Depois dos incêndios, Austrália está prestes a enfrentar uma “bonança” de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é muito provável que estas criaturas se proliferem.

A Austrália já teve de lidar com incêndios florestais extremos, inundações, tempestades de areia e até granizo. Agora, um grupo de especialistas está alertar para o perigo de aranhas mortais se proliferarem no país, devido às “condições perfeitas” que existem atualmente.

“Estamos a emitir uma mensagem de alerta ao público, já que as recentes condições de clima húmido, seguidas de dias quentes, criaram as condições perfeitas para que as aranhas-teia-de-funil prosperem”, lê-se numa publicação no Facebook do Australian Reptile Park.

Ainda que pareça assustador, esta não é uma experiência totalmente nova para Sydney. A Austrália é a casa de, pelo menos, 40 espécies de aranha-teia-de-funil. Uma delas é considerada a aranha mais letal para os seres humanos.

Quando o clima fica húmido, estes aracnídeos abandonam as suas tocas. As aranhas macho desta espécie têm um veneno seis vezes mais potente do que as fêmeas – e, segundo os especialistas, os machos são os únicos observados até agora.

No entanto, segundo o Science Alert, o Australian Reptile Park está preparado. Desde que o programa anti-veneno começou, na década de 1980, não houve uma única morte humana provocada por uma aranha-teia-de-funil.

Todos os anos, são relatadas entre 30 e 40 picadas, mas o veneno das aranhas que vivem neste parque australiano é usado para criar um antiveneno que já salvou centenas de vidas. Para o produzir, os cientistas retiram o veneno das aranhas, injetam-no num coelho e, de seguida, usam o anticorpo que este mamífero produz posteriormente para desenvolver um soro que evita um ataque semelhante em humanos.

Se por um lado a perspetiva de uma “bonança” de aranhas mortais na Austrália parece assustadora, também é emocionante: o parque está a pedir a todos os corajosos para capturarem as aranha-teia-de-funil que encontrarem.

No vídeo publicado no Facebook, um funcionário do parque explica como capturar estas criaturas velozes: basta usar um recipiente e uma colher (ou outro utensílio semelhante). Uma vez presa no recipiente, o especialista aconselha a colocar um pouco de algodão embebido em água, para que o animal não desidrate.

“Ao doar uma aranha ao parque de répteis, está a contribuir para salvar a vida das pessoas”, remata.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Surtos em lar e infantário fazem 38 infetados nas Caldas da Rainha

Dois surtos de covid-19 foram detetados num lar e num infantário nas Caldas da Rainha, com um total de 38 pessoas infetadas, cinco das quais crianças, confirmou este domingo à agência Lusa o presidente da …

Mais seis mortes e 232 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, nesta segunda-feira, mais seis mortes por covid-19 e mais 232 novos casos, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo. O boletim epidemiológico desta segunda-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), …

Quebras no turismo triplicam desemprego no Algarve

O desemprego no Algarve aumentou mais de 200% em maio para quase 28 mil desempregados, atingindo sobretudo o setor da hotelaria, que desespera pela chegada de turistas para atenuar o "golpe" de quase três meses …

Marques Mendes elogia "voz independente" de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David …

O “Grenadier” já não vai ser português. Fabricante automóvel Ineos desiste de fábrica em Estarreja

A INEOS Automotive, empresa do ramo automóvel, transmitiu à Câmara de Estarreja que vai suspender o investimento de 300 milhões de euros numa fábrica no concelho, revelou este domingo fonte municipal. "A empresa transmitiu à Câmara …

Grécia e Austrália recuam na abertura de fronteiras. Marrocos isola cidade após recorde de casos

Grécia e Austrália anunciaram neste fim-de-semana um recuo na abertura das suas fronteiras, enquanto que Marrocos isolou uma cidade após um número recorde de novas infeções de covid-19 registadas em 24 horas. A Grécia anunciou …

Dinheiro dos pobres usado para "vida de luxo". Presidente, mulher e filha da Mão Amiga acusados

O presidente da Associação Mão Amiga, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, a mulher e a filha foram acusados pelo Ministério Público (MP) de usarem o dinheiro da instituição para pagarem uma "vida de luxo". …

Fisco tem por cobrar 15 mil milhões de euros em impostos

O Jornal Económico escreve esta segunda-feira que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem por cobrar 14.919 milhões de euros em impostos. De acordo com o diário de economia, mais de metade da dívida dos contribuintes está …

"Armada espanhola" assegura 70% do mercado das obras públicas em Portugal

As empresas espanholas estão a assegurar 70% do mercado das obras públicas em Portugal, escreve esta segunda-feira o jornal Público, citando uma análise ao Portal Base, às obras públicas acima de sete milhões de euros No …

"Oitavos" da Liga dos Campeões não vão ser jogados em Portugal

A UEFA cedeu à pressão dos clubes e decidiu que os encontros da segunda mão dos oitavos-de-final vão ser disputadas nos respetivos estádios dos clubes. Os encontros por jogar relativos aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões …