Hiroshima foi há 69 anos

Wikimedia

Hiroshima, logo após o lançamento da bomba atómica em 1945

Hiroshima, logo após o lançamento da bomba atómica em 1945

A cidade japonesa de Hiroshima assinalou esta quarta-feira o 69º aniversário do lançamento da bomba atómica que matou dezenas de milhares de pessoas no final da II Guerra Mundial.

A cerimónia decorreu no Parque da Paz na cidade, junto ao ponto da explosão nuclear e começou com um minuto de silêncio às 8h15 locais (00h15 em Lisboa).

O início da cerimónia coincidiu com a hora a que o B-29 Enola Gay das forças norte-americanas lançou, a 6 de agosto de 1945, o “Little Boy”, o nome com que os Estados Unidos batizaram o primeiro artefacto nuclear da História.

Após o minuto de silêncio o presidente do município, Kazumi Matsui, pediu ao Governo liderado por Shinzo Abe e a outros líderes mundiais como o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que “trabalhem para conseguirem uma aproximação entre os países que possuem armas nucleares e o resto do mundo”, de forma a conseguir um “desarmamento total“.

Kazumi Matsui recordou na sua intervenção que no próximo ano está prevista a revisão do Tratado de Não Proliferação Nuclear, coincidindo com a comemoração dos 70 anos do bombardeamento atómico.

Por outro lado, acrescentou o lado pacifista da Constituição japonesa depois do Governo central ter impulsionado uma controversa reinterpretação da Carta Constitucional para reforçar o papel das Forças de Defesa.

“O nosso Governo deve aceitar o facto de termos podido evitar a guerra durante 69 anos devido ao nobre pacifismo da Constituição japonesa”, disse.

Além de Shinzo Abe, estiveram presentes sobreviventes do ataque norte-americano, a embaixadora dos Estados Unidos, Caroline Kennedy, e representantes de outros 67 países, entre os quais algumas potências nucleares como o Reino Unido, Rússia ou França.

Caroline Kennedy, que assumiu o posto diplomático em novembro, visita pela primeira vez Hiroshima e é a segunda embaixadora norte-americana a assistir às cerimónias de aniversário do lançamento da bomba atómica, depois de John Ross em 2010.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois é… Nao existem bonzinhos… Até os EUA são culpados da morte de todos os habitantes de duas cidades. Incluindo mulheres e crianças… Se isso não é crime de guerra então não sei mais o que é crime de guerra…

RESPONDER

Ninguém sabe o que fazer com duas estátuas de Salazar

Nem o Estado, nem a Câmara Municipal de Santa Comba Dão parecem saber o que fazer com duas estátuas de António de Oliveira Salazar. Haveria planos para as exibir no Museu Salazar, mas como o …

Tancos. Principal suspeito vai ser libertado em janeiro

João Paulino, o principal suspeito do roubo de material militar dois paióis de Tancos, e mais sete suspeitos vão ser libertados a 28 de janeiro. A informação é avançada esta sexta-feira pela revista Sábado, que dá …

Filhos de imigrantes nascidos em Portugal podem ser portugueses desde que um progenitor seja residente

A Assembleia da República aprovou, esta quinta-feira, na generalidade, as alterações à lei da nacionalidade do PAN e do PCP, e rejeitou, com os votos do PS, o projeto do Livre. Horas antes da votação em …

Instituição de caridade do Vaticano só entrega 10% das doações para os necessitados

O Vaticano arrecada anualmente mais de 55 milhões de dólares (aproximadamente 49 milhões de euros) em doações através do fundo de caridade de Peter's Pence. Contudo, apenas 10% desse montante chega aos necessitados, com o …

Um aumento de 2 euros por mês para quem ganha mil. Proposta do Governo revolta a Função Pública

O aumento salarial de 0,3% proposto pelo Governo para a Função Pública em 2020, vai garantir um acréscimo líquido anual de 26,25 euros para um trabalhador que ganhe cerca de mil euros por mês, segundo …

Tribunal ordena ao Facebook que reative conta de partido neofascista italiano

Um tribunal de Roma ordenou que o Facebook reativasse a conta do partido italiano neofascista CasaPound, obrigando ainda a rede social a pagar 800 euros por cada dia que a conta esteve desativada. De acordo com …

Franceses não dão tréguas. Greves podem durar até ao Natal

As mobilizações em França contra a reforma dos sistema de pensões, que paralisam vários setores mas sobretudo os transportes públicos, entraram no seu nono dia esta sexta-feira e podem continuar até ao Natal. Os sindicatos de …

Treinadores portugueses dominam provas europeias. Vão 9 a sorteio

Nove treinadores portugueses vão continuar das provas europeias, que incluem a Liga Europa e a Liga dos Campeões. Ao todo, seguem nas competições 48 clubes, que vão ver o seu futuro decidido no sorteio da …

Aumentos da Função Pública. Frente Comum abandona negociações com o Governo (e já pensa em formas de luta)

A Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública abandonou as negociações com o Governo sobre as medidas a incluir no próximo Orçamento do Estado, indignada com os aumentos salariais de 0,3% propostos pelo Executivo. Segundo relatou …

Alphonso Davies. De refugiado no Gana a um dos maiores prodígios da Baviera

Alphonso Davies é um dos maiores talentos do futebol mundial na atualidade. O jogador nasceu num campo de refugiados no Gana e brilha agora nos relvados de Munique. Nascido já no novo milénio, Alphonso Davies é …