“Um grande embrulho”. Avarias impedem controlo da água que vem de Espanha

Nuno Veiga / Lusa

Numa altura em que o Governo se manifesta decidido a exigir a Espanha caudais mínimos diários nos rios, nomeadamente no Tejo, para fazer face ao problema da seca e da degradação da água, sabe-se que Portugal não consegue avaliar devidamente a qualidade, nem a quantidade desses caudais, devido a avarias nas estações hidrométricas.

Muitas das estações de monitorização dos caudais dos rios que permitem avaliar a qualidade e a quantidade da água não estão a funcionar, segundo aponta o Jornal de Notícias (JN) na sua edição desta terça-feira.

A presidente da Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH), Susana Neto, avança ao diário que as avarias se verificam em muitas das 29 estações localizadas na bacia do Tejo, onde a escassez de água, devido ao problema da seca, é cada vez mais evidente.

“O sistema de monitorização não é fiável e não permite monitorizar os caudais do lado de cá”, aponta Susana Neto no JN.

“O que é que vamos dizer aos espanhóis? Há aqui um grande embrulho. Não é insolúvel, mas exige investimentos, que deixaram de ser feitos aquando do período de austeridade”, lamenta ainda a responsável da APRH.

Por outro lado, o hidrobiólogo Adriano Bordalo e Sá, frisa na Rádio Renascença que “há estações de monitorização automática de qualidade, mas o que é feito, de qualidade tem muito pouco”. “Monitorizam apenas parâmetros básicos como temperatura e oxigénio dissolvido, mas não são monitorizados parâmetros realmente importantes como nitratos e sulfatos de pesticidas”, constata.

Situação é “preocupante”

A última avaliação do estado das águas do Tejo foi feita em 2017 a pedido da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), mas nunca foi divulgada porque ainda carece de validação.

O JN apurou que já decorre uma nova avaliação com a intervenção de cientistas de quatro universidades portuguesas que estão a recolher dados no terreno, integrados num consórcio.

Mas para o investigador da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Rui Cortes, é evidente que os resultados não podem ser muito positivos, dados os baixos níveis dos caudais devido à seca.

“Se os caudais estão praticamente a zero, há uma degradação da qualidade da água, o que é preocupante, porque os níveis de qualidade não podem piorar”, aponta Rui Cortes ao JN.

O ministro do Ambiente e da Acção Climática, Matos Fernandes, apontou nesta semana que o Governo português só espera a eleição de um novo Executivo estável em Espanha para voltar a discutir a Convenção de Albufeira, o acordo entre Portugal e Espanha relativo às bacias hidrográficas dos grandes rios transfronteiriços (Minho, Lima, Douro, Tejo e Guadiana). O objectivo, segundo Matos Fernandes, é introduzir valores de caudais mínimos diários ao país vizinho.

Actualmente, Espanha tem que libertar caudais mínimos semanais, trimestrais e anuais, mas nem sempre os valores estipulados são cumpridos. Há meses onde não vem água nenhuma para o lado português, como aconteceu em Agosto deste ano, e noutros em que vem água a mais, como ocorreu em Setembro quando Espanha abriu a barragem de Cedillo, libertando uma média diária de 14 milhões de metros cúbicos de água, para cumprir os valores anuais estipulados na Convenção, conforme noticiou o Público.

“Portugal já referiu de forma clara a Espanha que vai reforçar a sua atitude na próxima reunião plenária da CADC (Comissão para a Aplicação e o Desenvolvimento da Convenção de Albufeira) propondo o incremento de mecanismos de controlo que permitam evitar no futuro situações desta natureza”, avançou o Ministério do Ambiente numa nota ao Público.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Nao sabe “O que é que vamos dizer aos espanhóis?”

    Deixo aqui uma dica:
    Caros espanhois, nós somos incompetentes porque conhecemos o problema há dois anos e apesar da nossa economia navegar de vento em popa com o n/ Ronaldo da economia e nao nos faltar graganhol nem para desbundas á grande e á francesa, temos um “bode expiatório” para justificar a INCOMPETENCIA:
    A culpa é do Passos Coelho que quando foi governar encontrou os cofres do estado a abarrotar de ouro que lhe havia deixado o anterior homólogo.

    Se a sra president(a) nao gostar desta resposta, tenho outras versoes como a que responsabiliza o Afonso Henriques.

    • Desgraçado do PC vai ser culpado da incompetência deste desgoverno, durante o resto da vida e se calhar depois da morte que, se Deus quiser, ainda está longe, mas…haverá historiadores do partido deste desgoverno que irão contar a história culpando-o de tudo de mau… haja paciência…

    • Boa Maria, totalmente de acordo. O pior é que daqui a uns anos vamos estar pior. Com o aumento do salário mínimo e dos gastos de funcionamento do Estado, quando a crise vier a taxa de desemprego e de insolvências vai ser bem maior. Mas ninguém pensa nisso. Siga a festa que o nosso dinheiro entretanto vai dando para tudo

      • Pois é… e viva o PS e a festa maravilhosa em que vivemos, desde a saúde ao ensino, aos transportes públicos e combóios, passando pela falta de água das chuvas e a falta de negociações sobre o Tejo, que está a morrer. É um dó ver o Tejo na junção com o Zêzere, que nunca o vencia… agora temos ilhotas, pássaros a passear nas ilhas que se formaram pela falta de água e o Zêzere gloriosamente vencendo o Tejo e arrastando as suas poucas águas à sua frente para a foz do Tejo…

      • Soma & Segue, Lda
        Daqui a uns anos? Será que levam a legislatura até ao fim? Duvido que consigam varrer o lixo para “debaixo das passadeiras vermelhas”. Tal como aconteceu com o “pobre provinciano” (que afinal assume agora a herança de milhoes provenientes do gatuno Julio Reco seu ascendente que fez a fortuna com o que roubou aos pobres ajuntadores de minerio quando acabou a 2a grande guerra).
        As empresas privadas sao o bombo da festa, excepto as enormes (dos mais ricos) que vivem a sugar o estado através dos lacaios que os representam na AR ou de ex-politicos que ao sairem do poleiro retribuem os favores a quem os lá meteu para agirem em proveito proprio.
        As pequenas e as micro empresas que geram a maior parte da riqueza, como será a sua e a minha, nao conseguem sair da cepa torta com a sobrecarga de impostos que… vao direitinhas para a festa da desbunda, para os bancos, para as negociatas dos politicos e autarcas.
        Assim, afirmo: O PS é um partido fascista na medida em que governa para os ricos, incentivando a grossa fatia de votantes com rebuçados e promessas que lança para o ar nas campanhas eleitorais.
        O nosso povinho gosta porque nao tem maturidade politica e mesmo a cultural… creio que estamos na cauda da Europa.

        Quanto aos equipamentos de controlo estarem obsoletos, nao acredito. Acho que nao os sabem usar. E provavelmente, tal como aconteceu com a “grande festa” que foi a Parque Escolar, deve haver carradas de equipamentos ainda embalados a que nao se deu uso.

  2. Os problemas com o caudal já têm barbas, não compreendo como é que um controlo fundamental e NUNCA poderia deixar de ser feito não está a funcionar! Que vergonha!!

  3. O problema deve estar nos palacetes de Lisboa com poltronas e sofás muito fofinhos o que levará os nossos políticos depois de um farto repasto dormirem uma boa soneca, vai daí que os dias vão passando e como o Tejo aí na cidade vai vivendo bem alimentado pela água do oceano eles nunca mais se lembram que de Vila Franca para cima ainda existe rio e país, também encontram os supermercados repletos e que interessa lá saber de onde vem!. Portanto irem discutir daquilo que não sabem e que desconhecem por completo, mais vale aproveitar o conforto do sofá!.

RESPONDER

Incêndios na Austrália permitiram descobrir canal mais antigo do que as Pirâmides do Egipto

Depois de a vegetação ter sido devastada pelos incêndios em Victoria, na Austrália, investigadores descobriram que este sistema de canais é significativamente maior do que se pensava. Desde setembro do ano passado que a Austrália enfrenta uma …

Sírios estão a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer

O coordenador do projeto Médicos Sem Fronteiras na Síria diz que muitas famílias estão a ser forçadas a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer. Bombardeamentos aéreos na Síria são uma constante. …

Casa Branca prepara medidas para travar "turismo de parto"

A Casa Branca prepara-se para endurecer as medidas que permitem a emissão de vistos para mulheres estrangeiras que vão aos Estados Unidos dar à luz para que os seus filhos recebem automaticamente cidadania norte-americana. A …

Eletrões e quarks podem experimentar consciência, defende professor

O filósofo Philip Goff defende, num livro que publicou recentemente, uma teoria milenar que sustenta que todas as formas de matéria - incluindo os eletrões e até os quarks - podem experimentar consciência. Tal como observa …

Lego lança réplica da Estação Espacial Internacional

A Lego anunciou um novo conjunto para todos os entusiastas de exploração espacial. A Estação Espacial Internacional está a muitos quilómetros de distância da Terra mas, agora, quem quiser pode ter uma reprodução nas sua …

HBO anuncia sátira de animação sobre família real britânica

A plataforma de streaming HBO encomendou uma série de comédia do género de "Family Guy" em versão realeza, inspirada nos membros mais famosos da família real britânica.  De acordo com a AFP, a série vai chamar-se …

Salário mínimo sobe para 950 euros em Espanha

O Governo de Espanha anunciou, esta quarta-feira, um aumento do salário mínimo nacional para 950 euros. A ministra do Trabalho e da Economia Social, Yolanda Díaz, anunciou, esta quarta-feira, a subida do salário mínimo para os …

O Relógio do Juízo Final avança 20 segundos. Faltam 100 para o Apocalipse

O Boletim de Cientistas Atómicos anunciou, esta quinta-feira, que o Relógio do Julízo Final está mais próximo do apocalipse. Especialistas avançaram o relógio 20 segundos para alertar líderes e cidadãos de todo o mundo que …

Juiz que pediu escusa por ser benfiquista continua com o caso dos emails

O presidente do Tribunal da Relação do Porto decidiu julgar improcedente o pedido de escusa do juiz. Em causa estava o facto de ser adepto do Benfica. Segundo o jornal Público, o juiz desembargador Eduardo Pires, …

Portugal piorou no Índice de Perceção de Corrupção

Mais de dois terços dos países, juntamente com muitas das economias mais avançadas do mundo, estão estagnados ou mostram sinais de retrocesso nos seus esforços de combate à corrupção. Segundo o Índice de Perceção de Corrupção …