Avó e tios do bebé deixado no lixo estão a tentar a guarda da criança

INEM / Instagram

INEM divulgou foto do bebé encontrado no lixo.

O embaixador de Cabo Verde em Portugal explicou, esta sexta-feira, que a mãe e os irmãos da cabo-verdiana suspeita de abandonar o filho num ecoponto estão a tentar obter a guarda da criança por acreditarem que é a melhor solução.

Num esclarecimento solicitado pela agência Lusa, Eurico Correia Monteiro referiu que, desde que a Embaixada de Cabo Verde soube do caso, “mostrou o seu interesse em apoiar tanto a Sara como o seu filho, na presunção de que normalmente só em circunstâncias excecionais de profundo desespero ou desequilíbrio emocional acentuado uma mãe abandonaria o seu filho num ecoponto”.

No âmbito destes contactos, a Embaixada de Cabo Verde estabeleceu contacto com o estabelecimento prisional e com a advogada da jovem, com a mãe e os irmãos e dispôs-se “a fornecer apoio concreto de sorte a assegurar a defesa da Sara, conforme mandam as regras, deixando a justiça correr os seus trâmites, na convicção de que no final será feita justiça”.

Segundo o diplomata, “a família da Sara reiterou que nunca teve quaisquer indícios que pudessem levar a entender que a Sara vivia em condições tão precárias”.

“A mãe e os irmãos declararam o seu firme propósito de fazer todas as diligências necessárias e, para tanto, contrataram com um escritório de advogados para obter a guarda do neto e sobrinho, pois têm a profunda convicção de que essa solução é a que corresponde melhor ao interesse da criança”, segundo Eurico Correia Monteiro.

Os familiares da cabo-verdiana, prossegue o embaixador, “entendem ainda que, no futuro, se o filho da Sara vier a tomar conhecimento dos factos, ao menos saberá que a família natural, biológica, o acolheu com todo o amor e carinho, e sentir-se-á menos rejeitado, mais confortado”.

“Esta pretensão da família, independentemente do seu mérito, também merece assistência consular por parte desta embaixada, nomeadamente em matéria de patrocínio”, acrescentou.

O embaixador referiu que, apesar de confiarem na justiça e nas instituições portuguesas, “a mãe e irmãos da Sara manifestaram alguma preocupação pela circunstância de até ao presente momento não terem sido chamados, de forma direta ou indireta, para participar num processo que tem como finalidade dar um destino ao seu neto e sobrinho”.

“Acreditam que as instituições portuguesas não tomarão qualquer decisão relevante nesta matéria à revelia da avó e dos tios do filho da Sara”, adiantou.

O recém-nascido foi encontrado num caixote do lixo, no dia 5 de novembro, sendo a mãe suspeita de o ter abandonado num ecoponto perto de Santa Apolónia, em Lisboa.

A criança esteve até quinta-feira hospitalizada na Maternidade Alfredo da Costa, mas já está com uma família de acolhimento, conforme decisão do Tribunal de Família e Menores de Lisboa.

A mãe da criança foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) e está em prisão preventiva, indiciada da prática de homicídio qualificado na forma tentada. A sua advogada já anunciou que vai interpor um recurso da medida de coação decretada pelo tribunal de instrução criminal.

Ana Maria Lopes decidiu avançar com o recurso depois de ter recebido a garantia escrita, por parte de uma instituição que contactou, de que poderia acolher a mulher em regime de prisão domiciliária.

O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, na semana passada, o pedido de habeas corpus para a libertação da jovem, alegando que a arguida agiu de forma premeditada, “ocultando a gravidez e munindo-se de um saco de plástico para o efeito”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fezes de morcego ajudam a decifrar o passado da humanidade

Uma equipa de investigadores australianos usou fezes de morcego para ajudar a entender uma parte do passado dos nossos ancestrais. Para perceber melhor como é que artefactos antigos são alterados pelo sedimento em que estão enterrados …

"É como fogo". Dezenas de pessoas morreram na República Dominicana após ingestão de álcool ilegal

Depois de dezenas de pessoas morreram por intoxicação nas últimas semanas, as autoridades da República Dominicana acabaram por fechar várias lojas de bebidas alcoólicas. As lojas de bebidas clandestinas situavam-se sobretudo na capital, Santo Domingo, mas …

Eis AlphaDog, a resposta da China para o cão-robô norte-americano Spot

A empresa de tecnologia Weilan, sediada em Nanjing, na China, desenvolveu o AlphaDog, um cão-robô que usa sensores e inteligência artificial (IA) para realizar uma série de aplicações, incluindo entrega de encomendas e orientação para …

E se a vacina contra a covid-19 se chamasse Trumpcine? O "sir" sugeriu e Donald Trump gostou

No fim de semana passado, durante um encontro do Comité Nacional Republicano, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que alguém sugeriu que as vacinas disponíveis contra a covid-19 deveriam receber o seu nome. …

O custo da paz mundial é bastante inferior ao custo da guerra

Um recente relatório do Instituto de Economia e Paz (IEP) conclui que o custo dos países com a violência é bem superior ao custo com a paz mundial. O Instituto de Economia e Paz estima que, …

Malta vai pagar aos turistas que visitarem a ilha durante o verão

Numa altura em que pandemia não tem dado tréguas ao setor do turismo, Malta anunciou um conjunto de medidas com o objetivo de encorajar os viajantes a visitarem o país e a ficarem hospedados nos …

Pentágono confirma que filmagens de OVNI em forma de pirâmide são autênticas

Uma nova série de imagens e vídeos de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados) filmados pela Marinha dos Estados Unidos foi agora confirmada como autêntica pelo Pentágono. Enquanto muitas pessoas geralmente se referem a avistamentos misteriosos …

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …

Bolsonaro diz que confinamentos transformaram o Brasil num "barril de pólvora"

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, alertou esta quarta-feira que o país se tornou "um barril de pólvora" devido às medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para tentar conter a disseminação da covid-19. "O Brasil está …