Banca perdoa dívida de 94,5 milhões de euros ao Sporting

José Sena Goulão / Lusa

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho

O Sporting conseguiu chegar a acordo com o Novo Banco e com o BCP para o perdão de 94,5 milhões de euros que tinha em dívida. Uma operação que alivia as contas da SAD e que reforça a posição do presidente Bruno de Carvalho, nomeadamente perante o maior accionista, Álvaro Sobrinho, que dava sinais de contestação à actual direcção.

Foi Bruno de Carvalho quem anunciou que conseguiu “negociar uma melhoria das condições da reestruturação financeira” da SAD, num artigo de opinião publicado no Diário de Notícias na segunda-feira, reduzindo a dívida do clube de 135 para 40,5 milhões de euros.

O Correio da Manhã avança agora que está em causa um perdão de 94,5 milhões de euros, conseguido no âmbito dos chamados Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis em Acções (VMOC). A SAD vai, assim, pagar ao Novo Banco e ao BCP 30 cêntimos por cada VMOC quando estes custaram 1 euro aos bancos.

Com o perdão da dívida, o Sporting fica a apenas 17,5 milhões de euros de garantir a maioria da SAD, enquanto anteriormente precisaria de 44 milhões para esse efeito.

O CM lembra que a primeira operação de emissão de VMOC ocorreu em 2011 por 55 milhões de euros. A segunda desenrolou-se em 2014 por 80 milhões de euros. Estas operações financeiras permitiram à SAD do Sporting livrar-se de dívidas bancárias de 135 milhões de euros. A renegociação permite agora ao Sporting recomprar os activos por apenas 40,5 milhões de euros.

O clube compromete-se a adquirir 17,5 milhões em VMOC já na próxima temporada. Até 2026, prazo em que terminam os contratos, compromete-se a recomprar o valor restante.

Novo Banco e BCP tinham já colocado os valores em dívida pelo Sporting como imparidades e, portanto, como perdidos. Esta renegociação permite-lhes garantir a entrada de pelo menos 40,5 milhões de euros.

A operação, que não foi comunicada à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), já motivou um pedido de esclarecimentos do órgão supervisor do mercado de acções, destaca o Jornal de Negócios.

A SAD leonina assegurou à CMVM que a renegociação da dívida não tem impacto contabilístico nas contas, uma vez que a recompra dos VMOC será feita pelo clube e pela Sporting SGPS e não pela SAD. Por outro lado, a SAD vinca que o processo não implica alterações na estrutura accionista, cita o Negócios.

Todavia, para o economista Paulo Reis Mourão, professor na Universidade do Minho, “parece claro haver um divórcio com os actuais parceiros“, a Holdimo, sociedade do empresário Álvaro Sobrinho, em declarações ao Jogo.

“Alguém vai perder e não é pouco”, considera Mourão, frisando que “sejam bancos ou entidades bancárias”, o que lhe parece evidente é que “o Sporting passa o ónus para as entidades bancárias e pode haver mudança de investidores”.

A Holdimo é a maior accionista da SAD, a seguir ao clube, com 28,85% das acções, e manifestou-se contra a decisão de Bruno de Carvalho de suspender o plantel, nos dias de alta tensão vividos no Sporting, após as críticas do presidente aos jogadores. Chegou a anunciar-se que a sociedade de Sobrinho teria sondado Luís Figo para aferir se ele teria disponibilidade para se candidatar à presidência do Sporting.

Mas com esta renegociação da dívida, as movimentações para a substituição de Bruno de Carvalho na liderança do Sporting parecem perder força.

SV, ZAP //

PARTILHAR

22 COMENTÁRIOS

  1. Outros PARASITAS, os bancos perdoam depois quem paga é o POVO – não são só os sportinguistas mas sim todo o POVO. A banca ainda não se recompôs e anda a perdoar divida a quem não trabalha. Não tem dinheiro fechem aa portas. CHEGA de andara a manter PARASITAS. LADRÕES…

  2. Que jogatanas….
    O que é que ele terá dado em troca de 90 milhões????
    Talvez seja melhor não saber… hihihihihi…..

