Augusto Santos Silva acusa TVI de censura

O ex-ministro socialista Augusto Santos Silva afirmou à agência Lusa que o Departamento de Agenda da TVI lhe comunicou esta terça-feira, pelas 16:45 horas, que o seu programa “Os porquês da política” foi cancelado, ato que classificou como “censura”.

Ministro dos governos de António Guterres e de José Sócrates, Augusto Santos Silva transmitiu esta posição após ter participado no ISCTE (Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Educação), em Lisboa, numa homenagem ao antigo ministro José Mariano Gago.

“Às 16:45 horas, o Departamento de Agenda da TVI comunicou-me que o meu programa na TVI24, que deveria ser transmitido hoje a partir das 22:00 horas, fora cancelado, sendo emitido em alternativa um programa especial de análise à entrevista que o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, concede à SIC. Considero estar perante um ato de censura por parte da direção de informação da TVI”, declarou Augusto Santos Silva.

De acordo com a versão do ex-ministro da Defesa e dos Assuntos Parlamentares dos executivos de José Sócrates, ainda esta segunda-feira a TVI confirmara que o programa “Os porquês da política” seria emitido esta noite, razão pela qual se deslocou a Lisboa.

Apesar de a TVI ter rescindido unilateralmente o contrato para a sua presença como comentador, “através de uma comunicação escrita com 30 dias de antecedência”, o professor universitário do Porto referiu que essa decisão teria efeitos a partir do final de julho, razão pela qual estavam previstos mais dois programas, um para hoje, outro para dia 28.

“Porém, confrontaram-me agora com uma decisão administrativa. O que a direção de informação da TVI acaba de fazer é impedir que a rúbrica seja emitida, censurando-a. É uma decisão administrativa que me impede que seja realizado o meu direito como autor“, insistiu o ex-ministro socialista.

Augusto Santos Silva, que tutelou a pasta da comunicação social entre 2005 e 2009, deixou ainda mais uma crítica à direção de informação da TVI: “Nunca acreditei que houvesse este atrevimento, mas tal acaba de ser confirmado”, disse.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Para oposição aos “ditadores temos agora os “verdadeiros democratas” que o impedem de fazer o programa.
      Ditadores não! Democracia sim!
      E democracia é só comentadores do arco da governação em todos os canais!

      • O alinhamento das emissões dos canais de informação do cabo tem particularidades e o tal “trombonista” sabe que a sua “musica” foi protelada. Agora censurado ?!?
        Alguns de nós sabem quem na última década teve problemas com a liberdade de imprensa, melhor, quem tentou por todos os meios calar jornalistas e até orgãos de informação, tentando comprá-los, ou roubando gravadores em entrevistas previamente acordadas e que correram mal. Por acaso sabemos de onde vêm esses prevaricadores todos.

RESPONDER

Prisão preventiva para hacker português suspeito de invadir sistema do tribunal eleitoral do Brasil

O hacker suspeito de invadir o sistema informático do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil, detido no sábado em Portugal, ficou esta segunda-feira em prisão preventiva, disse à agência Lusa fonte ligada ao processo. A PJ, …

Chefe do Governo Hong Kong revela ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas

A chefe do Governo de Hong Kong, Carrie Lam, revelou esta semana ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas. Em declarações à International Business Channel, a líder do Executivo de Hong Kong …

António Mexia e Manso Neto vão deixar gestão da EDP

Os presidentes executivos da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, ambos suspensos de funções, manifestaram-se indisponíveis para voltar a integrar os órgãos sociais do grupo num novo mandato. Em comunicado à Comissão …

João Ferreira desafia Marcelo a assumir candidatura "o quanto antes"

  João Ferreira, candidato comunista às presidenciais, acredita, como os "todos" os portugueses, que Marcelo Rebelo de Sousa será recandidato, mas desafiou-o esta segunda-feira a dizê-lo "quanto antes", por "uma questão de transparência". “Já todos perceberam o …

Irão. Líder Supremo pede punição pela morte de cientista que liderou programa nuclear

O líder supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, exigiu no sábado punição pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que liderou o programa nuclear de Teerão, enquanto a República Islâmica culpa Israel pelo assassinato. Israel, há muito …

Portugal é o país da UE mais próximo de atingir metas climáticas para 2030

Portugal é o país da União Europeia (UE) mais perto de atingir as suas metas climáticas de redução de emissões até 2030, relativamente aos níveis de 2005, segundo um relatório esta segunda-feira publicado pela Comissão …

Novos casos aumentam mais de 50% em oito concelhos do Norte

O número de novos casos de infeção no Norte aumentou mais de 50% em oito concelhos da região, seis dos quais no distrito de Vila Real e dois em Bragança, segundo o relatório da Administração …

União Europeia convida Joe Biden para cimeira presencial durante presidência portuguesa em 2021

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convidou o Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma cimeira presencial no primeiro semestre de 2021, durante a presidência portuguesa da União Europeia. Fontes europeias informaram que …

Maior controlo nas fronteiras não foi eficaz para conter o vírus, diz Cabrita

O ministro da Administração Interna considerou esta segunda-feira que o maior controlo nas fronteiras internas do espaço Schengen, durante os primeiros meses da pandemia, não foi eficaz para conter o novo coronavírus. “Ao nível das fronteiras …

Hospitais de Coimbra estão "muito próximos" do limite de capacidade

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está "muito próximo do limite de capacidade" de resposta à covid-19, devido à falta de recursos humanos, disse esta segunda-feira o presidente do conselho de administração da …