Depois dos incêndios, Austrália está prestes a enfrentar uma “bonança” de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é muito provável que estas criaturas se proliferem.

A Austrália já teve de lidar com incêndios florestais extremos, inundações, tempestades de areia e até granizo. Agora, um grupo de especialistas está alertar para o perigo de aranhas mortais se proliferarem no país, devido às “condições perfeitas” que existem atualmente.

“Estamos a emitir uma mensagem de alerta ao público, já que as recentes condições de clima húmido, seguidas de dias quentes, criaram as condições perfeitas para que as aranhas-teia-de-funil prosperem”, lê-se numa publicação no Facebook do Australian Reptile Park.

Ainda que pareça assustador, esta não é uma experiência totalmente nova para Sydney. A Austrália é a casa de, pelo menos, 40 espécies de aranha-teia-de-funil. Uma delas é considerada a aranha mais letal para os seres humanos.

Quando o clima fica húmido, estes aracnídeos abandonam as suas tocas. As aranhas macho desta espécie têm um veneno seis vezes mais potente do que as fêmeas – e, segundo os especialistas, os machos são os únicos observados até agora.

No entanto, segundo o Science Alert, o Australian Reptile Park está preparado. Desde que o programa anti-veneno começou, na década de 1980, não houve uma única morte humana provocada por uma aranha-teia-de-funil.

Todos os anos, são relatadas entre 30 e 40 picadas, mas o veneno das aranhas que vivem neste parque australiano é usado para criar um antiveneno que já salvou centenas de vidas. Para o produzir, os cientistas retiram o veneno das aranhas, injetam-no num coelho e, de seguida, usam o anticorpo que este mamífero produz posteriormente para desenvolver um soro que evita um ataque semelhante em humanos.

Se por um lado a perspetiva de uma “bonança” de aranhas mortais na Austrália parece assustadora, também é emocionante: o parque está a pedir a todos os corajosos para capturarem as aranha-teia-de-funil que encontrarem.

No vídeo publicado no Facebook, um funcionário do parque explica como capturar estas criaturas velozes: basta usar um recipiente e uma colher (ou outro utensílio semelhante). Uma vez presa no recipiente, o especialista aconselha a colocar um pouco de algodão embebido em água, para que o animal não desidrate.

“Ao doar uma aranha ao parque de répteis, está a contribuir para salvar a vida das pessoas”, remata.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …