OfCom conclui que as iniciativas lançadas pela BBC para fazer face à migração dos mais jovens está longe de ser suficiente, pelo que convoca os executivos do canal a apresentarem um plano de maior detalhe destinado a melhorar a oferta a toda a sociedade britânica, incluindo os grupos menos satisfeitos.

O relatório assinala, de resto, que “a ausência de um plano claro e transparentemente articulado” torna difícil verificar quaisquer progressos. Sharon White, CEO da OfCom, considera que “a BBC ainda é uma parte vital e valorizada da cultura britânica. Mas estamos preocupados que uma nova geração esteja a abandonar os seus serviços. A BBC tem de adotar um plano mais ousado” para se conectar aos públicos jovens.

Por outro lado, fonte da BBC considera que a forma como o regulador britânico põe as coisas é “sensacionalista” e não reflete os mais recentes progressos do operador público.

Um porta-voz da BBC reagiu às conclusões do documento dizendo que a corporação “está a desenvolver um claro plano que vai ao encontro das necessidades dos mais jovens e das diversas audiências”. O plano assenta na energização do iPlayer, alargando o período de “catch-up” dos atuais 30 dias para doze meses e da renovação do serviço de streaming.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …

Cercas sanitárias e recolher obrigatório. Governo avalia novas medidas na próxima semana

O Ministério da Saúde, liderado por Marta Temido, vai voltar a reunir na próxima semana com o Conselho Nacional de Saúde Pública (CNSP), num encontro em que serão discutidas novas medidas para travar a propagação …

Presidenciais EUA. Biden promete vacina gratuita para todos, Trump apela ao voto latino

Joe Biden e Donald Trump continuam em campanha eleitoral para a corrida à Casa Branca, numas eleições que estão agendadas para 3 de novembro. O candidato presidencial democrata Joe Biden prometeu esta sexta-feira que a vacina …

Há 72 concelhos com risco "muito elevado" de contágio. Governo esconde mapas de perigo

O Governo insiste em não divulgar os mapas de perigo com o risco de contágio por coronavírus que foram feitos por peritos da Direcção Geral de Saíde (DGS). Isto numa altura em que o Expresso …

Nuno Melo estuda candidatura à liderança do CDS

O eurodeputado Nuno Melo não excluiu uma candidatura à liderança do CDS, avança este sábado o semanário Expresso. Confrontado pelo jornal, o eurodeputado não excluiu uma eventual candidatura à liderança dos centristas, dizendo apenas que "não …