Autoridades francesas investigam número crescente de falsos certificados de vacinação

As autoridades francesas estão a investigar uma série de fraudes nos certificados de vacinação da covid-19, após vários médicos relatarem que as suas contas nos serviços de saúde foram ‘hackeadas’.

No último incidente, um dos vários esquemas de falsificação sob investigação, os ‘hackers’ acederam à conta de um médico que trabalha perto de Bordeaux e obtiveram 55 documentos falsos. Um médico em Marselha relatou ter sido também alvo, enquanto outros informaram as autoridades sobre tentativas de acesso às suas contas.

As autoridades de saúde francesas têm registado um número crescente de certificados falsos, com 46 incidentes sob investigação desde maio. Os falsificadores também estão a produzir testes com falsos negativos, noticiou esta sexta-feira o Guardian. Vários ‘hackers’ foram investigados nas últimas semanas em Paris, Grenoble e Bordeaux.

Em julho, um funcionário de um centro de vacinação foi detido após criar 200 códigos QR falsos. Duas mulheres foram detidas num centro em Bordeaux por venderem certificados falsos, que variavam entre os 80 e os 150 euros. Podem receber até três anos de prisão e multas até 45.000 euros. Quem comprou as falsificações enfrenta coimas até 2.000 euros.

Os promotores públicos acreditam que os códigos e certificados falsos são adquiridos por cidadãos que não querem ser vacinados mas que pretendem obter o passe sanitário, documento que lhes permite aceder à maior parte dos locais públicos e a tratamento hospitalar não emergencial.

Uma enfermeira foi apanhada a emitir certificados falsos num centro de vacinação de Paris. À polícia, disse que vinha a distribuir cerca de uma dúzia de falsificações todos os dias durante um mês.

À FranceInfo, Jean-Paul Hamon, presidente honorário da Federação dos Médicos Franceses, admitiu ter emitido três certificados. Contudo, disse que só o fez para dois pacientes totalmente vacinados e um terceiro que se recuperou da covid-19 – todos elegíveis para um passe de saúde, mas que estavam a ter dificuldade em “baixar” o código QR.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …