Baleias usam “redes de bolhas” para caçar as suas presas (e um vídeo raro prova-o)

Alguns cetáceos, como as baleias jubarte, usam “redes” para caçar as suas presas. Os animais mergulham e nadam em forma de anel em redor das suas presas, soprando bolhas à medida que avançam.

O anel ascendente forma uma coluna que captura os peixes, permitindo que outras baleias do grupo nadem por baixo, com as bocas abertas, através do cilindro da bolha para se deleitar.

Além das imagens dos drones que mostram uma impressionante vista aérea de um par de baleias jubarte a criar as redes de bolhas, biólogos marinhos da Universidade do Hawai, em Mānoa, prenderam câmaras e sensores nas baleias com recurso a ventosas para recolher uma grande quantidade de dados sobre o comportamento dos animais.

As baleias jubarte migratórias visitam o Alasca para se alimentar durante o verão, antes de voltar para as águas mais quentes do Hawai durante o inverno, onde se reproduzem e criam as suas criar

Durante esse período de reprodução, as baleias não comem, por isso precisam de armazenar enormes reservas de krill – conjunto de espécies de animais invertebrados semelhantes ao camarão – do Alasca para passar por esse período de alto custo energético.

Para descobrir a forma como as baleias usam essa técnica de caça para comer o suficiente, os investigadores equiparam-nas com câmaras e acelerómetros e gravaram vídeos de drones que os acompanhavam.

O que é fascinante sobre a alimentação com rede de bolhas é que, de acordo com o ScienceAlert, parece ser um comportamento aprendido. Nem todas as baleias jubarte caçam dessa maneira e as que o fazem podem ter técnicas variadas. Também é cooperativo, sendo que as baleias trabalham juntas para garantir que todas sejam alimentadas.

“As filmagens são bastante inovadoras”, disse Bejder, em comunicado. “Estamos a observar como estes animais estão a manipular as suas presas e a preparar a presa para captura. Isso permite obter novas ideias que realmente não tínhamos antes”.

As baleias de Bryde (Balaenoptera edeni) também se alimentam dessa maneira e os golfinhos (Tursiops) na costa da Flórida usam uma técnica de caça cooperativa semelhante chamada alimentação por anéis de lama, onde agitam um anel de sedimentos do chão de águas rasas para capturar peixes de cardume.

O número de baleias jubarte aumentou após a proibição da caça comercial de baleias em 1985 e o animal já não é considerado ameaçado. Porém, nos últimos cinco anos, houve um declínio substancial nas observações de baleias jubarte.

Esta investigação sobre técnicas de alimentação faz parte de uma tentativa de descobrir por que isso pode ocorrer, com possíveis causas, incluindo mudanças nas populações de alimentos, impactos antropogénicos no seu habitat e degradação climática.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …