Obama vai visitar Hiroshima (mas não pede desculpa pela bomba)

Pete Souza / White House

O presidente Barack Obama à entrada de um restaurante em Havana antiga, Cuba, 20 de Março de 2016

Barack Obama vai ser o primeiro Presidente norte-americano em funções a visitar Hiroshima, a primeira cidade japonesa destruída por uma bomba atómica. A deslocação acontece durante a sua próxima viagem ao Japão, em maio.

“O presidente vai fazer uma visita histórica a Hiroshima, com o primeiro-ministro Shinzo Abe, para sublinhar o seu compromisso na procura da paz e da segurança num mundo sem armas nucleares”, anunciou a Casa Branca esta terça-feira.

A simbólica visita ocorrerá a 27 de maio, depois de Obama participar numa cimeira do G7 (grupo dos sete países mais industrializados) em Ise-Shima, no sul do Japão, disse o porta-voz Josh Earnest.

O conselheiro adjunto de Segurança Nacional, Ben Rhodes, acrescentou que Obama não vai “revisitar a decisão de usar a bomba atómica” no final da guerra. “Em vez disso, irá oferecer uma perspetiva do que está para vir, focada no nosso futuro partilhado”, indicou o conselheiro.

Há meses que os rumores de uma visita do presidente norte-americano e Nobel da Paz à cidade circulavam no Japão e nos Estados Unidos e aumentaram há algumas semanas quando o secretário de Estado, John Kerry, se deslocou ao local.

“Nunca esquecei as imagens” expostas, que “revolvem o estômago”, confessou Kerry a 11 de abril, após uma visita ao museu da cidade martirizada, que recorda a fornalha nuclear que devastou Hiroshima.

A 6 de agosto de 1945, às 8h15, o bombardeiro norte-americano Enola Gay lançou uma bomba atómica sobre Hiroshima. Pelo menos 140 mil pessoas morreram, incluindo os que sobreviveram à explosão mas não resistiram durante muito tempo às radiações e queimaduras.

A deslocação é um exercício delicado para Obama – que se arrisca a ser criticado nos Estados Unidos, mas que deverá ser bem acolhido no Japão -, mas é também lógica para um presidente que fez do desarmamento nuclear um dos pilares dos seus dois mandatos.

Os ataques a Hiroshima e três dias depois a Nagasaki (74 mil mortos) precipitaram a capitulação do Japão e o final da Segunda Guerra Mundial, a 15 de agosto de 1945.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não deixa de ser curioso que os únicos a usar armas nucleares, (um dos maiores atentados terroristas de sempre…) queira um mundo livre delas… Mas… Os EUA continuam com elas (pelo sim pelo não…).
    Nota: na notícia faltou referir-se ás gerações que sofreram e ainda sofrem com as radiações (malformações, cancros, leucemia, etc…). Esses são bem mais que 140 mil pessoas… Estamos a falar de milhões e… continua a contar…
    Os japoneses fizeram um ataque covarde, mas militar (Pearl Harbor) mas os americanos mataram, conscientemente, mlhares de civis inocentes. Acabou a guerra, mas a que preço… Foi aqui que os americanos perceberam que o terrorismo compensa. Mas não é terrorismo se forem eles. Os outros é que são… Pedir desculpa, não chega, nem pouco mais ou menos, mas seria o mínimo que o Prémio Nobel da Paz (que eu saiba o primeiro assassino a ser laureado com este prémio) poderia fazer…

  2. E não tem nada que pedir!
    O que os japoneses fizeram na Segunda Guerra Mundial (principalmente aos países vizinhos), não tem perdão!
    Eles é que tem que pedir perdão a muita gente!!
    Esses japoneses loucos e manhosos, até Timor foram invadir – onde mataram 10% da população (incluindo portugueses)!..

Responder a ELE Cancelar resposta

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …