Bastonária dos Enfermeiros aumentou salários na Ordem à “socapa” (e com retroativos)

Inácio Rosa / Lusa

Ana Rita Cavaco disse receber mensalmente 2800 euros,  “um valor justo” para a função

A Bastonária dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, está a ser acusada por antigos responsáveis da Ordem e outros profissionais de saúde de aprovado “à socapa” um subsídio de função, que a beneficia financeiramente, bem como todos os membros que lhe são próximos. 

Em maio deste ano, conta o Jornal de Notícias que avança com a notícia nesta sexta-feira na sua edição impressa, durante uma assembleia geral da Ordem, que se realizou no Funchal, Ana Rita Cavaco, levou a discussão um projeto, que acabou por ser aprovado, para a criação de um subsídio de função – as chamadas “ajudas de custo“.

Este subsídio proposto pela Bastonária destinava-se aos membros dos órgãos nacionais e regionais da Ordem e incluíam dois anos de retroativos.

De acordo com o diário, Ana Rita Cavaco está agora a ser acusada por antigos responsáveis da Ordem e outros profissionais de saúde de ter aprovado “à socapa” um subsídio que a beneficia financeiramente e todos os membros que lhe são próximos.

“Numa altura em que os enfermeiros lutam para conseguir aumentar uns euros no salário, a senhora Bastonária fez aprovar em assembleia-geral aumentos para quem trabalha com ela”, afirmou um enfermeiro especialista em declarações ao JN.

O matutino aponta ainda que as “ajudas de custo” em questão foram aprovadas numa assembleia que contou com pouca participação – do universo de 72 mil enfermeiros ligados à Ordem, só 100 estiveram presentes no Funchal.

“Não vejo qualquer coerência em realizar a assembleia numa região que só tem 3% dos enfermeiros que exercem em Portugal”, disse Germano Couto, Bastonário da Ordem dos Enfermeiros, entre 2012 e 2015, ao Jornal de Notícias.

Ana Rita Cavaco, questionada pelo jornal, disse receber mensalmente 2800 euros, “um valor justo”, referente ao vencimento-base que receberia se estivesse a trabalhar como enfermeira num centro de saúde e o subsídio da função agora criado.

“Os antigos Bastonários da Ordem sempre receberam ajudas de custo. A única diferença é que não passavam recibo nem faziam descontos. Sou a primeira Bastonária dentro da legalidade”, rematou.

Ana Rita Cavaco é Bastonária da Ordem dos Enfermeiros desde 2016.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Eu acho muito bem. Ela não é dirigente sindical ? Faz-me lembrar os sindicatos que quando apanham os “clientes” servidos, dão por encerrada “a luta” !

  2. Estamos na república das bananas. Os grandes ou equiparados fazem o que lhes apetece. Já os pobres têm de bater a bola abaixo de zero

  3. Normal, até porque esta “artista” tem um historial de vigarices e pouco ou nada tem de enfermeria – é mais uma “política” da JSD!

  4. Que povinho tao caricato…
    Abundam noticias como a do casal Juiz e Procuradora que mentem descaradamente para entalar a policia que só cumpriu com as suas funcoes. Esta criatura da bastonarias mal poe o “pé no poleiro logo bota mao ao galinheiro”.
    Os casos sao inumeros mas o n/ povinho acha mais interessante opor-se ás touradas…
    Grandes critrérios os deste ZéZinho Tuga

  5. Touradas?!
    Esse teu povinho é realmente muito estranho…
    Felizmente a maioria da população ficou bem mais preocupada com as “cenas” do juiz bandido (ou até com esta “enfermeira politica”) do que com as touradas!…

Christine Lagarde foi conselheira de duas empresas sediadas em paraísos fiscais

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE) desde outubro, foi conselheira de duas filiais da empresa de advocacia Baker & McKenzie (BM) entre 2003 e 2005, ambas sediadas em países considerados à data paraísos …

Provas contra Trump "são claras". "Ele usou o cargo para fins pessoais", diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes e líder da maioria democrata na câmara norte-americana, Nancy Pelosi, declarou na quinta-feira que considera já haver provas suficientes para afirmar que o Presidente deve ser destituído. Contudo, segundo avançou …

Benfica tem seis jogadores de malas feitas. Um deles chegou em julho

Há seis jogadores que poderão estar de saída do emblema da Luz, sendo que um deles, Caio Lucas, chegou em julho ao clube. O agente de Samaris já veio negar a saída do seu cliente. Bruno …

"Poderia juntar-se a Mourinho". Bale criticado por comportamento "infantil"

A atitude do internacional galês Gareth Bale continua a render críticas. Desta vez foi o antigo presidente do Real Madrdi Rámon Calderón, que considerou o comportamento do futebolista infantil. Em causa esta a atitude do …

Norte quer fundos de Bruxelas para ligação ao TGV espanhol

Pela primeira vez, a região norte do país antecipou a lista de prioridades para os fundos europeus, escreve o Jornal de Notícias, que dá conta uma das propostas passa por usar os fundos de Bruxelas …

Falta de médicos leva IPO de Lisboa a adiar consulta de paciente com 90 anos para 2021

O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa adiou a consulta de um paciente nonagenário que estava marcada para janeiro de 2020 para o ano seguinte, isto é, para janeiro de 2021 devido à falta …

Eis a Cybertruck, a "pickup" elétrica da Tesla que já tem bilhete para Marte

A Tesla lançou o seu modelo de carrinha "pickup" elétrica, Cybertruck, com uma autonomia máxima de 800 quilómetros. Musk diz que vai haver uma versão especial que será a carrinha oficial de Marte. Após uma longa …

Rio não responde a críticas de adversário. "Estou na Croácia, não estou no Montenegro"

O presidente do PSD seguiu a regra de não falar de política interna fora do país e só abriu uma exceção para falar da manifestação dos polícias. Depois do discurso que tinha feito no Congresso do …

Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros. Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões …

Bolsonaro quer isentar polícias de punições por crimes cometidos em serviço

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse na quinta-feira que enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei para isentar agentes das forças armadas e das polícias de eventuais punições criminais durante operações de segurança. De …