  3. E se um qualquer cidadão não puder pagar a próxima prestação da casa, penhoram-lhe casa, a casota e o cão. E depois o governo injeta mais uns milhões, não é?

  4. Isto sim, verdadeiro FairPlay.
    Paga-se milhões ao treinador, compra-se jogadores como se não houvesse dividas, manda-se uns quantos á bardamerda e ainda se consegue perdão da divida.

    Os outros clubes pagam a divida á banca, se não tem dinheiro nao compram jogadores, evitam gastar para manter as Finanças e os bancos ajudam subindo os juros porque existe risco elevado com possíveis descidas de divisão por falta de investimento.

    O resto dos Portugueses são premiados com aumento dos juros ( no meu caso mais 115 euros desde agosto do ano passado)

    Como é bom ser de um pais em que tudo è justo para todos.

  5. Chego à concluão de que os que mais ganham são os que mais devem, mas depois é a esses que os bancos perdoam, mas aos pequenos … não. O Governo aqui não devia dar NADA aos bancos pois eles assim não podiam perdoar.

  6. Santos Silva: A unica questão que se coloca é quando os PORTUGUESES CONTRIBUINTES. deixam de pagar impostos e dizem basta. Até os corruptos, ladrões e malandros serem todos presos e ficarem sem um centimo do que roubam, com inicio na Assembleia da Republica / Ex.Ministros/ Bancos e outros que tais

  7. E quem repõe essa dinheiro no banco ? O “Oh Bama” da costa ou o Povo Contribuinte ? ? Ando, há já algum tempo , a me sentir PRETO . . .

  8. A banca a mim ROUBA-ME através de comissões injustificadas. TODOS OS ESPÍRITOS, Santos e Demónios, SACAM de lá o que querem. O que sobra fica para os tais PERDÕES… O Estado MANDA PARA LÁ uns milhões, dos nossos impostos, quando a banca fica à rasca. O ZÉ POVO dá-se bem com a situação…
    SÓ À BOMBA!!!

  9. Vou também ameaçar o meu banco com a insolvência.
    Ai deles se não me reduzirem a dívida casa.
    Ninguém faz nada? E os lesados do BES? Não há dinheiro para esses?

    • Os lesados do BES sabiam no que se metiam. Pior ficam os lesados dos pseudo-lesados do BES que nunca lucraram nada e só têm que pagar os erros dos outros.

  10. que grande vergonha. depois ainda vao os contribuintes pagar para a chamada capitalização dos bancos
    se têm milhoes para comprarem jogadores, também têm milhoes para pagarem as dividas como um cidadao normal
    o perdao da divida deve ser para que o sporting compre melhores jogadores e um treinador melhor. e se sobrar algum, é para alterarem o calendario. o natal ser so para agosto do ano seguinte. pode ser que assim seja campeao porque depois do natal ele descarrilha e começa a descer na tabela classificativa. rsssss

  11. Mas que grande golpada enquanto bancos como o BES, e o BCP estão com a corda na garganta, cortando nos salários aos funcionários e despedindo trabalhadores para encurtar despesas, perdoam 94 milhões ao Sporting para o Bruno de Carvalho poder continuar a subir ordenados dos funcionários do clube incluindo o dele e fazer grandes contratações com ordenados astronómicos e nem contas prestam á CMVM para quê, afinal quem é que manda no futebol, parece-me que afinal o polvo é verde e andaram este tempo todo a tentar mudar-lhe a cor. Investigue-se isto é grave e insultuoso

  12. Não tenho clube e até nem gosto de futebol, por isso sou completamente independente no meu comentário. Acho que um perdão deste género é absolutamente imoral e até seria melhor que não fosse publicado, por ser revoltante. Não tenho mesmo palavras, sem ter que recorrer a algumas mais ou menos vernácula, para classificar uma tão absurda atitude, num país onde há tanta gente com enormes dificuldades.

  13. Um escândalo ! Claro que os bancos “perdoaram” porque já tinham concluído que nunca iriam receber aquele dinheiro e assim limpam o balanço . Mas isto não é considerado para o “fair-play financeiro”? Então uns pagam as dívidas; outros ficam a dever e são perdoados !? Que raio de concorrência é esta ??

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …