Ser ativista ambiental é mais perigoso em alguns países do que noutros

EA / Pexels

Colômbia

Nos países desenvolvidos, são vários os ambientalistas a pedir ação em caso de emergência planetária. Mas quando os ambientalistas são corajosos o suficiente para se fazerem ouvir em lugares como Barrancabermeja, na Colômbia, protestam normalmente contra problemas locais. 

A falta de saneamento, a água contaminada e a desflorestação são três dos problemas que degradam o ambiente local, representando também uma ameaça direta à saúde humana.

Barrancabermeja, na Colômbia, alberga a maior refinaria de petróleo da Colômbia.A refinaria opera há cerca de 100 anos e, durante esse período de tempo, as indústrias locais poluíram os cursos de água natural com metais pesados, que foram absorvidos pelo solo e pela vegetação com que o gado se alimenta.

A água potável não chega a todas as áreas de Barrancabermeja, fazendo com que alguns lugares não tenham água corrente, uma situação que já motivou vários protestos ambientais.

A poluição e o acesso a água potável são dois dos principais problemas da cidade, que motivam greves e protestos. Mesmo durante o pior conflito colombiano, entre os anos 1980 e o início dos anos 2000, a população de Barrancabermeja foi suficientemente corajosa para protestar pelo direito à água potável. E ainda hoje o fazem.

Segundo o The Conversation, no coração da indústria pesada da Colômbia, o ambientalismo tem raízes antigas e passou por duras décadas de violência e intimidação. A população colombiana mantém a preocupação com o ambiente há muitos anos, mas sempre sob pressão.

Os protestos ambientais em países em desenvolvimento da Ásia, América Latina, África ou Caraíbas podem ser perigosos. Estas regiões são, coletivamente, conhecidas como Global South.

Dos 20 países com mais assassinatos de ativistas ambientais em 2018, 19 são considerados parte do Global South. A única exceção é a Ucrânia, que ocupa a 10ª posição com três mortes. As Filipinas registaram mais assassinatos do que qualquer outro país, com 30 mortos no ano passado, seguida da Colômbia, com 24 mortes.

Em Barrancabermeja, os líderes ambientais são caluniados, intimidados e ameaçados. Muitos viram-se obrigados a abandonar as suas casas e procurar asilo político no exterior.

O movimento ambiental ganhou o apoio de milhões de pessoas em 2019. No entanto, manter a solidariedade para com as pessoas menos afortunadas dos países em vias de desenvolvimento e exigir uma ação coordenada e global é essencial.

A comunicação social assume um papel importante nesta missão, mas é importante que as experiências das pessoas que protestam em locais como Barrancabermeja sejam ouvidas, defende Fatima Garcia Elena, professora na Faculdade de Ciências Sociais, Nottingham Trent University, no Reino Unido.

É inegável a existência de diferenças nas lutas ambientais em todo o mundo. Aumentar a consciencialização sobre o aumento da temperatura é importante, dado que a crise climática é um problema global. No entanto, os riscos não são distribuídos de maneira uniforme e os efeitos são mais localizados e prementes apenas para alguns.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pneumonia viral na China já fez seis vítimas mortais

Subiu para seis o número de mortos na China devido ao vírus de pneumonia que está a assolar o País. Esta terça-feira registaram-se 77 novos casos da misteriosa doença com origem na cidade Wuhan, elevando …

Gil Vicente tem um registo único em Portugal e apenas igualado por "gigantes" europeus

O Gil Vicente é a única equipa imbatível em casa na liga portuguesa. Apenas oito equipas no resto da Europa conseguem equiparar este registo de invencibilidade. O Gil Vicente é a única equipa da Liga NOS …

Governo avança com incentivos à natalidade. Baixas para assistência a filho vão ser pagas a 100%

O Governo vai avançar com novos incentivos à natalidade. Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, avança que as baixas para assistência aos filhos passarão a ser pagas a 100%. Em entrevista ao …

OE2020. Afinal, o risco de incumprimento é "bastante baixo"

O presidente do Eurogrupo e ministro das Finanças de Portugal mostrou-se esta segunda-feira despreocupado com os alertas da Comissão Europeia, afirmando que, enquanto responsável pela elaboração do Orçamento de Estado para 2020, não conta ter …

Claques do Sporting vão passar a estar numa caixa de segurança no Estádio de Alvalade

A partir da próxima época, o Sporting vai colocar todas as suas claques na arquibancada do Estádio de Alvalade e no interior de caixas de segurança. As claques serão assim "despromovidas" do primeiro anel do …

Rui Tavares sentiu "vergonha alheia" durante discurso de Joacine no Congresso do Livre

O fundador do Livre, Rui Tavares, disse ter sentido “a vergonha alheia dos outros” durante o discurso de Joacine Katar Moreira no congresso do fim de semana. Em entrevista ao Diário de Notícias, o fundador do …

Dono de poço onde Julen morreu condenado a um ano de prisão

O juiz do Tribunal de Instrução n.º 9 de Málaga aceitou o acordo alcançado entre os pais de Julen Roselló, o menino de dois anos que morreu depois de cair num poço, e o dono …

Caio Lucas fez escala de seis meses na Luz e deverá regressar aos Emirados

Após pouco mais de meia época no Benfica, Caio Lucas deverá agora ser emprestado ao Al-Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos. A cedência do brasileiro vai render 1,5 milhões de euros ao Benfica. Caio Lucas chegou ao …

PGR de Angola admite emitir mandado de captura de Isabel dos Santos

No seguimento das revelações do Luanda Leaks, o procurador-geral de Angola, Hélder Pitta Grós, admite emitir um mandado de captura de Isabel dos Santos. A empresária fala de uma campanha "puramente política". O procurador-geral de Angola …

Wolves quer juntar Nélson Oliveira à armada portuguesa

O Wolves está em negociações com o AEK para a contratação do internacional português Nélson Oliveira. O jogador tem estado em destaque ao serviço do emblema helénico. O Wolverhampton está interessado na contratação do ponta-de-lança português …