Ativista ou manipulada pela esquerda? Greta Thunberg perplexa com “fomentadores de ódio” que a atacam

Greta Thunberg chegou às notícias pela luta pessoal travada em nome do planeta. O seu exemplo alastrou-se, o nome atravessou fronteiras e a adolescente ascendeu a outros palcos.

Aos 16 anos, a adolescente sueca conseguiu chegar à Cimeira da Ação Climática da Organização das Nações Unidas (ONU) e desafiar as autoridades políticas: “Como é que se atrevem?”. O seu discurso foi marcado pelo tom frontal e por, a certa altura, ter chorado.

“Está tudo errado. Não deveria estar aqui. Devia estar de regresso à escola do outro lado do oceano. Mas todos me procuram em busca de esperança. Como se atrevem? Vocês roubaram os meus sonhos e a minha infância com palavras vazias”, atirou em lágrimas a jovem sueca de 16 anos.

Greta Thunberg, que viajou para Nova Iorque num veleiro por se recusar a andar de avião, argumentando que é um meio de transporte especialmente poluente, foi uma das presenças mais aguardadas na cimeira do clima das Nações Unidas, onde participaram vários líderes nacionais e chefes de Estado, como foi o caso do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Mas a aparente consensualidade da causa que defende e a sua idade não chegou para a manter a salvo de críticas. Entre os que a elogiam pela coragem e a tomam como exemplo de uma luta que a todos deve pertencer, inspiração para a geração que representa, outra ala surgiu, para lhe apontar um dedo acusador, garantindo que ela própria e a sua luta estão a ser manipuladas.

Num artigo publicado no The Gateway Pundit, o escritor norte-americano Jim Hoft garante que a jovem ativista está a ser manipulada pelo movimento da esquerda internacional: “Ela fala por eles. Ela é a voz deles. Ela ataca o mundo ocidental, mas é reservada quanto a condenar a China ou a Índia, os dois maiores poluidores do mundo”.

De acordo com semanário Expresso, outras notícias chamaram a atenção para o facto de ao lado de Greta aparecer regularmente a sua treinadora, a alemã Luisa Neubauer, conhecida ativista ambiental, membro da Alliance 90/The Greens (Aliança 90 /Os Verdes) e da Green Youth (Juventude Verde), além de estar ligada à ONG de George Soros, a ONE Foundation – que também recebe financiamentos de Bono Vox e Bill e Melinda Gates.

Na segunda-feira, Michael Knowles, podcaster do Daily Wire e comentador político conservador norte-americano, falava na Fox News sobre ambiente e as dietas sem carne, quando o seu discurso fez uma viragem inesperada, para alertar para a “histeria do movimento climático”. “Não é sobre a ciência”, afirmou. “Se o fosse seria liderado por cientistas e não por políticos e por uma rapariga sueca com doenças mentais, que está a ser usada pelos pais e pela esquerda internacional”, acrescentou.

O comentário foi condenado por outro comentarista presente, Christopher Hanh, político e ativista do Partido Democrata: “Como se atreve? Um homem adulto a atacar uma jovem. Devia ter vergonha”.

Os ataques já levaram a uma reação de Greta. Esta quarta-feira, a sueca declarou a sua perplexidade face aos ataques de quem tem sido alvo. A maioria desses ataques foi feita por adultos, que recorrem “a todo o tipo de mentiras e teorias de conspiração”.

Numa publicação no Facebook, a ativista escreveu que os atacantes “parece que ultrapassam todas as marcas para desviarem as atenções, uma vez que estão desesperados em impedir que se fale da crise climática e ecológica”.

Here we go again… As you may have noticed, the haters are as active as ever – going after me, my looks, my clothes, my…

Publicado por Greta Thunberg em Quarta-feira, 25 de setembro de 2019

A ativista sueca criticou os “fomentadores de ódio”, que estão “mais ativos do que nunca”. No seu caso, Thunberg detalhou: “Criticam-me, a minha aparência, a minha roupa, o meu comportamento e a minha diferença”. Mas contrapõe: “Ser diferente não é uma doença e a ciência não é uma opinião – são factos”.

De forma direta, considerou: “Honestamente, não percebo por que é que há adultos que escolhem passar o seu tempo a gozar e ameaçar crianças e adolescentes, por promoverem, a ciência, quando poderiam estar a fazer alguma coisa boa, em vez disso. Acho que eles simplesmente sentem-se ameaçados por nós”.

A sua mensagem terminou com um apelo à participação nas várias ações da greve climática mundial previstas para sexta-feira: “Mas o mundo está a acordar. Vemo-nos nas ruas nesta sexta-feira”.

Para esta sexta-feira, 27 de setembro, está convocada uma nova greve pelo clima. As reivindicações são as mesmas das de outras greves: entre elas, conta-se a intenção de “cortar 50% das emissões de gases com efeito de estufa até 2030”. No mesmo dia, 150 países de todo o mundo deverão aderir à Greve Climática Global e Portugal é um deles.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Concordo com a iniciativa dos “managers” desta miúda e da “revolta” da mesma. Só discordo, não sobre o fundo mas sobre a forma, que esta adolescente faz a sua intervenção com tanta falta de ponderação. Além da ira e de um certo exagero contido no seu discurso, vê-se como se pode influenciar uma jovem e exorta-la a ter tal atitude. vislumbra-se um certo “extremismo” nesses movimentos, e isso preocupa-me !

  2. Se existe coisa que qualquer comum mortal, mesmo não entendendo nada de alterações climáticas ou lobbies percebe, é a expressão de ódio no olhar e nos olhares desta cidadã. Ódio fomenta ódio e vice-versa

  3. Pois, só sei que se trata de alguém de quem ainda não ouvi nada de novo, apenas ideias conhecidas e batidas transmitidas com histeria, capricho, arrogância, exagero, desequilíbrio… Conclusão: temo que tanto medianismo, totalmente infundado, faça muito mal à causa ecologista.
    Vou continuar a dar ouvidos aos milhões de incógnitos que num só segundo da sua vida dão mais à causa ambientalista e ao planeta, em discurso e em obra (principalmente em obra), que esta rapariga…

  4. A maioria das notícias sobre o clima são para manipular e desenformar às pessoas, Sou brasileiro morador da Amazônia, só tenho visto nos últimos dias mentiras por parte da imprensa e de muitas ONGS, que só fazem criar mentiras para satisfazer seus interesses políticos e econômicos.

RESPONDER

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …

Nacionalista apoiado pela Turquia eleito Presidente de Chipre do Norte

O nacionalista Ersin Tatar, apoiado pela Turquia, foi no domingo eleito "Presidente" da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte (RTCN), numa vitória surpreendente face ao dirigente cessante, Mustafa Akinci, anunciou o conselho eleitoral. Com 51,74% …