Autora de “Como matar o seu marido” é a principal suspeita de matar o marido

(dr) Portland Police Bureau

Nancy Crampton Brophy

Nancy Brophy escreveu o livro Como Matar o Seu Marido. Agora, a norte-americana de 68 anos é a principal suspeita da morte do seu marido.

No livro Como Matar o Seu Marido, Nancy Crampton Brophy escreve um ensaio sobre como é que uma mulher pode matar o marido sem ser descoberta. As descrições que surgem pintadas nas páginas da obra são, porém, muito detalhadas, tendo feito soar os sinais de alerta.

Ironicamente, Nancy Brophy foi detida no dia 5 de setembro pelas autoridades norte-americanas como principal suspeita pelo homicídio de Daniel C. Brophy, seu marido.

No dia 2 de junho, o norte-americano de 63 anos foi encontrado baleado na escola de culinária onde era professor em Portland, no estado do Oregon. Daniel estava casado com a escritora há 27 anos, numa relação descrita pela própria como “de mais momentos bons do que de maus”.

O professor de cozinha, que os alunos recordam como uma “enciclopédia de conhecimento”, era detentor de uma abordagem muito criativa de ensino e, além disso, tinha “um excelente sentido de humor”.

Neste último aspeto, ambos eram muito parecidos, dado que Nancy era também uma fã de humor negro que, através das redes sociais, falava do seu casamento em tom satírico, adianta o jornal Público.

No entanto, não é com humor que Nancy Crampton Brophy enfrenta o mais recente capítulo da sua vida: as autoridades norte-americanas acreditam que a escritora terá usado a arma do marido para cometer o assassinato, seguindo um dos métodos que a própria descreve minuciosamente no ensaio do livro Como Matar o Seu Marido.

No livro, Nancy refere detalhes muito precisos. Além de aconselhar a não recorrer a um assassino profissional, porque “acabam por contar tudo à polícia”, a escritora adverte que é melhor não pedir ajuda ao amante: “nunca é uma boa ideia”.

Semanas após a morte do marido, os vizinhos notaram que se passava algo de muito estranho com Nancy. Don McConnell, vizinho da autora há seis anos, disse ao Oregonian que Nancy “nunca mostrou sinais de estar triste ou muito chateada”. Sem qualquer emoção, quando Don lhe perguntou se havia novidades acerca do caso, a escritora respondeu: “sou suspeita“.

No dia 5 de setembro, Nancy Crampton Brophy acabou por ser detida e acusada pela morte do homem com quem era casada há 27 anos. Agora, a escritora está sob custódia das autoridades, sem fiança.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Possivelmente as autoridades andaram lentas demais pois a mulher ou será psicopata ou maquiavélica, para se dar ao luxo de escrever um livro desta natureza.

RESPONDER

ADN antigo revela mistério do extinto macaco das Caraíbas

Uma análise de ADN do misterioso macaco extinto das Caraíbas revelou que estes animais tinham um maior grau de parentesco com os macaco-titis oriundos da América do Sul do que com qualquer outra espécie.  Há cerca …

"Queria? Já não quer?". Finalmente, o livro que revela se está ou não correto

Brevemente nas livrarias, o livro Dicionário de Erros Falsos e Mitos do Português, da autoria de Marco Neves, promete desmontar os mitos que foram construídos em redor da língua portuguesa. Não, este não é só mais um …

Itália vs Portugal | Empate valeu apuramento e primeiro lugar

Portugal foi a Milão arrancar um empate sem golos ante a Itália, em jogo do Grupo 3 da Liga das Nações, e garantiram o apuramento para a final four da Liga das Nações. Numa partida …

Vespa asiática está a propagar-se pelo centro do país

A vespa asiática, ou vespa velutina, uma espécie invasora predadora das abelhas, está a propagar-se pela região centro do país, com ninhos identificados em todo o norte do distrito de Santarém, disse hoje à Lusa …

Já há mais de mil desaparecidos nos incêndios da Califórnia

As autoridades dos Estados Unidos informaram nesta sexta-feira que o número de desaparecidos no gigantesco incêndio que queima há mais de uma semana no norte da Califórnia já superam o milhar. Em conferência de imprensa, o …

As orcas partilham traços de personalidade com humanos e chimpanzés

As orcas exibem características de personalidade semelhantes aos humanos e chimpanzés, como a brincadeira, a alegria e o afeto, de acordo com uma nova investigação divulgada pela Associação Americana de Psicologia (AAP). Investigadores em Espanha analisaram …

Manifestante morre atropelada por mãe desesperada em bloqueio dos “coletes amarelos” em França

Uma manifestante dos “coletes amarelos” morreu em Sabóia, sudeste de França, atropelada por uma condutora em pânico, disse este sábado o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. A condutora, que levava a filha ao médico, teve …

A César o que é de César. Costa fica a saber quem manda nos deputados do PS

António Costa está "muito satisfeito" com a liberdade de voto concedida pelo líder da bancada parlamentar do PS, Carlos César, aos deputados na proposta do Governo sobre o IVA da tauromaquia. Mas o mal-estar entre …

Distracção de professora provoca lesões em 40 crianças na China

A distracção de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta numa escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou esta sexta-feira a imprensa local. Os …

A Terra está a comer os seus próprios oceanos

À medida que as placas tectónicas da Terra mergulham umas nas outras, arrastam 3 vezes mais água para o interior do planeta do que se pensava - e essa quantidade de água não está a …