Autarca “caixeiro-viajante” demora um dia a percorrer a maior freguesia do país

andré.luís / Fickr

Alcácer do Sal

Alcácer do Sal

Arlindo José Passos, que preside à maior freguesia do país, a união de freguesias de Alcácer do Sal, considera que a dimensão do território que tem a cargo “é uma aberração” criada pela reforma administrativa.

Com uma área superior à ilha da Madeira para cuidar, 916 quilómetros quadrados, Arlindo José Passos faz de “caixeiro-viajante” do Estado, visitando de 15 em 15 dias cada aldeia, onde passa atestados a quem lhe solicita e trata das competências que lhe estão confiadas enquanto autarca.

“Pela primeira vez estou a tempo inteiro na Junta, mas, mesmo assim, é insuficiente e não se consegue fazer nada de jeito. Só para dar a volta à freguesia leva-se um dia inteiro”, disse à agência Lusa.

A união de freguesias a que preside corresponde a 70% do concelho de Alcácer e abrange 60% da população, mas, além da cidade, compreende mais 15 aldeias, as mais distantes a 30 quilómetros da sede da nova freguesia.

“Assim é difícil haver proximidade e para as populações a situação piorou bastante [com a agregação]” avalia o autarca eleito pela CDU.

Para minimizar os efeitos e não penalizar a população, a união de freguesias vai alternando entre as sedes das freguesias que foram agregadas e que mantém em funcionamento, para evitar maiores deslocações aos habitantes.

“É um crime o que fizeram à freguesia de Santa Susana, porque fica a 15 quilómetros da sede, e localidades ainda mais distantes. Se fossemos a fechar a delegação, algumas pessoas para pedir um atestado tinham de se deslocar 30 quilómetros”, justifica.

Segundo o autarca, “da junção das três freguesias resultou uma redução real de três mil euros” do Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF), sendo uma das uniões de freguesia com maior percentagem do Fundo.

O contraste com a Madeira, realidade que só em área se assemelha, é inevitável no discurso dos autarcas: “o nosso orçamento é de 625 mil euros para uma área de 916 quilómetros quadrados, com 18 funcionários. Com as novas competências, o que é que podemos fazer?”, interroga-se.

O título de autarca da maior freguesia do país não é novidade para Arlindo Passos. Presidiu à que era a maior antes da reforma administrativa, Santa Maria do Castelo, com 436 quilómetros quadrados.

Recorda que a mesma havia já sofrido alterações territoriais, mas de sentido inverso e sem polémicas, porque foi feita “por vontade das populações e com o acordo dos eleitos locais, o que não aconteceu” com a reforma recente.

“Em 1975, Santa Maria do Castelo tinha 850 quilómetros quadrados e foram criadas duas freguesias, a de São Martinho e a da Comporta, por vontade própria da população e dos eleitos locais e não houve nenhuma contestação, ao contrário do que se passa” agora, sublinha.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

OE2020. Novas medidas valem mais de 200 milhões de euros

As medidas do Orçamento do Estado para 2020 que o Governo já negociou à esquerda na especialidade têm um impacto estimado superior a 200 milhões de euros. Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, referiu, …

Júlio Isidro recebe Medalha de Mérito Cultural

O Governo atribuiu a Medalha de Mérito Cultural ao locutor e apresentador de televisão Júlio Isidro, realçando o “inestimável trabalho de uma vida dedicada” ao audiovisual. A entrega da Medalha de Mérito Cultural foi feita, num …

EUA. Mulher é detida após tentar construir uma bomba numa loja da Walmart

Uma norte-americana foi detida numa loja da Walmart, na Florida, Estados Unidos (EUA), após tentar construir uma bomba dentro do estabelecimento comercial. A mulher, que tinha uma criança consigo, foi identificada pelo segurança quando andava sem …

Simeone reitera confiança em João Félix. "Acreditamos totalmente nele"

O técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, voltou a falar de João Félix esta sexta-feira, reiterando toda a confiança no avançado de 20 anos. "A Supertaça foi mais um passo de experiência para um rapaz …

Ensino Superior com mais concursos para professores em 2019

As instituições de Ensino Superior abriram, em 2019, mais 948 concursos para a carreira docente do que em 2018, anunciou, esta quinta-feira, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. De acordo com uma nota do …

Paulo Gonçalves. Seguradoras atrasam autópsia e trasladação do corpo para Portugal

Paulo Gonçalves faleceu no domingo, aos 40 anos, na sequência de uma queda sofrida ao quilómetro 273 da sétima de 12 etapas do Rali Dakar. Exigências das seguradoras quanto a despistes toxicológicos ao corpo de Paulo …

Estivadores vão fazer greve em Setúbal e ameaçam fazer o mesmo em Lisboa

O Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) revelou esta sexta-feira que vai entregar já na segunda-feira um pré-aviso de greve no Porto de Setúbal e ameaça fazer o mesmo no Porto de Lisboa. “Os trabalhadores …

Segundo maior diamante transforma-se em joias Louis Vuitton

Depois de cortado e polido, o segundo maior diamante da história será transformado numa coleção de joias da Louis Vuitton. A Lucara Diamond encontrou o diamante Sewelo, de 1.758 quilates, na sua mina do Botswana, no …

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …