Austeridade ajudou a conter efeitos da pandemia. Crise será um “choque”, mas vai “criar oportunidades”

Alice O’Donkor / wikimedia

O economista Ricardo Reis, professor da London School of Economics.

A crise pandémica “será um choque para as economias”, mas “os choques podem criar oportunidades”. A análise é do economista Ricardo Reis, professor da London School of Economics, que também salienta como as políticas de austeridade ajudaram a conter os primeiros efeitos económicos da pandemia em Portugal.

“A política de austeridade, que nos últimos quatro ou cinco anos chamámos de contenção ou responsabilidade, permitiu-nos ter estímulos orçamentais“, considera o conceituado economista no programa “Da Capa à Contracapa” da Rádio Renascença (RR).

“Para quem questionou as cativações e outras artimanhas que permitiram ter austeridade com outro nome, por via do controlo do défice público nos últimos oito a nove anos, vê agora o resultado do sacrifício”, considera ainda o também presidente do Comité de Datação de Ciclos Económicos da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Ricardo Reis acredita que a segunda vaga de covid-19 não vai afectar tanto a economia portuguesa como a primeira, porque não deverá haver um confinamento generalizado, como o primeiro-ministro já anunciou.

Contudo, esta segunda vaga deve impedir uma recuperação rápida da economia já em 2021.

“É difícil adivinhar se vamos ter uma recuperação em ‘V’. É fácil de prever que haja um ressalto na economia simplesmente porque parar mais do que parámos em Março e Junho é impossível”, analisa o economista, considerando que “basta voltar a trabalhar mesmo em nova vaga de covid que a economia não vai sofrer tanto como sofreu”.

“Há aí um impulso de recuperação. Se vai ser refeito todo o caminho em 2021, é optimista”, considera porém.

Ricardo Reis acredita também que Portugal pode sair beneficiado com a crise pandémica, nalgumas áreas, nomeadamente com a generalização do teletrabalho.

Receber os choques pode criar oportunidades, para desta vez tirarmos partido delas. Talvez seja uma oportunidade uma empresa se diversificar e instalar as suas fábricas em Portugal. E uma segunda oportunidade está na mudança para cada vez mais trabalho à distância”, constata.

“Os economistas falam das ‘economias da aglomeração’, as forças que levam a que a Alemanha e a França tenham vantagens competitivas por estarem próximas dos centros do mundo e que podem ser hoje menores. E assim um país periférico como Portugal beneficia”, acrescenta ainda o economista.

Contudo, Ricardo Reis destaca como pontos negativos a grande dependência externa de Portugal, pelo que uma possível crise financeira internacional complicará a retoma económica.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Em todas as crises há oportunidades. Olhem aí todos de motorizada a levar comida a casa. O problema dos choques é que estes implicam ajustes que não são imediatos. E as pessoas não comem para stock. Não hibernam como os ursos. Logo, há sempre um período de tempo complicado, ainda para mais num país em que entre reformados e assalariados mais de metade está no equivalente ao salário mínimo ou aí próximo. E 75% da população não passa dos 25 mil euros anuais (agregado familiar). Isso sim, é dramático. Felizmente que o nosso PR, PM e Presidente da CML trouxeram para Portugal a final da Liga dos Campeões e neste momento praticamente não há desemprego e está tudo bem.

    • Stock só mesmo de papel higiénico o que é obviamente muito importante para o português. Talvez porque nos estejamos a cag*r para se quem nos governa é realmente competente ou não.

  2. Esta opinião em teoria é muito bonita e promissora. Na prática não passa de uma especulação otimista que poderá nunca se concretizar.
    O problema dos governos, instituições, especialistas, etc. é que cada vez mais baseiam as suas decisões ou ideias em pressupostos em vez de realidades…

RESPONDER

Europol. Crime organizado na UE está mais violento e recorre mais à corrupção

O crime organizado na União Europeia (UE) está a ficar mais violento e a corrupção é uma característica da quase totalidade das operações das redes de criminosos, concluiu um estudo da Europol. Um relatório da agência …

Advogado da família de Homeniuk pede condenação de inspetores do SEF por homicídio qualificado

O advogado da família do cidadão ucraniano Ihor Homeniuk, que morreu nas instalações do SEF no aeroporto de Lisboa, insistiu, esta segunda-feira, na condenação dos três inspetores pelo crime de homicídio qualificado que consta da …

"Mestre do churrasco", "lenda da brincadeira" e homem de "honra". William e Harry recordam avô

Os príncipes William e Harry prestaram hoje homenagem, em comunicados separados, ao príncipe Filipe, que morreu na sexta-feira aos 99 anos no Castelo de Windsor, lembrando o avô como um homem “extraordinário” marcado pelo “dever” …

Em São Miguel, os restaurantes de concelhos em nível de alto risco fecham as portas a partir de amanhã

Todos os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares nos concelhos do Nordeste e Vila Franca do Campo, em São Miguel, nos Açores, vão encerrar a partir de terça-feira, funcionando apenas em regime de take-away ou …

O Brasil está a construir uma nova estátua gigante de Cristo. Vai ser mais alta que a do Rio de Janeiro

Uma nova estátua gigante do Cristo que está a ser construída no sul do Brasil será ainda mais alta do que a icónica estátua do Cristo Redentor com vista para o Rio de Janeiro. Cabeça e …

Costa anuncia 252 milhões de euros de investimento na investigação e economia do mar

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai ter uma verba de 252 milhões de euros autonomizada para financiar investimentos na investigação, na economia do mar e na segurança pesqueira. Além …

Setor da restauração diz que os apoios e horários estabelecidos aumentam a “escravização"

Segundo um documento da PRO.VAR, dois em cada três (66,4%), dos estabelecimentos localizados em centros comerciais, ponderam apresentar pedidos de insolvência. O trabalho tem por base um inquérito a empresas do sector realizado entre os dias …

Ucrânia diz que Rússia não responde a pedido de conversações, mas conta com o apoio da NATO

O Presidente ucraniano, Volodimir Zelenskii, disse que ainda não conseguiu falar com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, para discutir a escalada do conflito no Leste da Ucrânia. A Rússia e a Ucrânia acusam-se mutuamente de …

"O trabalho liberta." Polícia comunica pichagem nazi no Porto ao Ministério Público

A Polícia Municipal vai comunicar ao Ministério Público (MP) uma pichagem num portão da Avenida do Brasil, no Porto, com a frase nazi "o trabalho liberta". Uma pichagem num portão da Avenida do Brasil, no Porto, …

Um morto e um ferido em tiroteio junto a hospital em Paris. Atirador encontra-se em fuga

Um tiroteio numa rua no bairro 16 da capital francesa causou a morte de um segurança do hospital Henry Dunant e ferimentos muito graves numa utente. Os disparos deram-se em frente ao hospital Henry Dunant, …