A atmosfera da Europa tem mais iodo-131 e ninguém sabe porquê

Soichiro Mihara / Flickr

Medição de radioactividade na estrada entre Namie e Naraha, na região de Fukushima

Medição de radioactividade na estrada entre Namie e Naraha, na região de Fukushima

Um aumento inexplicável nos níveis de radiação tem sido detectado por estações de monitorização ao longo de todo o norte e oeste europeu. Embora a situação ainda não represente um grande risco para os humanos, as autoridades nacionais estão a esforçar-se por entender o que pode estar a acontecer.

Segundoalguns especialistas, o fenómeno é um indício de uma provável fuga nuclear em alguma instalação industrial do continente.

Em janeiro, estações meteorológicas da Noruega detectaram a presença de iodo I-131,  isótopo radioactivo que é um subproduto da energia nuclear e de certos processos médicos. Embora seja perigoso para o organismo, as autoridades norueguesas consideraram que os níveis não eram suficientemente altos que justificassem um alerta.

Pouco depois do caso norueguês, a Finlândia, Polónia, Alemanha, República Checa, França e Espanha também relataram ter detectado a substância. No entanto, o valor mais elevado, registado em França, era cem vezes menor do que o mínimo considerado para um alarme.

De acordo com Astrid Liland, directora da Autoridade Norueguesa de Protecção da Radiação, embora minúscula, a radiação está a espalhar-se, e as autoridades europeias acreditam que a sua origem está localizada algures na Finlândia, Suécia ou Rússia.

“Uma vez que apenas foi encontrado iodo-131, e mais nenhuma outra substância radioactiva, pensamos que poderá estar ligado a alguma empresa farmacêutica que produza drogas radioativas”, disse Liland ao Motherboard.

“O iodo-131 é usado para o tratamento de cancro“, explicou a responsável.

Apesar dos registos e da desconfiança dos especialistas, ninguém assumiu até agora a responsabilidade por qualquer fuga radioactiva.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Eu ia dizer precisamente isso e tenho chamado a atenção para a atmosfera esquisita que nos últimos dias tem estado em Portugal mas as pessoas acham tudo muito normal e que se trata apenas de céu enevoado. Nunca me lembro de ver o por de sol e o sol assim com este branco acinzentado.

  1. Eu olharia para França, principalmente para a central nuclear mais antiga deles, a de Fessenheim na fronteira com a Alemanha que já ultrapassou a “idade da reforma” e continua a operar com equipamentos de 1977 numa zona de inundações e sísmica!! Aproveitem também para testar a água do Rio Reno que há cerca de um ano está contaminada, com a população apenas a saber que a água que sai das torneiras não é própria para consumo. Ah! já quase me esquecia do aumento em cerca de 5% dos casos de cancros como o da mama e da leucemia nas proximidades das centrais nucleares… É impressionante como ainda existem fabriquetas explosivas a operar, quando a capacidade de produção de energias “limpas” é muito superior.

RESPONDER

Simeone confessa que gostava que João Félix "tivesse mais gasolina"

O treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone, elogiou João Félix no final da partida deste sábado contra o Osasuna, mas confessou que gostava que o internacional português "tivesse mais gasolina na fase final dos …

Ex-diretor do FBI admite que houve "negligência" na investigação da ingerência russa

O ex-diretor do FBI James Comey admitiu este domingo que “verdadeiras negligências” foram cometidas pela polícia federal no início da investigação sobre a ingerência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos. Donald Trump, …

"Alcochete sempre". Equipa do Sporting vaiada à chegada aos Açores

A comitiva do Sporting foi este domingo vaiada à chegada ao hotel em Ponta Delgada, nos Açores, na véspera do jogo contra o Santa Clara. "Alcochete sempre", gritou um grupo de cerca de 30 adeptos à …

Os seus genes não são o único fator que determina o risco de Alzheimer

O desenvolvimento da doença de Alzheimer não está exclusivamente ligado à genética, sugere um artigo científico publicado recentemente. No primeiro estudo publicado sobre a doença de Alzheimer em trigémeos idênticos, os cientistas descobriram que, apesar de …

"Poções do amor" podem tornar-se na solução para uma relação eterna

Numa verdadeira fusão entre ficção e realidade, as nossas relações amorosas podem vir a ser salvas por uma "poção do amor". A solução passa por se recorrer à manipulação química do amor para tentar que …

Há uma segunda população estelar no disco espesso da Via Láctea

As estrelas que compõem o disco espesso da Via Láctea pertencem a duas populações estelares distintas, com características diferentes. Um novo estudo sobre a composição cinemática e química de uma amostra de estrelas nas proximidades do …

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …