Austrália investe 313 milhões na proteção da Grande Barreira de Coral

Richard Ling / Flickr

O ministro do Ambiente e da Energia da Austrália, Josh Frydenberg, anunciou este domingo um investimento de 500 milhões de dólares australianos – 313 milhões de euros – para proteger a Grande Barreira, o maior sistema de coral do mundo.

O Parque Marítimo da Grande Barreira passará a receber 6,3 milhões de euros anuais adicionais para “manter e paliar o trabalho essencial” na área declarada Património da Humanidade, acrescentou o governante.

“O Governo vai investir mais de 500 milhões de dólares australianos, o investimento maior alguma vez feito, para proteger os recifes e assegurar a sua viabilidade e a dos 64 mil postos de trabalho que dependem da Grande Barreira”, disse Frydenberg, citado pela EFE.

O ministro salientou estar a falar de “um amplo leque de iniciativas novas, tendo em conta os melhores conselhos dos especialistas, trabalhando de forma mais estreita com a autoridade do Parque Marítimo da Grande Barreira de Coral para garantir que o recife tem as melhores oportunidades de futuro”.

A Grande Barreira, que acolhe 400 tipos de colar, 1.500 espécies de peixes e 4.000 variedades de moluscos, cria anualmente cerca de 4.000 milhões de euros às economias da Austrália e de Queensland.

O maior recife de coral do mundo começou a deteriorar-se na década de 1990 pelo duplo impacto do aquecimento da água do mar e do aumento da sua acidez devido à maior presença de dióxido de carbono na atmosfera.

Em janeiro, o governo central anunciou um investimento do equivalente a 37,5 milhões de euros para aumentar o pessoal e os barcos que combatem a praga de estrelas-do-mar que comem os corais da Grande Barreira.

Este apoio oferecia também incentivos aos agricultores para a redução da contaminação gerada pela sua atividade e que confina com a área marítima onde se encontram os recifes.

A 19 de abril, um estudo revelou que a Grande Barreira de Coral sofreu um “colapso catastrófico”, que acusava um dos branqueamentos mais destrutivos.

De acordo com o estudo publicado então na revista científica Nature, um terço dos corais de superfície da Grande Barreira morreu em 2016, devido ao aumento das temperaturas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem que a grande barreira de corral não esta em Portugal, porque se estivesse, la teriamos o Centeno a discursar para a barreira de coral dizendo que teria de esperar uns tempos ate que o défice baixasse….

  2. Mas mesmo assim seria dificil esse projecto ser aprovado na AR visto que seria dinheiro que ja nao estaria disponivel para ser gamado pelos ladrões do cistume

RESPONDER

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …