Autora de “Como matar o seu marido” é a principal suspeita de matar o marido

(dr) Portland Police Bureau

Nancy Crampton Brophy

Nancy Brophy escreveu o livro Como Matar o Seu Marido. Agora, a norte-americana de 68 anos é a principal suspeita da morte do seu marido.

No livro Como Matar o Seu Marido, Nancy Crampton Brophy escreve um ensaio sobre como é que uma mulher pode matar o marido sem ser descoberta. As descrições que surgem pintadas nas páginas da obra são, porém, muito detalhadas, tendo feito soar os sinais de alerta.

Ironicamente, Nancy Brophy foi detida no dia 5 de setembro pelas autoridades norte-americanas como principal suspeita pelo homicídio de Daniel C. Brophy, seu marido.

No dia 2 de junho, o norte-americano de 63 anos foi encontrado baleado na escola de culinária onde era professor em Portland, no estado do Oregon. Daniel estava casado com a escritora há 27 anos, numa relação descrita pela própria como “de mais momentos bons do que de maus”.

O professor de cozinha, que os alunos recordam como uma “enciclopédia de conhecimento”, era detentor de uma abordagem muito criativa de ensino e, além disso, tinha “um excelente sentido de humor”.

Neste último aspeto, ambos eram muito parecidos, dado que Nancy era também uma fã de humor negro que, através das redes sociais, falava do seu casamento em tom satírico, adianta o jornal Público.

No entanto, não é com humor que Nancy Crampton Brophy enfrenta o mais recente capítulo da sua vida: as autoridades norte-americanas acreditam que a escritora terá usado a arma do marido para cometer o assassinato, seguindo um dos métodos que a própria descreve minuciosamente no ensaio do livro Como Matar o Seu Marido.

No livro, Nancy refere detalhes muito precisos. Além de aconselhar a não recorrer a um assassino profissional, porque “acabam por contar tudo à polícia”, a escritora adverte que é melhor não pedir ajuda ao amante: “nunca é uma boa ideia”.

Semanas após a morte do marido, os vizinhos notaram que se passava algo de muito estranho com Nancy. Don McConnell, vizinho da autora há seis anos, disse ao Oregonian que Nancy “nunca mostrou sinais de estar triste ou muito chateada”. Sem qualquer emoção, quando Don lhe perguntou se havia novidades acerca do caso, a escritora respondeu: “sou suspeita“.

No dia 5 de setembro, Nancy Crampton Brophy acabou por ser detida e acusada pela morte do homem com quem era casada há 27 anos. Agora, a escritora está sob custódia das autoridades, sem fiança.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Possivelmente as autoridades andaram lentas demais pois a mulher ou será psicopata ou maquiavélica, para se dar ao luxo de escrever um livro desta natureza.

RESPONDER

Infarmed já tem substituto para medicamento de Parkinson que esgotou

O Infarmed, Autoridade Nacional do Medicamento, garantiu uma alternativa ao Sinemet, medicamento para a doença de Parkinson que está esgotado nas farmácias portuguesas. "Na sequência das diversas reuniões com as empresas que têm medicamentos nesta área, …

Outono chega no domingo com temperaturas de verão

O outono começa no domingo com temperaturas acima dos 30 graus Celsius, podendo aproximar-se dos 40 nas regiões da Beira Baixa, Alentejo e Vale do Tejo, segundo Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e …

Sánchez disposto a ir ao senado explicar “erro numa passagem” do seu livro

O primeiro-ministro espanhol disse, esta quinta-feira, que está disposto a ir ao senado explicar o "erro numa passagem" de um livro que escreveu e que "vai ser corrigido", avisando a oposição que vai continuar a …

Empresa austríaca cria método que transforma plástico em petróleo

A companhia petrolífera austríaca OMV apresentou esta quinta-feira um inovador procedimento que permite a produção de petróleo a partir de resíduos de plástico - material que é precisamente fabricado a partir deste recurso natural. A inovadora …

José Sócrates promete escrever um livro sobre a "traição" do PS

O ex-primeiro-ministro socialista compara a sua situação com a do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva. A única diferença, segundo José Sócrates, é que "o PT manteve-se sempre ao lado de Lula". Numa entrevista ao Folha de …

Em nome da ciência, polvos tomaram ecstasy (e houve muito amor à mistura)

O que é que acontece quando um polvo consome drogas, mais concretamente ecstasy? Cientistas norte-americanos tiveram a oportunidade de realizar essa experiência. De acordo com o Science Alert, a equipa de investigadores deu MDMA, substância psicotrópica …

Recapitalização da CGD faz disparar défice de 0,9% para 3%

Sem a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), o défice orçamental de 2017 situar-se-ia nos 0,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas o cheque de quase 4 mil milhões de euros que o Governo …

Jovem foi violada quando estava inconsciente. Tribunal fala em "sedução mútua"

Uma jovem de 26 anos foi violada por dois indivíduos quando estava desmaiada, numa discoteca em Vila Nova de Gaia. A Relação do Porto entendeu que os criminosos não devem ser condenados a uma pena …

7 dos 10 políticos mais ricos de Portugal são do PS. Basílio tem 11 milhões

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, tem um património superior a 11,5 milhões de euros, sendo assim o político em funções mais rico de Portugal. Os dados são avançados pela revista Sábado …

Trump ameaça paralisar Governo se não houver dinheiro para o muro

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou esta sexta-feira travar um acordo orçamental que permitiria evitar a paralisação das instituições federais do país, por este não prever financiamento para construir o seu desejado muro na fronteira …