Banco Central Europeu corta taxa de juros para 0%

WEF

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta quinta-feira um corte em todas as suas taxas de juro, passando a taxa diretora para 0%, um novo mínimo histórico.

O BCE decidiu cortar a taxa de juro de referência de 0,5% para 0%, enquanto também desceu a taxa de depósitos para -0,40%, e a taxa de refinanciamento para 0,25%.

A taxa de juro directora do BCE, aplicada às principais operações de refinanciamento, estava em 0,05% desde setembro de 2014.

Na reunião de hoje, o BCE decidiu também reduzir a taxa de juro aplicável à facilidade permanente de cedência de liquidez para 0,25%, um corte de cinco pontos base, e a taxa de depósitos, que passa de -0,30% para -0,40%, um corte de 10 pontos base.

O presidente do Banco Central Europeu afirmou em conferência de imprensa esta quinta-feira que as taxas de juro na zona euro podem descer ainda mais.

“As taxas de juro vão ficar nos níveis atuais ou mais baixos por um longo período, para lá do fim do programa de compra de ativos”, que deve terminar em março de 2017, explicou Draghi.

O Conselho de Governadores do BCE decidiu ainda reforçar o programa de compra de dívida que lançou há um ano, passando o volume mensal de 60 mil milhões de euros para 80 mil milhões de euros.

Esta decisão, aprovada na reunião de política monetária do BCE, terá efeitos a partir de abril.

A instituição liderada por Mario Draghi vai também lançar a partir de junho quatro operações de refinanciamento de longo prazo, cada uma com uma maturidade de quatro anos.

Juros da dívida portuguesa a 10 anos abaixo dos 3%

Estas medidas servem para estimular a recuperação da zona euro, um pacote mais ambicioso do que o esperado e que já está a ter efeitos nos juros das dívidas europeias e nas bolsas.

As taxas de juros da dívida portuguesa estão a recuar em todos os prazos, com a taxa a 10 anos a cair para baixo da barreira dos 3%, em reação às decisões anunciadas pelo BCE.

Pelas 14h30, a taxa de juro da dívida pública portuguesa a dois anos recuava para 0,672% (0,706% na quarta-feira), a cinco anos baixava para 2,022% (2,040% ontem), e a 10 anos caía para 2,986% (3,147% antes).

Esta tendência de descida estende-se a outros países como Espanha, Irlanda, Itália e Grécia.

As bolsas europeias, que hoje arrancaram em alta ligeira, com os investidores a aguardarem pela reunião de política monetária do BCE, reagiram bem ao anúncio.

Depois de terem sido anunciadas as principais decisões da reunião de hoje do BCE, o euro caiu face ao dólar e às 13h20 negociava abaixo de 1,09 dólares, tendo entretanto recuperado terreno e sendo negociado nos 1,1088 dólares por volta das 15h.

Este afundamento era um efeito pretendido, já que o aumento do euro seria um peso na recuperação económica, ao tornar as importações mais baratas.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …

Mais de metade dos portugueses acredita que os fundos europeus vão ser mal geridos

Mais de metade dos portugueses (60,6%) acredita que os fundos europeus que Portugal vai receber para fazer face à pandemia vão ser mal geridos, revela uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e …

CMVM avança com suspensão de ex-secretário de Estado da Energia da OMIP

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) notificou, esta segunda-feira, o ex-secretário de Estado da abertura de um processo para a sua suspensão da administração da OMIP, alegando "dúvida fundada" quanto à adequação aos …

Satélite mostra preparativos de desfile na Coreia do Norte (e há quem desconfie da presença de novos TEL)

Novas fotografias tiradas por satélite e analisadas hoje pelo portal especializado 38North mostram os preparativos para um grande desfile militar na capital da Coreia do Norte, que a 10 de outubro comemora a fundação do …

Cartéis mexicanos ganharam cerca de 40 mil milhões de euros em apenas 2 anos

Os grupos criminosos do México ganharam cerca de mil milhões de pesos (perto de 40 mil milhões de euros), entre 2016 e 2018, revelou na segunda-feira a Unidade de Inteligência Financeira (UIF) do Governo mexicano. Durante …

O outono acaba de chegar ao hemisfério norte. E há uma razão para ter sido hoje

Setembro é o mês do regresso às aulas e ao trabalho. Após os dias quentes de verão, chega o outono. Este ano, a estação começa hoje, dia 22 de setembro, mais precisamente às 15h31, segundo …

Costa avisa que não há tempo a perder. País enfrenta "gigantesca responsabilidade"

O primeiro-ministro advertiu, esta terça-feira, que Portugal está perante "uma gigantesca responsabilidade" e "não pode perder tempo" com hesitações na execução dos fundos europeus nos próximos seis anos, tendo de conciliar "máxima transparência e mínimo …

Portugal recusa-se a fechar. "Parece que estamos a celebrar o modelo sueco"

António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa parecem estar de acordo: Portugal não pode voltar a parar. Um especialista consultado pelo semanário Expresso defende que "parece que estamos a celebrar o modelo sueco". António Costa admitiu, …

Mais cinco mortes e 463 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta terça-feira, mais cinco mortes e 463 novos casos de infeção por covid-19 em relação a segunda-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …