Bancos cobram comissões por contas esquecidas

CarbonNYC / Flickr

-

Uma conta não movimentada pode representar até 52 euros por trimestre em comissões, alerta a DECO. O Banco de Portugal permite-lhe descobrir as instituições onde tem contas abertas, mas o processo é pouco acessível.

De acordo com um estudo da DECO, muitos clientes que deixam de movimentar contas esquecem-se de encerrá-las ou dão o processo de cancelamento como automático – no entanto, os bancos não só não fecham automaticamente as contas que deixam de ser utilizadas como ainda continuam a cobrar comissões de manutenção, por vezes sem conhecimento prévio do cliente.

Nuno Rico, consultor da DECO, explica que “os bancos já não fazem um cancelamento automático das contas inativas e, por isso, continuam a cobrar taxas”. De acordo com as informações dadas ao Dinheiro Vivo, até há pouco tempo o banco cancelava automaticamente e por iniciativa própria contas não utilizadas há mais de um ano e sem qualquer saldo.

A associação de defesa do consumidor afirma ter encontrado dois casos que já preveem comissões para situações de inatividade, nomeadamente o BBVA e o BPI. A DECO denuncia que a taxa mais gravosa é aplicada no banco espanhol e “pode chegar a 52 euros a cada três meses por contas não movimentadas há mais de um ano”. Já o BPI cobra um total de 15,60 euros a “contas sem movimentos há pelo menos seis meses e com mais de 15 euros de saldo”.

“Há uma falta de conhecimento destas situações. Por exemplo, chegou-nos um caso de uma pessoa que foi abrir uma conta e que, só naquele momento, lhe disseram que tinha um valor em dívida com o banco de há vários anos e que a pessoa não fazia ideia de que existia”, afirma Nuno Rico.

A DECO descobriu ainda que, apesar de já ser possível um consumidor pesquisar as contas bancárias em seu nome, o processo não é totalmente acessível. O pior caso é o de quem tem títulos: a Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM) não dispõe de mecanismos de consulta.

A associação de defesa do consumidor afirma ter enviado os resultados ao Ministério das Finanças, ao Banco de Portugal (BdP) e à CMVM, apelando para que o consumidor possa fazer um pedido único e centralizado (abrangendo o BdP, a CMVM e o Instituto de Seguros de Portugal) para ter acesso à informação sobre as contas bancárias, os valores mobiliários e as apólices de seguros registados em seu nome ou em nome de titulares falecidos dos quais seja herdeiro. O pedido deve ser gratuito e as respostas dadas pelas instituições sujeitas a fiscalização pelos reguladores.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da federação russa de atletismo suspenso por obstruir investigação

O presidente da federação de atletismo da Rússia e outros seis elementos da federação foram, esta quinta-feira, suspensos, devido a irregularidades relacionadas com uma investigação antidoping. O presidente da federação de atletismo da Rússia, Dmitri Shliajtin, foi …

Avó e tios do bebé deixado no lixo estão a tentar a guarda da criança

O embaixador de Cabo Verde em Portugal explicou, esta sexta-feira, que a mãe e os irmãos da cabo-verdiana suspeita de abandonar o filho num ecoponto estão a tentar obter a guarda da criança por acreditarem …

Esta tecnologia de edição de genoma pode mudar o mundo (mas o seu criador tem receio disso)

A inovação de Kevin Esvelt tem potencial para ser usada tanto para o bem como para o mal. Os perigos que pode advir dela, deixam o biólogo reticente em relação a esta tecnologia, que também …

Governo quer "conciliação" entre tribunais criminais e de família em casos de violência doméstica

O Governo quer que os juízes de instrução possam determinar simultaneamente as medidas de coação a um agressor em contexto de violência doméstica e as medidas provisórias relativas às crianças, seja de promoção e proteção …

Sp. Braga critica autarquia por transmitir jogo do Flamengo em ecrã gigante

O Sporting de Braga acusou a Câmara Municipal de Braga de desrespeitar o clube e os seus adeptos por colaborar na organização da transmissão da final da Taça dos Libertadores de futebol, entre Flamengo e …

Hermínio Loureiro pede suspensão de mandatos na FPF e COP

Hermínio Loureiro pediu a suspensão dos mandatos de vice-presidente da FPF e do COP, esta sexta-feira, na sequência da acusação do Ministério Público na operação Ajuste Secreto. Numa carta enviada à FPF, a que a agência …

Oxford escolhe "emergência climática" para Palavra do Ano 2019

A Palavra do Ano 2019 escolhida pelos Dicionários de Oxford foi "emergência climática", "situação na qual é requerida uma ação urgente", revelou na quinta-feira esta componente da editora da Universidade homóloga. A Palavra Oxford do Ano …

Erro no IRS de 2015. Contribuintes podem contestar nova liquidação

O novo apuramento do imposto abrange cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 milhões de euros. A Autoridade Tributária e Aduaneira já enviou uma carta aos contribuintes cuja liquidação do IRS relativo a 2015 …

Jesus vai receber título de cidadão honorário do Rio de Janeiro

O técnico português do Flamengo será condecorado, na próxima segunda-feira, com o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro. A distinção a ser entregue pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro foi anunciada num cartaz …

Governo compromete-se a concluir processo de regularização dos precários

O Governo comprometeu-se com a conclusão, no início da legislatura, do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), mas sem avançar uma data concreta. O debate temático sobre o PREVPAP, que decorreu …