Ser ativista ambiental é mais perigoso em alguns países do que noutros

EA / Pexels

Colômbia

Nos países desenvolvidos, são vários os ambientalistas a pedir ação em caso de emergência planetária. Mas quando os ambientalistas são corajosos o suficiente para se fazerem ouvir em lugares como Barrancabermeja, na Colômbia, protestam normalmente contra problemas locais. 

A falta de saneamento, a água contaminada e a desflorestação são três dos problemas que degradam o ambiente local, representando também uma ameaça direta à saúde humana.

Barrancabermeja, na Colômbia, alberga a maior refinaria de petróleo da Colômbia.A refinaria opera há cerca de 100 anos e, durante esse período de tempo, as indústrias locais poluíram os cursos de água natural com metais pesados, que foram absorvidos pelo solo e pela vegetação com que o gado se alimenta.

A água potável não chega a todas as áreas de Barrancabermeja, fazendo com que alguns lugares não tenham água corrente, uma situação que já motivou vários protestos ambientais.

A poluição e o acesso a água potável são dois dos principais problemas da cidade, que motivam greves e protestos. Mesmo durante o pior conflito colombiano, entre os anos 1980 e o início dos anos 2000, a população de Barrancabermeja foi suficientemente corajosa para protestar pelo direito à água potável. E ainda hoje o fazem.

Segundo o The Conversation, no coração da indústria pesada da Colômbia, o ambientalismo tem raízes antigas e passou por duras décadas de violência e intimidação. A população colombiana mantém a preocupação com o ambiente há muitos anos, mas sempre sob pressão.

Os protestos ambientais em países em desenvolvimento da Ásia, América Latina, África ou Caraíbas podem ser perigosos. Estas regiões são, coletivamente, conhecidas como Global South.

Dos 20 países com mais assassinatos de ativistas ambientais em 2018, 19 são considerados parte do Global South. A única exceção é a Ucrânia, que ocupa a 10ª posição com três mortes. As Filipinas registaram mais assassinatos do que qualquer outro país, com 30 mortos no ano passado, seguida da Colômbia, com 24 mortes.

Em Barrancabermeja, os líderes ambientais são caluniados, intimidados e ameaçados. Muitos viram-se obrigados a abandonar as suas casas e procurar asilo político no exterior.

O movimento ambiental ganhou o apoio de milhões de pessoas em 2019. No entanto, manter a solidariedade para com as pessoas menos afortunadas dos países em vias de desenvolvimento e exigir uma ação coordenada e global é essencial.

A comunicação social assume um papel importante nesta missão, mas é importante que as experiências das pessoas que protestam em locais como Barrancabermeja sejam ouvidas, defende Fatima Garcia Elena, professora na Faculdade de Ciências Sociais, Nottingham Trent University, no Reino Unido.

É inegável a existência de diferenças nas lutas ambientais em todo o mundo. Aumentar a consciencialização sobre o aumento da temperatura é importante, dado que a crise climática é um problema global. No entanto, os riscos não são distribuídos de maneira uniforme e os efeitos são mais localizados e prementes apenas para alguns.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Não são só os lagartos. Os jacarés também são capazes de regenerar a sua cauda

Os jovens jacarés americanos (Alligator mississippiensis) têm a capacidade de regenerar as suas caudas até 18% do comprimento total do seu corpo, concluiu uma nova investigação da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "O que …

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …